Publicado por Terra

As câmeras de segurança do estacionamento serão usadas para identificar o agressor; a suspeita é que o ataque tenha sido motivado por homofobia.

A Universidade de Brasília (UnB) informou nesta sexta-feira que abriu uma sindicância para investigar a agressão sofrida por uma aluna do quinto semestre do curso de agronomia dentro de campus da instituição na última segunda-feira. A jovem foi espancada por um homem no estacionamento do Instituto Central de Ciências por suposta homofobia.

Segundo ocorrência registrada pela própria aluna na 2ª Delegacia de Polícia, ela teria sido atacada no final da tarde, quando se dirigia ao seu veículo, após aula. A estudante teria sido empurrada, chutada e chamada de “lésbica nojenta”. Ontem a jovem foi até o campus participar de uma reunião com a direção da instituição. Ela estava com uma das pernas engessada, com o braço direito enfaixado e com o rosto coberto por hematomas.

A equipe de sindicância terá um prazo de 30 dias para levantar informações que possam ajudar a esclarecer a agressão. Funcionários da prefeitura do campus começaram a coletar as imagens registradas pelas quatro câmeras de vigilância instaladas no estacionamento.

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) e o Grupo de Trabalho de Combate à Homofobia na UnB divulgaram notas de repúdio à agressão sofrida pela estudante. “É inaceitável que atos de homofobia ainda ocorram em nossa sociedade. A Universidade é o templo da livre expressão da vontade e não de arcaísmos de qualquer ordem”, disse o professor da Faculdade de Educação José Zuchiwschi, coordenador do GT.

UnB vai criar diretoria da diversidade

Após a agressão sofrida pela jovem, a universidade confirmou a criação de uma diretoria para tratar exclusivamente das questões de gênero e etnia. A nova área vai definir políticas de respeito à diversidade e prevenção à violência em consequência de cor e orientação sexual. “O principal objetivo é o combate ao preconceito”, disse a decana de Assuntos Comunitários, Denise Bomtempo. Segundo ela, a ideia é iniciar o mês de abril com a nova diretoria em funcionamento.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments