Colégio criado pela empresa acolherá alunos entre 3 e 7 anos
Corpo estudantil será composto por dinamarqueses e estrangeiros
Mensalidade chegará a pouco mais de R$ 1.050

Criança interage com estátuas no parque Legoland, no interior da Dinamarca Eduardo Maia / Agência O Globo

Criança interage com estátuas no parque Legoland, no interior da Dinamarca Eduardo Maia / Agência O Globo

Publicado em O Globo

RIO – O mundo dos sonhos da Lego agora terá mais uma atração, desta vez inteiramente educacional. Kjeld Kirk Kristiansen, neto do fundador da empresa, abrirá, em agosto, a primeira escola de Lego do mundo. A Escola Internacional de Billund (município da Dinamarca) será voltada para crianças entre 3 e 7 anos. Além de muitas peças e minifiguras, o espaço terá ciclovias, estúdio de música e playgrounds.

O colégio obedecerá o sistema escolar dinamarquês e terá metade do corpo estudantil formado por alunos dinamarqueses e a outra metade, por estrangeiros. O britânico Richard Matthews, físico e educador que já esteve à frente de diversas instituições de ensino, será o diretor do colégio.

A princípio, serão aceitas crianças entre 3 e 7 anos, mas se o sistema der certo, a escola será aberta para crianças e adolescentes entre 8 e 16 anos em 2015. O governo subsidiará 66% das mensalidades, e os pais pagarão o que sobrar – o que dará, por criança, US$ 517 (cerca de R$ 1.059).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments