Publicado por UOL

Duas funcionárias de uma escola municipal no interior do Rio Grande do Sul foram presas acusadas de torturar os alunos. Segundo testemunhas, elas deixavam as crianças de zero até seis anos sem comida e trancadas no banheiro. Em alguns casos as crianças eram ameaçadas de morte. Uma atendente e uma merendeira irão responder pelo crime de tortura. A diretora da escola vai responder por omissão. Reportagem exibida no SBT Brasil.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments