ismartFábio Takahashi, na Folha de S.Paulo

Anualmente procurada por mais de dez mil alunos de baixa renda que buscam suas bolsas de estudo, a ONG Ismart decidiu abrir novo programa. Agora, 200 desses alunos terão acesso a plataforma on-line gratuita, específica para reforço escolar.

A instituição concede todos os anos cerca de 200 bolsas de estudos em escolas particulares aos melhores dos milhares de candidatos.

“A nossa dúvida era: será que não havia mais talentos que não estávamos conseguindo atender com essas bolsas?”, afirmou a diretora-executiva do programa, Maria Amélia Sallum.

O curso on-line, feito exclusivamente para o Ismart pela empresa Geekie, pretende dar condições para que o estudante consiga, ao fim do ensino fundamental, disputar uma vaga em uma escola técnica ou conseguir bolsa em colégios particulares.

Os escolhidos participarão das atividades enquanto estudam nos dois últimos anos do ensino fundamental, das redes públicas de SP e RJ.

Para essa primeira turma, os estudantes já foram escolhidos, com base na última seleção de bolsistas.

Um novo processo seletivo será aberto em maio (tanto para as bolsas de estudo quanto para o curso on-line).

“Será um desafio manter o interesse dos alunos por dois anos”, disse a diretora. Por isso, o programa terá encontros presenciais.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments