Gabrielle Bonheur Chanel, mais conhecida como Coco Chanel, tem sua história recontada em história em quadrinhos

1

Coco Chanel: uma HQ para contar a história da sacerdotisa da moda francesa

Publicado por Caras

A lendária estilista Coco Chanel (1883-1971), criadora da Maison Chanel, deverá desfilar por novas passarelas: uma biografia toda em desenho em quadrinhos, publicada pelas Éditions Naïve. O lançamento ocorre depois da publicação de uma série de livros que se tornaram best-sellers sobre a icônica figura da moda francesa, como L’allure de Chanel, de Paul Morand, L’irrégulière ou Mon itinéraire Chanel, de Edmonde Charles-Roux, antiga redatora-chefe da Vogue Paris, e a biografia fotográfica, de Anne Fontaine e Jan Kounen.

Enquanto o mundo da moda se prepara para comemorar o centenário da primeira boutique Chanel, aberta no verão de 1913, no Normandy Hotel, em Deauville, a brilhante designer é tema da coleção Grands Destins de Femmes, das Éditions Naïve. Os desenhos de Coco são assinados por Bernard Ciccolini, sob um cenário criado por Frey Pascale.

A HQ mostra como ela se transformou na sacerdotisa da moda de seu tempo. Tudo está lá: a vida de quase reclusão na antiga abadia de Aubazine, a iniciação na costura, o começo como vendedora em uma loja da Moulins, o passeio pela música no palco do Café La Rotonde, passando pela descoberta da alta sociedade ao lado de Etienne Balsan, seu primeiro grande amor de cavalos, Arthur Capel, o outro homem em sua vida, relatando a chegada à Rue Cambon, em 1910, seguida pela agitada vida nos balés da alta sociedade, todos os artistas que conheceu no período entre guerras, o nascimento de uma silhueta e da fragrância.

O material mostra também suas viagens ao exterior, o encontro com as lendas de Hollywood, o renascimento da sua marca quando ela tem 71 anos. Um destino singular.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments