(Enrique Alliana/Tribuna Popular)

Rafael Marcante, na CGN

Policiais Civis do GDE (Grupo de Diligências Especiais) de Foz do Iguaçu cumpriam ontem (20) mandados de busca e apreensão de livros que foram furtados da Biblioteca Pública da cidade. Para a surpresa das equipes uma mulher de 54 anos estava com a maioria dos livros furtados.

Duas casas foram o alvo da ação, uma delas na Rua Xavier da Silva, no Centro, outra na Rua Javaé, no Jardim Festugato.

Em uma das residências os policiais encontraram 26 dos 60 livros furtados. Tudo estava na casa da vovó Maria Aparecida Sampaio Vale.

A investigação começou depois que os funcionários da biblioteca perceberam que a mulher vinha furtando os livros.

Durante a prisão da vovó, os investigadores descobriram que ela arrancava as páginas com o carimbo da biblioteca e vendia os livros a R$ 10 para uma livraria da Foz do Iguaçu.

A mulher foi indiciada por furto. Ela foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, mas apenas prestou depoimento e foi liberada, já que não estava em situação de flagrante.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments