A editora ocupa o primeiro lugar da lista anual, seguida de Intrínseca e Sextante empatadas

Cassia Carrenho, no PublishNews

A editora ocupa o primeiro lugar da lista anual, seguida de Intrínseca e Sextante empatadas

Passou o carnaval e a Copa já está ai. O trimestre que pouca gente viu passar terminou com a editora Record em primeiro lugar no ranking anual das editoras, com 27 títulos. Logo atrás, numa marcação homem a homem, vêm a Intrínseca e a Sextante, ambas com 24.

Já o livro que levou o caneco de ouro na lista geral anual no trimestre foi A culpa é das estrelas (Intrínseca) com 193.177 exemplares vendidos. Em segundo, Destrua esse diário (Intrínseca), 96.609, e em terceiro, embora longe das listas atualmente, o campeão de 2013, Nada a perder 2 (Planeta), 85.526.

Na lista semanal, o ranking das editoras repete as mesmas, só que em ordem diferente: Intrínseca, 13; Sextante, 12 e Record, 10. Em quarto a Santillana subiu uma posição, com nove títulos.

A lista trouxe algumas novidades, como a estreia da editora JBC, com Pretty Guardian – Sailor Moon, que ficou em 15º lugar na lista de ficção, com 684 exemplares vendidos. Ainda em ficção, as novidades ficaram por conta de Revelada (Novo Século), na 18ª posição e Antes que eu morra (Record) na 19ª. Com o livro Brincando com Peppa – 6 anos (Salamandra), a série de Mark Baker e Neville Astley colocou seis títulos na lista de infantojuvenil. Já na de autoajuda, as novidades foram Pais inteligentes formam sucessores, não herdeiros (Benvirá), que apareceu em 10º lugar e Segredos dos milionários (Hunter Books), em 16º. Na lista de negócios, entrou Bilhões e lágrimas (Portfolio-Penguin).

A primeira semana de abril trouxe muitos lançamentos, e deve continuar assim por todo o mês, o que trará algumas novidades de peso nas próximas semanas. E o leitor aguarda, na arquibancada, louco pra comemorar vários gols de placa!

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments