Funcionário de uma livraria em Londres coloca exemplares de The casual vacancy em destaque. (Foto: Matt Dunham/AP)


Publicado originalmente na Revista Época

The casual vacancy (Little Brown and Company), primeiro romance adulto da escritora britânica J.K. Rowling, criadora de Harry Potter, começou a ser vendido nesta quinta-feira (27). As livrarias londrinas abriram suas portas mais cedo, mas não havia filas para comprar o livro. Nos Estados Unidos, ele foi lançado com uma tiragem inicial de 2 milhões de exemplares.

Alguns críticos avaliaram bem o romance, embora reconheçam que não se trata de uma “obra prima”. O livro foi considerado “inteligente, bem executado e com frequência divertido” pelo jornal The Guardian. Para o jornal The Independent, o livro tem momentos de “magia” no caso de alguns personagens adolescentes, enquanto o The Daily Telegraph diz que a obra tem momentos divertidos e é cheio “de crueldade e desespero”.

Outros críticos foram menos condescendentes. Michiko Kakutani, do The New York Times, escreveu que “o mundo da vida real que ela desenhou nessas páginas é tão deliberadamente banal, tão depressivamente clichê, que The casual vacancy é não só frustrante — é chato.”

The casual vacancy é o primeiro livro de J.K. Rowling para o público adulto. O romance é ambientado no vilarejo fictício de Pagford e começa com a morte inesperada de um homem chamado Barry Fairweather. A trama inclui conflitos políticos, sexo e drogas. O livro está sendo lançado 15 anos após o primeiro episódio da saga de Harry Potter, que foi traduzida para 73 idiomas e que vendeu 450 milhões de cópias.
O romance será lançado no Brasil pela editora Nova Fronteira.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments