Manino-de-Ouro2-1024x643

Alba Milena e Mari Dal Chico, no Psychobooks

Sinopse:

A família de Max não permitiria nenhum desvio na imagem perfeita que havia construído. Karen, a mãe, é uma advogada renomada, determinada a manter a fachada de boa mãe, esposa e profissional. Steve, o pai, é o exemplo do chefe de família presente em sua comunidade, favorito a um importante cargo público. O ponto fora da curva é Daniel, o caçula, que, para os padrões da família Walker, é “estranho”: não é carinhoso, inteligente ou perfeito como Max. Melhor aluno da escola, capitão do time de futebol, atlético, simpático, sucesso entre as garotas: Max, o primogênito, é o menino de ouro. Ninguém poderia dizer que sua vida não é perfeitamente normal. Ninguém poderia dizer que Max esconde um segredo.

Comentários

Expectativa x Realidade

A gente esperou muito por esse lançamento. Desde o release que recebemos da Globo Livros apresentando a obra da autora Abigail Tarttelin estávamos loucas pela leitura.

Às vezes a expectativa e a realidade são como água e óleo: não se misturam.

Às vezes elas vivem um lindo caso de amor. Almas gêmeas, mesmo.

Menino de ouro“, para nosso deleite, se encaixou no segundo caso.

Enredo: conhecendo Max

Max é um garoto prestes a completar 16 anos. Max é diferente, e vamos conhecendo suas diferenças – e entendendo como ele lida com elas – no decorrer do enredo. Ele é calmo, um filho obediente, um irmão atencioso, um ótimo aluno e esportista. Superchegado aos amigos e supernamorador. Esse é Max, um “menino de ouro”. Um garoto perfeito.

Por trás dessa fachada perfeita, Max e sua família escondem um segredo: Max é intersexual,  e um acontecimento chocante trará à tona perguntas e situações que farão com que o garoto enfrente as verdades sobre ele e como quer se enxergar e viver a partir de agora.

Narrativa e desenrolar do enredo

A narrativa corre por meio de visões. Enxergamos os acontecimentos através dos olhos de 6 narradores. Max; Karen, a mãe de Max; Sylvie, uma garota da escola de Max; Daniel, irmão caçula de Max; Archie, médica de um clínica que atende Max; e um personagem surpresa, no final do livro.

Em alguns livros, essa quantidade de narradores pode ser confusa, no caso de Menino de Ouro, é importante saber como cada personagem está se sentindo e lidando com a situação. No começo da leitura, fiquei um pouco perdida e esquecia quem era quem, o problema foi resolvido em poucas páginas quando eu me afeiçoei a cada um deles.

O enredo cresce por meio das ações de Max e do que isso vai gerando nas pessoas que o rodeiam.

O amadurecimento dos personagens e crescimento do enredo é feito gradualmente, com elementos críveis, que deixa a leitura acelerada e instigante.

Há uma ruptura logo no começo do livro. Um acontecimento que coloca todas as certezas de Max à prova. Seu amadurecimento e autoconhecimento são provenientes desse fato. O enredo é divido em três partes, cada uma delas acrescenta um novo acontecimento e um novo modo de lidar com a intersexualidade do protagonista. A fluência da escrita é absurda e a enredo prende tanto que é impossível largar a história.

Essa ruptura acontece por volta da página 21, não seria spoiler se contássemos para vocês, mas não queremos estragar a sensação de ‘choque’ ao ler essa passagem, que é um soco na boca do estômago, incomoda; enquanto eu lia, ficava pensando em como aquilo poderia estar acontecendo e acredito que alguns leitores irão ficar com os olhos cheios d’água.

Menino de Ouro1

Abigail Tarttelin ousou DEMAIS nesse livro. Poderia ter se contentado com o tema central proposto, a intersexualidade do garoto, mas foi além e acrescentou inúmeras camadas ao seu texto. Durante a narrativa, o personagem fica dividido entre a fina casca que todos conhecem e admiram e seu verdadeiro eu, com dúvidas e questões não muito bem-compreendidas por ele por falta de informações.

A ousadia da autora foi o que mais me conquistou, jogar uma cena forte enquanto ainda apresenta os personagens foi muito corajoso da parte dela e, felizmente, funcionou muito bem. Essas camadas de enredo e a construção de personagens, deixam a sensação de uma história tridimensional, onde o leitor é capaz de acreditar que tudo poderia ter sido baseado em um fato real e não apenas fruto da mente imaginativa da autora.

O contraponto dessas duas camadas entre o Max que todos conhecem e o Max  como realmente É, é o segredo para o livro ser tão perturbador e mágico. O personagem e as pessoas que o cercam, questionam o tempo todo suas próprias consciências acerca dessas diferenças e como elas afetam a vida do protagonista e suas próprias. Essa verdade crua que a autora resolveu trilhar é a culpada pela verossimilhança incrível do livro. Os personagens não têm vergonha de seus pensamentos e não escondem nada do leitor.

Durante boa parte da leitura, me questionei sobre decisões tomadas pelos pais de Max quando ele nasceu e os motivos para terem recuado ou imposto alguma coisa. Juntando todas as peças, percebi a verdadeira intenção da autora: a necessidade de apresentar verdadeiramente o assunto, sem barreiras.

Max pode ser o centro do enredo, mas os outros personagens são igualmente importantes. Daniel, irmão caçula de Max, é um garoto encantador, muitas vezes incompreendido e até mesmo um pouco negligenciado nos deixa de boca aberta com seu discurso  para o irmão no final do livro. Sylvie, amiga de Max, chega de mansinho e vai ganhando importância com sua personalidade e atitudes. Até mesmo a médica, Dra. Archie, tem importância fundamental na história.

Menino de Ouro3

Vale a pena, meninas?

Muito, muito, muito! Não conhecia nada sobre intersexualidade e suas consequências físicas e psicológicas. A autora soube me informar tudo isso por meio de um narrativa de ficção profunda e tocante. Todos os personagens são ricos, a história é maravilhosa e o final é simplesmente perfeito.

Super-recomendo.

Menino de Ouro é um livro que engana à primeira vista, por ter um personagem central com 16 anos, pode deixar alguns leitores receosos, mas não tenham medo, esse livro é forte, profundo, tocante e – ainda que com uma linguagem simples -, incrivelmente bem escrito. Leitura mais que recomendada que já ganhou suas 5 estrelas logo na página 21.

Menino de Ouro

Enquanto isso, no Whatsapp…

Menino de ourro 1

menino de ouro 2

 

5 Estrelas

Alba

5 Estrelas

Mari

 

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments