3868266934_119d60d976_o1-672x372

Moreno Barros no Bibliotecários Sem Fronteiras

Número 1 na lista de resoluções de fim de ano de muita gente séria: ler mais livros.

Recebidos os livros de natal, chega a hora de tornar a expectativa realidade. Mas para quem ler não é uma prática, como fazer?

Pessoas são diferentes, então não há um só manual. Vou mostrar para vocês como dá para manter, mês a mês, um volume constante (e com sorte, crescente) de leituras.

DEZEMBRO – LEIA AS LISTAS DE MELHORES DO ANO

Ao final de cada ano, selecione os livros que aparecem com maior frequência nessas listas, te agradaram e você gostaria de ler. Existem muito mais livros e textos circulando no mundo do que somos capazes de tomar conhecimento, então confie nos especialistas e gente com interesses afins para selecionar o joio do trigo.

Basta digitar no google “melhores do ano” e você terá listas e mais listas. É o melhor ponto de partida.

Ou comece por essa incrível lista criada pelo maior bibliotecário-leitor que eu conheço, William Okubo.

JANEIRO: COMPRE LIVROS NAS PROMOÇÕES

As livrarias queimam os estoques de natal nos primeiros meses do ano. Fique atento às promoções e se encontrar algo com preço justo, não hesite. Ter o que ler é elementar para colocar em prática o hábito.

Para esse fim, criei uma lista de livreiros no facebook onde é possível acompanhar as propagandas e chamadas de saldão, além dos lançamentos.

Dias atrás a Cosac Naify, uma das minhas editoras favoritas, mas que costuma vender livros bastante caros, realizou um desses saldos impossíveis. Praticamente fali. Mas é dinheiro bem gasto. Comprar livros, nunca lê-los, é uma possibilidade. Continuar comprando, não é crime.

FEVEREIRO: APROVEITE AS FÉRIAS PARA LER

Muitas pessoas ainda estão em clima de férias e essa é ótima oportunidade para se manter desligado da internet e levar para praia ou parque aquele livro de literatura que você provavelmente não leria no restante do ano.

Aproveite o período de calmaria para dar o pontapé nas leituras. Um livro leva à outro.

MARÇO: NÃO PERCA TEMPO

Depois do carnaval o ano realmente começa, então não perca tempo. Qualquer oportunidade de leitura deve ser aproveitada. Carregue sempre consigo um livro, e não desperdice tempo em filas, engarrafamentos e salas de espera fazendo nada. Leia. Leia antes de dormir.

Iara deu uma ótima dica para quem anda de ônibus, mas sente náuseas: audiobooks. Livros falados também são livros.

ABRIL: COMPRE UM KINDLE

Kindle é vida. Nada pode superar o efeito de ler em um aparato que é feito exclusivamente pra isso. A vantagem do kindle (ou qualquer outro ereader) é que ele por si só serve de estímulo à leitura e não deixa você cair em tentação com as frivolidades de um browser.

Se você não quiser comprar um Kindle, mas já possui um smartphone, dá pra instalar aplicativos de leitura ou o próprio app do kindle. Ou seja, se você tem um dispositivo móvel, não tem desculpa para não ler.

MAIO: VISITE LIVRARIAS

Circule pelas livrarias da sua cidade. Procure as grandes livrarias, aquelas que possuem mais do que best-sellers. Fique de olho nos livros novos, renove sua lista de interesses.

Um macete é sacar a câmera do telefone celular e fotografar as capas dos livros que você achou interessante. Daí você pode fazer uma pesquisa mais profunda em casa, ler resenhas e decidir sobre os títulos.

JUNHO: VISITE BIBLIOTECAS

Depois de ter visitado as livrarias e de posse dos títulos de interesse, visite as bibliotecas da sua cidade e veja se é capaz de conseguir alguns dos títulos anotados.

Pesquisa feita por mim em São Paulo mostra que demora pouco mais de um mês entre um livro ser lançado pela editora e despejado nas livrarias, até ele chegar na biblioteca pública da cidade e estar disponível para empréstimo gratuito.

Um desafio também é sempre que visitar uma biblioteca, levar um livro emprestado. Quando retornar esse, leve outro. Mesmo que não consiga ler ou perca o interesse, você sempre estará se dando uma nova chance de recomeçar.

JULHO: ESTUDE

É uma boa hora de deixar os romances de lado e investir em livros profissionais e técnicos. O que você tem lido sobre sua profissão e área de atuação?

Você pode ir da literatura de aeroporto até a literatura científica. Todas as áreas do conhecimento possuem suas publicações, monografias e periódicos. Que tal um pouco de atualização, para estar a par do estado da arte profissional?

AGOSTO: LEIA BLOGS

Leitura não está só em livros. Blog também é informação, formação e recreação.

Os melhores textos reflexivos de hoje são os publicado em blogs. E sempre digo, o melhor da internet são os comentários. Perca o tempo que for preciso lendo opiniões sinceras e bem escritas, leia diferentes pontos de vista, leia as afrontas nos comentários e tire suas próprias conclusões.

Faça um mapeamento de blogs e autores que escrevem sobre temas que lhe interessam e siga suas publicações.

SETEMBRO: LEIA REVISTAS DE BANCA

Se viu uma revista na banca de jornal e gostou das chamadas das matérias, compre. Não é necessário assinar nenhuma revista, basta comprá-las conforme a demanda. Antes ainda, você pode verificar se essa revista não oferece o conteúdo impresso de graça, online. Muitas fazem isso.

Pra quem tem dificuldades de ler enredos complexos e longos dos livros, as revistas de grande circulação são boa pedida. Mas tente fazer uma seleção qualitativa, revista de sinopse de novela não vale. E quando comprar uma, se esforce para lê-la por inteiro, da primeira à última página.

OUTUBRO: LEIA NO BANHEIRO

Instale um revisteiro no banheiro e largue por lá suas revistas ou livros de contos.

Ler no banheiro não faz mal, desde que com parcimônia.

Também dá pra instalar um ipad atrás da porta e assinar alguns canais das editoras no youtube, pra ver os trailers de livros e entrevistas com os autores.

NOVEMBRO: FACEBOOK E TWITTER TAMBÉM SERVE

Facebook e Twitter funcionam como o grande filtro, textos e sugestões pipocam ali, estamos lendo o tempo inteiro títulos e sinopses. Refine seus contatos e esteja atento ao que os colegas estão lendo e indicando.

Desde sempre, grande parte de nossas leituras são definidas por meio de referências. Então use a rede social como a melhor fonte de leitura, seja livros, artigos ou posts.

BOAS LEITURAS EM 2014!

dica da Iara Vidal

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments