livraria-duel-foto-reproducao_490041

Livros de romance, suspense, policial e crônicas estão entre os mais vendidos no Brasil em outubro.

Flávia Resende, no Blasting News

Diferente da lista geral de livros mais vendidos do mês publicadas nos meses anteriores, desta vez a lista é dos livros mais vendidos da categoria ficção – que é o que, segundo os comentários recebidos, era o que os leitores mais queriam saber.

Os livros de ficção mais vendidos no mês de outubro são dos gêneros policial, romance, drama e crônica; segundo dados da Publish News.
Top 10 livros de ficção mais vendidos em outubro de 2015

1º lugar: Grey (E. L. James) – Intrínseca

O livro que traz o livro “Cinquenta Tons de Cinza” pela perspectiva de Christian Grey foi o mais vendido do mês entre todas as categorias. Foram 77.320 exemplares vendidos. A autora anunciou há algumas semanas que também lançará “Cinquenta Tons mais Escuros” versão Grey.

2º lugar: A Garota na Teia de Aranha (David Lagercrantz) – Companhia das Letras

“A Garota na Teia de Aranha” é uma continuação da trilogia póstuma Millenium, de Stieg Larsson, que faleceu em 2004. Larsson não viu sequer o lançamento da primeira obra de sua trilogia. O quarto livro vendeu 10.773 unidades.

3º lugar: A garota no Trem (Paula Hawkins) – Record

O livro de suspense ficou em 1º lugar por vinte semanas no top livros mais vendidos do New York Times. No Brasil, foram vendidos 10.298 unidades em outubro.

4º lugar: Destinado (Carina Rissi) – Verus

Terceiro livro da série Perdida, este é um dos dois únicos livros de autores brasileiros a figurar na lista dos mais vendidos de ficção de outubro. Foram vendidas 8.596 unidades.

5º lugar: Cidades de Papel (John Green) – Intrínseca

Desde o lançamento da adaptação para o cinema, em julho de 2015, o livro voltou para a lista dos mais vendidos. Em outubro foram vendidos 7.646 exemplares.

Em 6º lugar ficou “Toda Luz que não podemos Ver”, de Anthony Doerr, publicado pela Intrínseca (5.035); em 7º, “Simples Assim”, de Martha Medeiros, da editora L&PM (4.704); em 8º lugar, “O Conde Enfeitiçado”, de Julia Quinn, da Arqueiro (3.319); em 9º, “Hereges”, de Leonardo Padura, da Boitempo (3.196); e em 10º lugar vem “Eu estive aqui”, de Gayle Forman, da Arqueiro (3.099).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments