Publicado na Folha de S.Paulo

O ex-baterista da banda The Smiths, Mike Joyce, disse que não pretende ler a autobiografia de seu antigo companheiro de banda, o cantor Morrissey, porque sabe que encontrará diversas informações erradas.

“Eu não li o livro e nunca lerei. Eu tenho uma boa ideia do que deve estar lá. Eu não quero seguir aquela rotina de ter que publicar notas dizendo que isso ou aquilo está errado”, disse Joyce em entrevista à revista “Q”.

Morrissey no lançamento de sua autobiografia em Gotemburgo, na Suécia, em outubro

Morrissey no lançamento de sua autobiografia em Gotemburgo, na Suécia, em outubro

Em 1996, Joyce processou seus ex-colegas de banda Morrissey e o guitarrista Johnny Marr por direitos autorais que ele diz nunca ter recebido. O assunto é discutido por Morrissey em sua autobiografia, lançada em outubro.

Mesmo com esse clima aparentemente ruim entre os Smiths, Joyce diz que gostaria de participar de uma reunião da banda.

“Claro, todos nós o faríamos [reunião dos Smiths] se nos pedissem. Nós fomos uma das maiores bandas da história. Como artista, não houve ninguém como Morrissey. Mas uma reunião nunca vai acontecer.”

Além de Morrissey, Joyce e Marr, a banda contava também com o baixista Andy Rourke. Ele e Johnny Marr chegaram a tocar juntos em Nova York, em novembro do ano passado, numa rara colaboração entre ex-Smiths.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments