Chris Vieira, no Diário 24 Horas

filme-12-anos-de-escravidao-nas-escolasUm dos favoritos ao filme do ano no Oscar 2014 detentor de 9 indicações, ’12 anos de escravidão’, será distribuído em escolas dos EUA para ser usado em aulas de história. Livro e filme estarão à disposição de estudantes a partir de setembro e contam o caso de homem transformado em escravo.

A intenção é usar o caso de Northup, um homem negro que nasceu livre, mas que em 1841 foi sequestrado e transformado em escravo durante mais de uma década, em aulas de história. A ação, coordenada pelo apresentador e ativista Montel Williams, é uma parceria entre os produtores do filme, a editora do livro e a Nacional School Boards Association (NSBA).

“Acreditamos que oferecer aos estudantes das escolas públicas da América a oportunidade de testemunhar uma visão tão impiedosa dos males da escravidão é essencial para garantir que essa história nunca seja esquecida e que nunca se repita”, justificou o presidente da NSBA, David A. Pickler ao anunciar o projeto.

“Desde que li ’12 anos de escravidão’ pela primeira vez tinha o sonho de que esse livro fosse usado em escolas. Sou imensamente grato a Montel Williams e a National School Boards Association por transformar esse sonho em realidade e por compartilhar a história de Solomon Northup com a geração atual”, disse o diretor do filme, Steve McQueen.

A obra cinematográfica foi premiada no BAFTA (British Academy Film Awards) como melhor filme. O livro homônimo que inspirou o ganhador do Bafta foi lançado no Brasil nesta segunda-feira (24), pela Companhia das Letras (R$ 22,50).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments