Raquel Cozer, na Folha de S.Paulo

Em meio à polêmica sobre as biografias não autorizadas, o livro “Marighella” (Companhia das Letras), de Mário Magalhães, venceu a categoria no 55º Prêmio Jabuti. A obra sobre a vida do guerrilheiro Carlos Marighella (1911-1969) está no centro das discussões sobre as biografias, uma vez que, segundo Chico Buarque, foi um texto de Magalhães sobre o tema que o levou a escrever sobre o assunto.

A comissão realizadora do Jabuti apurou os votos da segunda fase da premiação nesta quinta-feira (17), definindo os vencedores em cada uma de suas 27 categorias. A apuração, aberta ao público, foi realizada na sede da Câmara Brasileira do Livro, em Pinheiros.

O resultado oficial deve ser anunciado em breve, após auditoria para corrigir eventuais erros. Apesar de algumas anulações por erros dos jurados, José Luiz Goldfarb, curador do prêmio, disse acreditar que não haverá alterações nos resultados, já que os livros em análise não teriam pontuação para vencer em suas categorias mesmo com tais correções.

O primeiro lugar em cada categoria receberá R$ 3.500. Em 13 de novembro, serão conhecidos os vencedores do livro do ano de ficção e de não ficção, cada qual reunindo algumas das 27 categorias. Esses receberão mais R$ 35 mil cada um.

As categorias de ficção incluíram vencedores como “O Mendigo que Sabia de Cor os Adágios de Erasmo de Rotterdam” (Record), de Evandro Affonso Ferreira, em romance; “Páginas sem Glória” (Companhia das Letras), de Sérgio Sant’Anna, em contos e crônicas, e “A Voz do Ventríloquo” (Edith), de Ademir Assunção, em poesia.

Entre os vencedores de não ficção, além do livro de Mário Magalhães, está a reportagem “As Duas Guerras de Vlado Herzog” (Civilização Brasileira), de Audálio Dantas.

“História da Imprensa Paulista”, de Oscar Pilagallo, editado pelo selo Três Estrelas, do Grupo Folha, ficou em segundo lugar na categoria comunicação, vencida por “História do Jornalismo Itinerário Crítico, Mosaico Contextual” (Paulus), de José Marques De Melo – Paulus.

O conselho curador do Jabuti é formado por José Luiz Goldfarb, Antonio Carlos Sartini, Frederico Barbosa, Luis Carlos Menezes, Marcia Ligia Guidin. Os jurados são conhecidos apenas na cerimônia de entrega do prêmio.

Veja a seguir os vencedores em cada categoria.

*
CATEGORIAS DE FICÇÃO

Romance
1) “O Mendigo que Sabia de Cor os Adágios de Erasmo de Rotterdam” (Record), de Evandro Affonso Ferreira
2) “Glória” (7Letras), de Victor Heringer
3) “Barba Ensopada de Sangue” (Companhia das Letras), de Daniel Galera

Contos ou crônicas
1) “Páginas sem Glória” (Companhia das Letras), de Sérgio Sant’Anna
2) “Diálogos Impossíveis” (Objetiva), de Luis Fernando Verissimo
3) “Aquela Água Toda” (Cosac Naify), de João Anzanello Carrascoza

Infantil
1) “Ela Tem Olhos de Céu” (Gaivota), de Socorro Accioli
2) “Visita à Baleia” (Positivo), de Paulo Venturelli
3) “A Ilha do Crocodilo – Contos e Lendas do Timor Leste” (FTD), de Geraldo Costa

Poesia
1) “A Voz do Ventríloquo” (Edith), de Ademir Assunção
2) “Raymundo Curupyra, o Caypora” (Tordesilhas), de Glauco Mattoso
3) “Porventura” (Record), de Antonio Cicero

Juvenil
1) “Namíbia, Não!” (Edufba), de Aldri Anunciação
2) “Os Anjos Contam Histórias” (Melhoramentos), de Luiz Antonio Aguiar
3) “Ouro Dentro da Cabeça” (Autêntica), de Maria Valeria Rezende

CATEGORIAS DE NÃO FICÇÃO

Biografia
1) “Marighella” (Companhia das Letras), de Mário Magalhães
2) “A Carne e o Sangue” (Rocco), de Mary Del Priore
3) “Getúlio: dos Anos de Formação à Conquista do Poder, 1882-1930” (Companhia das Letras), de Lira Neto

Arquitetura e urbanismo
1) “Esplendor do Barroco Luso-Brasileiro” (Ateliê), de Benedito Lima de Toledo
2) “Arquitetura: Uma Experiência na Área da Saúde” (Romano Guerra), de João Filgueiras Lima, Lelé
3) “Design sem Fronteiras: A Relação entre o Nomadismo e a Sustentabilidade” (Edusp e Fapesp), de Lara Leite Barbosa

Artes e fotografia
1) “Estou Aqui. Sempre Estive. Sempre Estarei: Indígenas do Brasil Suas Imagens (1505-1955)” (Edusp), de Carlos Eugênio Marcondes de Moura
2) “História do Teatro Brasileiro Volume I” (Sesc SP), de João Roberto Faria
3) “História da Caricatura Brasileira – Os Precursores e a Consolidação da Caricatura No Brasil” (Gala), de Luciano Magno

Ciências exatas, tecnologia e informática
1) “Operações Unitárias para Químicos, Farmacêuticos e Engenheiros – Fundamentos e Operações Unitárias do Escoamento de Fluídos” (GEN), de Luiz Roberto Terron
2) “História da Matemática” (Zahar), de Tatiana Roque
3) “Becquerel e a Descoberta da Radioatividade: Uma Análise Crítica” (Livraria da Física e Eduebp), de Roberto De Andrade Martins

Ciências humanas
1) “Mutações: Elogio à Preguiça” (Sesc SP), de Adauto Novaes
2) “O Profeta e o Principal: A Ação Política Ameríndia e seus Personagens” (Edusp), de Renato Sztutman
3) “Averróis: A Arte de Governar (Uma Leitura Aristotelizante da República)” (Perspectiva), de Rosalie Helena de Souza Pereira

Ciências naturais
1) “Flora das Caatingas do Rio São Francisco – História Natural e Conservação” (Andrea Jakobson), de José Alves de Siqueira Filho
2) “Biomas Brasileiros – Retratos De Um País Plural” (Casa da Palavra), de Fabio Rubio Scarano
3) “Polinizadores no Brasil: Contribuição e Perspectivas para a Biodiversidade, Uso Sustentável, Conservação e Serviços Ambientais” (Edusp), de Vera Lucia Imperatriz Fonseca, Dora Ann Lange Canhos, Denise de Araujo Alves e Antonio Mauro Saraiva

Ciências da saúde
1) “Tratado de Medicina de Família e Comunidade: Princípios, Formação e Prática” (Artmed), de Gustavo Gusso E José Mauro Ceratti Lopes
2) “Encéfalo” (Elsevier), de C. Isabela S. Silva, Giuseppe D’ippolito, Antônio José da Rocha, Leonardo Vedolin, Renato Adam Mendonça
3) “Tratado de Coloproctologia” (Atheneu), de Fabio Guilherme C. M. De Campos, Francisco Sérgio P. Regadas E Mauro Pinho

Comunicação
1) “História do Jornalismo Itinerário Crítico, Mosaico Contextual” (Paulus), de José Marques De Melo – Paulus
2) “História da Imprensa Paulista” (Três Estrelas), de Oscar Pilagallo
3) “A Notícia como Fábula: Realidade e Ficção se Confundem na Mídia”(Mackenzie/Summus), de Renato Modernell

Didático e paradidático
1) “Poemas Problemas” (Editora do Brasil), de Renata Bueno
2) “Projeto Teláris História – 6º a 9º Anos” (Ática), de Gislane Azevedo e Reinaldo Seriacopi
3) “Dom Casmurro” (Devir), de Felipe Greco e Mario Cau

Direito
1) “Pagamento Por Serviços Ambientais: Sustentabilidade E Disciplina Jurídica” (Atlas), de Ana Maria De Oliveira Nusdeo
2) “Educação Jurídica” (Saraiva), de Vladmir Oliveira Da Silveira, Samyra Haydêe Dal Farra Naspolini Sanches e Mônica Bonetti Couto (Orgs.)
3) “O Novo Direito Privado e a Proteção dos Vulneráveis” (Revista dos Tribunais), de Claudia Lima Marques e Bruno Miragem

Economia, administração e negócios
1) “Belíndia 2.0: Fábulas E Ensaios Sobre O País Dos Contrastes” (Civilização Brasileira), de Edmar Bacha
2) “As Leis Secretas da Economia” (Zahar), de Gustavo H. B. Franco
3) “Resiliência” (Elsevier), de Paulo Yazigi Sabbag

Educação
1) “Série Educação – Didática Geral” (GEN), de Bruno Taranto Malheiros
2) “Comunidades de Aprendizagem: Outra Escola É Possível” (Editora da Universidade Federal de São Carlos), de Roseli Rodrigues de Mello, Fabiana Marini Braga e Vanessa Gabassa
3) “Metodologia do Ensino De Filosofia: Uma Didática Para O Ensino Médio” (Papirus), de Sílvio Gallo

Gastronomia
1) “Chefs Café” (Editora Melhoramentos), de Carlos A. Andreotti
2) “Felipe Bronze: Cozinha Brasileira de Vanguarda” (Editora Sextante), de Felipe Bronze
3) “Cozinha de Estar” (Companhia das Letras), de Rita Lobo

Psicologia e psicanálise
1) “O Sujeito na Contemporaneidade” (Editora Civilização Brasileira), de Joel Birman
2) “Psiquismo e Vida: Sobre a Noção de Trieb nas Obras de Freud, Schopenhauer e Nietzsche” (Editora Universidade Federal do Paraná), de Eduardo Ribeiro da Fonseca
3) “Inconsciente e Responsabilidade Psicanálise Do Século XXI” (Editora Manole), de Jorge Forbes
3) “A Música do Tempo Infinito – Tales Am. Ab’sáber – Cosac Naify

Reportagem
1) “As Duas Guerras de Vlado Herzog” (Civilização Brasileira), de Audálio Dantas
2) “Dias de Inferno na Síria” (Benvirá), de Klester Cavalcanti
3) “Mãos que Fazem História” (Verdes Mares), de Cristina Pioner e Germana Cabral

Teoria e crítica literária
1) “A Ficção e o Poema” (Companhia das Letras), de Luiz Costa Lima
2) “Crítica em Tempos de Violência” (Edusp e Imesp), de Jaime Ginzburg
3) “A Narrativa Engenhosa de Miguel de Cervantes: Estudos Cervantinos e a Recepção do Quixote No Brasil” (Edusp e Imesp), de Maria Augusta da Costa Vieira

CATEGORIAS QUE NÃO CONCORREM A LIVRO DO ANO

Capa
1) “Perseguição – O Fogo Amigo das Lembranças” (Bertrand Brasil), por Francisco de Assis Fernandes da Silva Junior
2) “Amordaçados – Uma História da Censura e de seus Personagens” (Manole), por Daniel Justi
8) “Dom Quixote” (Companhia das Letras), por Alceu Chiesorin Nunes

Ilustração
1) “Primeira Palavra” (Abacatte), por Elvira Vigna
2) “Dom Casmurro” (Devir), por Mario Cau
3) “Vishnu” (Companhia das Letras), por Fábio Cobiaco

Ilustração de livro infantil e juvenil
1) “Tom” (Projeto), por André Neves
2) “Simbá, O Marujo” (Cosac Naify), por Fernando Vilela
3) “A Máquina do Poeta” (SM), por Nelson Cruz

Projeto Gráfico
1) “A Louca Debaixo do Branco” (Rocco), por Edu Hirama
2) “O Comércio do Açúcar – Brasil, Portugal E Países Baixos (1595-1630)” (Versal), por Eduardo Vilas Boas
3) “Uma Porta para um Quarto Escuro” (Alaúde), por Cesar Godoy

Tradução
1) “Ulysses” (Companhia das Letras), por Caetano Waldrigues Galindo
2) “Grandes Esperanças” (Companhia das Letras), por Paulo Henriques Britto
3) “Mrs Dalloway” (Autêntica), por Tomaz Tadeu

Tradução de obra de ficção alemão-português
1) “Retrato da Mãe Quando Jovem” (Tordesilhas), por Luis S. Krausz
2) “Cada Dia, Cada Hora” (Record), por Kristina Michahelles
3) “Penumbras” (Record), por Marcelo Backes

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments