Desvendar a história do Brasil não precisa ser algo enfadonho nem acadêmico, como demonstram os livros a seguir, que deram ar de novo a velhos momentos da sociedade brasileira e podem ser a leitura das férias

Marco Prates na revista Exame

São Paulo – Já faz alguns anos os leitores brasileiros descobriram que História não se aprende apenas na escola ou com emburradas obras acadêmicas.

Já é moda por aqui – com razoável participação entre os livros mais vendidos – o lançamento de obras cuja função é desvendar um episódio ou um personagem de relevo para a história do Brasil, mas que não esquecem que uma das razões de um livro, não se pode negar, é ser também uma boa leitura.

É uma boa oportunidade de usar as férias para conhecer mais sobre o próprio país.

 Livro "Getúlio"

Getúlio

Não é que falte material sobre o “pai dos pobres” no Brasil. O que falta são páginas preenchidas sem a indeliberada paixão que seu nome ainda causa, quando se misturam a figura do estadista, do modernizador e do ditador. Com vasta pesquisa, o cearense Lira Neto, autor de várias outras biografias, mescla na obra o cenário político e o personagem, sempre com inúmeras fontes de informação. Este volume vai do nascimento de Getúlio até a chegada ao poder, em 1930. Mais dois volumes estão a caminho.

Getúlio – Dos anos de formação à conquista do poder
Autor:
 Lira Neto
Companhia das Letras

 

 Livro "A Carne e o Sangue"

A Carne e o Sangue

Não há melhor maneira de conhecer a história do primeiro reinado do Brasil do que inserindo nele um complicado triângulo amoroso. É exatamente isso que faz a historiadora Mary del Priore, hoje dedicada a fazer obras históricas mais palatáveis sobre diferentes momentos da história do país. “A carne e o sangue” narra a saga da relação entre o primeiro imperador brasileiro, Dom Pedro I, sua amante, Domitila de Castro Canto e Melo, conhecida como marquesa de Santos, e a Imperatriz Leopoldina. O livro mostra como a mais famosa das amantes da história do país balançou a monarquia brasileira.

A Carne e o Sangue – A imperatriz D. Leopoldina, D. Pedro I e Domitila, a Marquesa de Santos
Autora: 
Mary del Priore
Rocco

 Livro "Um Olhar sobre o Brasil"

Um Olhar sobre o Brasil

Não se aprende história ou se descobre o Brasil apenas pela leitura. As 459 fotos obtidas em coleções públicas e particulares pela antropóloga Lilia Moritz Schwarcz e o historiador Boris Kossoy travam um panorama do Brasil que vai de 1833, quando a fotografia chega ao país, a 2003. São 170 anos para pensar o Brasil, já que cada foto equivale, se não a mil, a pelo menos muitas palavras.

Um olhar sobre o Brasil
Organizadores:
 Lilia Moritz Schwarcz e Boris Kossoy
Objetiva

 

Livro "Carcereiros"

Carcereiros

Este pode não ser um livro de História na definição mais clássica do termo, mas ao revelar o trabalho e as peripécias da classe mais esquecida dos presídios, os carcereiros, o médico Drauzio Varella propõe olhar humano sobre as penitenciárias e esses profissionais, com quem trabalhou nos 13 anos em que esteve na Casa de Detenção de São Paulo.

Graças a Drauzio, o Carandiru tem a garantia de ser lembrado entre os tristes episódios brasileiros, em parte pelo livro “Estação Carandiru”, que vendeu meio milhão de exemplares, em parte pelo filme baseado na obra, que fez milhões de espectadores. Em Carcereiros, o médico registra um tempo em que, segundo ele, os agentes penitenciários ainda tinham contato com os detentos. É também história, em suma.

Carcereiros
Autor: 
Drauzio Varella
Companhia das Letras

 

 Livro "Tempo de Gangorra"

Tempo de Gangorra

O Ministro de Comunicação Social do presidente João Figueiredo, o último dos governantes militares, conta em livro os tempos em que esteve cuidando da imagem do homem conhecido pelo estilo rude e franco, na transição da ditadura para a democracia no Brasil. As boas histórias se misturam à análise política dos momento histórico presenciado por Farhat. “Conto só o que vi com meus próprios olhos e ouvidos, e o que me foi dito em confidência”, diz ele.

Tempo de Gangorra – Visão panorâmica do processo político militar no Brasil de 1978 a 1980
Autor:
 Saïd Farhat
Tag&Line

 

Livro "Marighella"

Marighella

Homem de muitas atividades, o guerrilheiro comunista, deputado e fundador da Ação Libertadora Nacional (ALN), Marighella é daqueles personagens da história que adquiriram status de lenda. No caso, para a esquerda brasileira. Por isso, é bem vinda a biografia – em ritmo agitado, posto a vida que ele levou – do considerado inimigo número um da ditadura, morto em uma emboscada policial em São Paulo, em 1969, pelo delegado Sérgio Fleury. Para elucidar fatos e retirar mitos.

Marighella – O guerrilheiro que Incendiou o mundo
Autor:
 Mário Magalhães
Companhia das Letras

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments