Usuários poderão pegar livros para ler durante as viagens ou levar para casa

 Estante de livros ficará na Estação São Gabriel (Foto: Rota Livros/Divulgação)

Estante de livros ficará na Estação São Gabriel (Foto: Rota Livros/Divulgação)

Thaís Mota, no R7

A partir desta segunda-feira (10), os usuários do metrô de Belo Horizonte poderão escolher livros para ler durante a viagem ou até mesmo para levar para a casa. A iniciativa faz parte do projeto Rota Livros, do Rotaract Club Pampulha, e vai instalar uma estante de livros na estação São Gabriel, na região noroeste de Belo Horizonte.

Segundo o diretor de Projetos Humanitários da entidade, Tulho Melo, esta será a primeira estante, mas a expectativa é de que o projeto seja ampliado para outras estações de metrô da capital mineira e a ideia é que os usuários peguem exemplares que sejam de seu interesse.

— É um conceito oposto ao de biblioteca porque o projeto é completamente aberto. Então, não haverá qualquer tipo de controle de quem pega os livros e as pessoas não terão que devolver.

Entretanto, o grupo espera que, após conhecer a iniciativa, as pessoas também passem a doar livros para a estante do Rota Livros. Mas, ainda que isto não aconteça, o Rotaract Club irá repor semanalmente os exemplares para que não corra o risco de a estante ficar completamente vazia.

Ainda segundo Tulho, o objetivo do projeto é incentivar a leitura entre os passageiros.

— Trabalhamos com a ideia de que o usuário do metrô é uma pessoa que sempre retorna, ou seja, usa o transporte frequentemente. Então, ele tendo acesso aos livros pode lê-los durante o trajeto mesmo para o trabalho ou para a escola de segunda à sexta-feira.

Todos os livros que estarão expostos na estante da estação São Gabriel são de literatura e fruto de doação e, conforme Tulho Melo, a entidade possui um acervo para a instalação de outras duas ou três estantes. O projeto está sendo realizado em parceria com a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments