1

Sérgio Pavarini

Nesta semana falei sobre blogs & redes sociais para jornalistas de 17 países. Continentes diferentes, porém histórias bem parecidas de como as redes têm influenciado a comunicação de massa. Todos em busca de dicas e estratégias para essa área cada vez mais fundamental. #tamojunto

Hora de conferir o termômetro de popularidade das editoras brasileiras no Twitter. A Intrínseca manteve a liderança durante todo o ano de 2013, desempenho que também se repete no Facebook. #congrats

Em novembro, a Gutenberg ultrapassou a Galera Record e a CPAD e agora figura na sexta posição. Editorial Record passou a Cosac Naify e está em 12 lugar. A Globo Livros também ganhou duas posições nos últimos 30 dias, ocupando o décimo oitavo lugar.

Os números próximos de muitas editoras sinalizam que em 2014 a disputa será repleta de emoções. Sucesso para todos! 🙂

Ranking Novembro

#1: 68.100 Intrínseca @intrinseca

#2: 58.500 Companhia das Letras @cialetras

#3: 57.500 Mundo Cristão @mundocristao

#4: 47.300 Editora Rocco @editorarocco

#5: 42.000 Editora Sextante @sextante

#6: 40.100 Editora Gutenberg @Gutenberg_Ed

#7: 39.700 Editora CPAD @EditoraCPAD

#8: 39.000 Galera Record @galerarecord

#9: 36.000 Editora Novo Conceito @Novo_Conceito

#10: 34.700 Editora Saraiva @editorasaraiva

#11: 32.700 Editora Autêntica @Autentica_Ed

#12: 31.400 Editorial Record @editorarecord

#13: 31.000 Cosac Naify @cosacnaify

#14: 26.300 L&PM Editores @LePM_Editores

#15: 26.100 Editora RT @revtribunais

#16: 25.400 Editora Leya @EditoraLeya

#17: 24.400 Casa Publicadora @casapublicadora

#18: 22.800 Globo Livros @GloboLivros

#19: 22.000 Suma de Letras @Suma_BR

#20: 21.000 Editora Nemo @editoranemo

Ranking atualizado em 2/12

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments