Álbum histórico, lançado em 1968, é marco da música brasileira

É a primeira vez que UFRGS cobra “leitura” de obra musical Reprodução

É a primeira vez que UFRGS cobra “leitura” de obra musical Reprodução

Publicado em O Globo

RIO – O álbum “Tropicália ou panis et circensis”, disco histórico liderado por Caetano Veloso e Gilberto Gil, acompanhados por artistas como Os Mutantes, acaba de virar “leitura obrigatória” no vestibular na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), anunciou a instituição de ensino na tarde desta segunda-feira.

É a primeira vez que a UFRGS cobra a “leitura” de uma obra sonora dos candidatos a seus cursos de graduação. O disco é um dos marcos da vanguarda da música brasileira dos anos 1970 e é considerado o início do tropicalismo.

Os demais autores cobrados no edital do vestibular foram a escritora portuguesa Lídia Jorge (”A noite das mulheres cantoras”); Tabajara Ruas (“O amor de Pedro por João”); e Sergio Faraco (“Dançar tango em Porto Alegre”). Também é a primeira vez que esses títulos entram na lista. Entre as outras obras, há livros de Jorge Amado, Fernando Pessoa, Machado de Assis e Lya Luft, entre outros.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments