1

Publicado por Hypeness

A professora de música Layla Fanucci sempre admirou um poster de Monet e refletia sobre sua vontade de ter na parede algo que tirasse o fôlego das pessoas ao observar. Após uma visita pouco produtiva pelas galerias de Napa Valley, ela resolveu arregaçar as mangas e fazer sua própria obra de arte, mesmo sem nunca ter feito algo do tipo.

O resultado foi impressionante tanto para ela quanto para seus amigos. A primeira pintura foi feita numa tela 6m x 5m de altura e, quando ela a colocou no chão, começou uma explosão de tinta, nas cores azul, vermelho, amarelo, verde e branco. Depois do desenho abstrato, ainda acrescentou algumas imagens, um clarinete, uma árvore de Natal e três figuras que representam seus filhos.

Quando viram o quadro arrojado de Layla, os amigos também quiseram uma obra de arte para chamar de sua e encomendaram telas da nova artista. Ela declarou que um casal chegou a combinar as cores de casa baseadas em sua pintura. A partir de então, Layla não parou mais e, mesmo amando música e ensiná-la, descobriu seu verdadeiro talento, escondido como um tesouro a ser lapidado.

Depois de largar o emprego e descobrir o quanto é difícil viver de arte, ela estipulou uma meta de dois anos para dar certo na profissão. Se não conseguisse sobreviver no meio artístico, voltaria a dar aula.

Trabalhando de 10 à 12 horas por dia, a ex-professora alcançou seu objetivo e produziu mais de 200 quadros. A partir de então, começou a ganhar dinheiro e a ser reconhecida por sua habilidade. Após críticas e uma constante busca por um estilo único, Layla se encontrou retratando cenários de cidades, como Nova York, Paris e Roma. “Bem, todos nós temos talentos escondidos”, declarou Layla Fanucci “Se os descobrirmos, temos que os desenvolver todos os dias e deixá-los florir. Eu penso muitas vezes no que podia ter perdido, senão tivesse desistido de um salário estável e confiável, para seguir a minha paixão”, declarou.

Nas imagens abaixo, você confere como deu certo:

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Todas as fotos © Layla Fanucci

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments