Aviso colocado na biblioteca de Manly, em Sydney,na Austrália (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Aviso colocado na biblioteca de Manly, em Sydney,
na Austrália (Foto: Reprodução / Daily Mail)

Publicado no Globo Esporte

A notícia de que uma biblioteca em Sydney, na Austrália, mudou todos os livros sobre o ex-ciclista Lance Armstrong para a seção de ficção, depois que o americano confessou ter se dopado e, assim, não teria vencido a Volta da França sete vezes seguidas, virou assunto pelo mundo. Mas nesta segunda-feira, a biblioteca de Manly revelou que sofreu um trote e que uma investigação interna será instaurada.

– Bibliotecas não podem arbitrariamente reclassificar as categorias dos livros, porque isso depende do número ISBN que é emitido pela Biblioteca Nacional – disse um porta-voz do Conselho de Manly, que administra a biblioteca, à agência de notícias Reuters.

Um aviso impresso, com uma proteção plástica, foi colocado em uma das prateleiras do local informando que os livros “Lance Armstrong: Imagens de um Campeão”, “O Programa de Treinamento de Lance Armstrong” e “Lance Armstrong, O Maior Campeão do Mundo” seriam movidas da parte de “autobiografias recomendadas” para o setor de ficção da biblioteca.

Dica do João Marcos

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments