Publicado no UOL

Raimundo Arruda Sobrinho, que viveu 35 anos na rua, 18 deles em um canteiro central em uma área nobre da zona oeste da capital paulista, foi morar na casa de familiares em Goiânia. Poeta, ele foi localizado pelo irmão após ter seu trabalho divulgado por uma admiradora.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments