Ipea aponta criação de mais de 300.000 postos de trabalho entre 2009 e 2012

Entre 2009 e 2012, país criou 304.317 postos de trabalho para profissionais de nível superior (Thinkstock)

Entre 2009 e 2012, país criou 304.317 postos de trabalho para profissionais de nível superior (Thinkstock)

Publicado por Veja

Entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012, foram criados 304.317 postos de trabalho de jornada integral para profissionais de nível superior no Brasil. O dado consta do estudo Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A carreira de analista de TI (tecnologia da informação) foi a que registrou maior expansão no período, com a criação de 49.535 vagas.

Segundo o estudo, cinco áreas responderam por mais de 40% dos postos de trabalho de nível superior criados no país. Na prática, a cada cem novos empregos, 40 eram destinados aos seguintes profissionais: analistas de TI, enfermeiros, profissionais de relações públicas e publicitários, secretários executivos e farmacêuticos.

Em números absolutos, os estados que mais criaram vagas para esses cinco profissionais foram São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. O Rio de Janeiro integra o grupo em quatro dos cinco casos: ficou abaixo dos demais apenas na criação de oportunidades para secretários executivos.

O Ipea analisou ainda a criação de vagas frente à população dos estados. O levantamento mostra que profissionais de TI são requisitados principalmente nos estados da região Sul e em São Paulo. Já os enfermeiros têm mais oportunidades no Acre, Bahia, Espírito Santo, Sergipe e Tocantins.

Os dados foram extraídos do dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Os valores foram atualizados para preços de dezembro de 2012, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Dessa forma, excluiu-se o efeito da inflação no período.

As dez carreiras de nível superior com maior expansão de vagas no Brasil (2009-12)
Fonte: Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, do Ipea

1º lugar – Análise de TI

Entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012, foram criados 49.535 postos de trabalho para analistas de tecnologia da informação (TI). Ou seja, a cada cem novas vagas de nível superior, 16 surgiram nessa área.

Entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012, foram criados 49.535 postos de trabalho para analistas de tecnologia da informação (TI). Ou seja, a cada cem novas vagas de nível superior, 16 surgiram nessa área.

2º lugar – Enfermagem

A segunda carreira de nível superior cujo número de vagas registrou maior crescimento foi a de enfermagem: nove em cada cem novos postos de jornada integral apareceram nesse setor, totalizando 27.282 novos empregos.

A segunda carreira de nível superior cujo número de vagas registrou maior crescimento foi a de enfermagem: nove em cada cem novos postos de jornada integral apareceram nesse setor, totalizando 27.282 novos empregos.

3º lugar – Relações públicas, publicidade, mercado e negócios

Na terceira colocação, aparecem relações públicas, publicidade, mercado e negócios: juntas, elas somaram 20.853 novos postos de trabalho.

Na terceira colocação, aparecem relações públicas, publicidade, mercado e negócios: juntas, elas somaram 20.853 novos postos de trabalho.

4º lugar – Secretariado executivo

Foram criadas 14.017 vagas na área. Proporcionalmente ao número de habitantes, os estados que mais empregaram foram Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Roraima.

Foram criadas 14.017 vagas na área. Proporcionalmente ao número de habitantes, os estados que mais empregaram foram Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Roraima.

5º lugar – Farmácia

Farmacêuticos preencheram 13.897 novos postos de trabalho no país. As maiores concentrações relativas foram verificadas nos estados de Amazonas, Acre, Rondônia e Piauí.

Farmacêuticos preencheram 13.897 novos postos de trabalho no país. As maiores concentrações relativas foram verificadas nos estados de Amazonas, Acre, Rondônia e Piauí.

6º lugar – Administração

Em sexto lugar, aparecem os administradores, que ocuparam 11.469 novos postos de trabalho.

Em sexto lugar, aparecem os administradores, que ocuparam 11.469 novos postos de trabalho.

7º lugar – Engenharia civil

A área respondeu por 11.371 novos postos de trabalho entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012.

A área respondeu por 11.371 novos postos de trabalho entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012.

8º lugar – Recursos humanos

Profissionais de recursos humanos também se destacaram no ranking, com a criação de 8.536 vagas.

Profissionais de recursos humanos também se destacaram no ranking, com a criação de 8.536 vagas.

9º lugar – Advocacia

Logo atrás dos profissionais de recursos humanos estão os advogados, que preencheram 8.414 vagas.

Logo atrás dos profissionais de recursos humanos estão os advogados, que preencheram 8.414 vagas.

10º lugar – Magistério (1ª a 4ª série do ensino fundamental)

Outros 7.672 novos postos de trabalho para profissionais de nível superior foram destinados a professores do ensino fundamental, especificamente os que lecionam de 1ª a 4ª série (2º ao 5º ano).

Outros 7.672 novos postos de trabalho para profissionais de nível superior foram destinados a professores do ensino fundamental, especificamente os que lecionam de 1ª a 4ª série (2º ao 5º ano).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments