Algumas das principais faculdades de São Paulo oferecem alternativas para quem busca treinamento profissional de curta duração

Bárbara Ferreira Santos, no Estadão

Cursos de férias oferecidos por algumas das principais faculdades de São Paulo vêm surgindo com formatos cada vez mais compactos, de pouquíssimos dias e módulos intensos. Tudo isso para otimizar o tempo do aluno, focar em temas específicos e atrair estudantes de outras regiões do País.

Sergio Castro/Estadão Ailton Mesquita veio de Brasília e, em 7 dias, fez 2 cusos

Sergio Castro/Estadão
Ailton Mesquita veio de Brasília e, em 7 dias, fez 2 cusos

Essa proposta de curso agradou ao brasiliense Ailton Mesquita, de 27 anos. No começo do ano, o analista de mídia social veio a São Paulo para fazer um curso de Comunicação de poucos dias na ESPM. Gostou tanto que, na semana passada, voltou à cidade. Em sete dias, fez dois cursos: um novamente na ESPM e outro na São Paulo Digital School.

“São Paulo é o polo para alguns cursos, principalmente nessa área de comunicação e inovação. Já Brasília nem sempre tem os cursos mais atualizados. Se for um curso maior, tenho de fazer na minha cidade. Se for um curso de pouca duração, consigo sair e vir para cá”, explica.

Para a coach de carreira Dayse Gomes, essa oferta de cursos em um período curto é positiva para o aluno. “É uma maneira de a pessoa fazer uma imersão nos estudos e trocar conhecimentos”, explica Dayse. “As férias de fim e começo de ano são um período em que as pessoas têm mais disponibilidade para viajar e fazer cursos. É também um momento favorável no quesito financeiro, porque há as bonificações de fim de ano.”

O coordenador acadêmico de educação executiva do Insper, Rodrigo Amantea, concorda com Dayse. “Esse é um formato que funciona bem e é adotado pela maioria das universidades fora do Brasil.” Ele explica que os executivos estão entre os que mais procuram essa modalidade. “Como eles têm uma agenda menos previsível, só podem acompanhar a turma com menos dias de aulas.” Mas ele faz um alerta: “Quem se matricular precisa ter disponibilidade nesses dias. Um dia de aula perdido compromete todo o curso”.

1

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments