Brasileiros que estudam em Harvard e participam do projeto de mentoria Brasilitas. (Foto: Arquivo pessoal)

Brasileiros que estudam em Harvard e participam do projeto de mentoria Brasilitas. (Foto: Arquivo pessoal)

Estudantes querem ser mentores de jovens alunos brasileiros.
Projetos sociais serão avaliados no processo seletivo.

Publicado no G1

Idealizado por brasileiros que estudam em Harvard, o projeto de mentoria Brasilitas pretende selecionar 15 alunos da rede pública para serem orientados acadêmica e profissionalmente. O processo de seleção abre no dia 1 de junho e só podem se candidatar estudantes da rede pública do 9º ano do ensino fundamental ao 2º ano do ensino médio.

“Percebemos que ter mentores ao longo da nossa vida foi muito importante e queremos oferecer isso de volta”, diz Larissa Maranhão, da Associação Brasileira de Harvard. A alagoana está no terceiro ano de Economia na renomada faculdade norte-americana.

O objetivo principal dos alunos de Harvard é encontrar jovens com potencial e vontade de desenvolverem projetos sociais. “Não estamos buscando o aluno perfeito. Queremos gente que já fez muito com o que lhe foi dado. Estamos buscando histórias de vida legais, de gente que trabalha duro e quer mudar o mundo à sua volta”, afirma Larissa.

A estudante ainda explica que o foco não é levar os 15 mentorados para Harvard, mas dar um acompanhamento que os próprios brasileiros de Harvard tiveram. “Queremos dar incentivo e motivação, além de contatos para o que precisarem, como bolsa para estudar inglês. Mas, se o objetivo for estudar em Harvard, também forneceremos os contatos para isso”.

Atualmente, Harvard conta com 13 estudantes brasileiros nos mais variados cursos e todos eles serão mentores. Segundo Larissa, mais seis brasileiros ingressarão na universidade no próximo ano e eles também serão convidados a participar do projeto.

Como será o processo seletivo
Os interessados em serem apadrinhados pelo Brasilitas devem preencher um formulário de inscrição, no qual o candidato terá a oportunidade de explicar alguma ação social que desenvolveu ou que gostaria de criar. Também é necessário enviar um vídeo de até 3 minutos explicando o motivo de querer um mentor.

As inscrições estarão disponíveis no site do projeto a partir de 1 de junho, mesma data de lançamento do endereço eletrônico. No momento, mais informações podem ser encontradas na página oficial da Associação Brasileira de Harvard.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments