As gêmeas britânicas Aneeta e Ameeta Kumar ganharam o prêmio Jovens Cientistas do Ano da Grã-Bretanha por sua pesquisa no desenvolvimento de uma ferramenta para diagnosticar câncer em estágio inicial.

As irmãs desejam inspirar outras jovens a se interessarem por ciência

As irmãs desejam inspirar outras jovens a se interessarem por ciência

Publicado por BBC

As irmãs, de 18 anos, concorreram com outros 4 mil competidores pelo prêmio, julgado por ganhadores do Prêmio Nobel.

Seu trabalho, que pode ajudar na redução de mortes que não puderam ser evitadas pelo diagnóstico tardio, será agora desenvolvido por uma equipe da Universidade de Oxford.

Aneeta e Ameeta, de Reading, no sudeste da Inglaterra, participavam de um estágio no departamento de oncologia do hospital local quando tiveram a ideia de desenvolver um mecanismo para ajudar a detectar cânceres.

“Durante o estágio estivemos em contato com muitos pacientes com câncer, e um dos médicos nos disse que, se detectado em estágio inicial, o câncer pode ser tratado com mais sucesso”, disse Aneeta ao programa Today, da Rádio 4 da BBC.

“Com base nessa informação, queríamos descobrir se uma determinada proteína poderia ser usada para detectar a doença. A nossa pesquisa mostrou que essa proteína vai direto para um tumor cancerígeno e brilha se adicionarmos (a ela) um agente fluorescente.”

A pesquisa ainda não foi aplicada em seres humanos.

As irmãs, que pretendem fazer faculdade de medicina, desejam continuar trabalhando juntas e inspirar outras jovens a se envolver com ciência.

Elas receberam o prêmio de 2 mil libras, cerca de R$ 7,8 mil, e um troféu.

A National Science and Engineering Competition é um evento anual, aberto para estudantes entre 11 e 18 anos da Grã-Bretanha.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments