Publicado no UOL

Reprodução/Daily Mail

Reprodução/Daily Mail

O professor Ray Coe, 53, da escola Royal Docks Community em Londres (Inglaterra), decidiu doar um de seus rins para tentar salvar a vida de sua aluna. As informações são do portal do tabloide britânico “Daily Mail”.

A estudante Alya Ahmed Ali, 13, foi diagnosticada com hidrocefalia (popularmente conhecida como água no cérebro) e sofria de insuficiência renal. A primeira doença resultou em sérias dificuldades de aprendizagem.

Preocupada com a saúde da filha, a mãe já havia informado ao professor Coe que possivelmente a aluna não poderia frequentar normalmente suas aulas.

Ao saber da doença da estudante, o docente, que atua como coordenador de educação especial, perguntou como poderia ajudá-la. “Eu disse: posso sugerir meu nome como doador?”, explicou Coe.

Alya recebeu a notícia com um grande abraço. A dupla passou por exames de sangue e o professor Coe foi considerado compatível.

O transplante foi realizado em fevereiro e ambos devem voltar para a escola depois da Páscoa. “É como se eu fosse outro membro da família agora”, disse Coe.

Para o pai de Alya, Ahmed Ali, 47, o professor é um herói. “Ele é um homem incrível, nós devemos muito a ele”.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments