O escritor John Green, em passagem pelo Brasil para divulgar o filme 'Cidades de papel' (Reprodução/Instagram)

O escritor John Green, em passagem pelo Brasil para divulgar o filme ‘Cidades de papel’ (Reprodução/Instagram)

Não chega a ser um ‘Cinquenta Tons de Cinza’, que teve volume lançado com 400.000 cópias, mas é uma aposta alta no autor de ‘A Culpa É das Estrelas’

Publicado na Veja

John Green é praticamente um pop star das letras. Autor de best-sellers como A Culpa É das Estrelas e Cidades de Papel, já adaptados para o cinema com estrelas como Shailene Woodley e Cara Delevingne, ele lança agora Tartarugas até Lá Embaixo, livro em que aborda o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), do qual ele mesmo já sofreu. E que sai com uma tiragem espetacular para os padrões brasileiros: 200.000 exemplares.

Capa do novo livro de John Green, ‘Tartaruga até Lá Embaixo’ (Reprodução//Novo livro de John Green terá tiragem de 200.000 exemplares/Divulgação)

Capa do novo livro de John Green, ‘Tartaruga até Lá Embaixo’ (Reprodução//Novo livro de John Green terá tiragem de 200.000 exemplares/Divulgação)

 

No Brasil, a tiragem média de um livro é de 3.000 exemplares. Apenas best-sellers de peso como E. L. James chegam à casa das centenas de milhares, como Green. Grey, o quarto livro da série Cinquenta Tons de Cinza – e o primeiro narrado por Christian Grey –, saiu com a impressionante inacreditável tiragem de 400.000 exemplares.

Tartarugas até Lá Embaixo conta a história de Aza Holmes, uma garota de 16 anos que se arrisca como detetive em busca de um bilionário que desapareceu. Mas Aza, além do desafio de desvendar o sumiço misterioso, precisa executar as funções de filha, amiga e estudante – e lidar com o TOC.

A aposta não é à toa: juntos, os quatro livros já publicados por John Green no país venderam 4,5 milhões de exemplares. Tartarugas até Lá Embaixo chega às lojas dia 10 de outubro, com tradução de Ana Rodrigues e preços de 34,90 reais (impresso) e 22,90 reais (digital).

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments