Reprodução | Coletivo Capazes

Reprodução | Coletivo Capazes

Claudio Nogueira, em O Globo

Criados para ajudar na educação de crianças, os livros didáticos podem ter efeitos exatamente contrários quando mal pensados. E isso não é exclusividade brasileira, infelizmente.

Nesta terça-feira, os livros ‘Bloco de Atividades’, da portuguesa Porto Editora, foram duramente criticados nas redes sociais por trazerem desafios mais fáceis para as ‘meninas’ que aqueles propostos aos ‘rapazes’.

Em seu perfil no Facebook, a associação feminista Capazes, de defesa dos direitos das mulheres, da igualdade de gênero e “de uma ocupação igualitária das mulheres no espaço público”, também fez alertas sobre as cores usadas nos livros (azul para os garotos, rosa para as garotas… #preguiça), os objetos de busca no desafio (barco para bravos marinheiros, coroa para as doces princesas #preguiçadenovo).

A polêmica chegou à Comissão para a Cidadania e Igualdade de Gênero, ligada ao governo português, que tem como atribuição “garantir a execução das políticas públicas no âmbito da cidadania e da promoção e defesa da igualdade de gênero”.

Reprodução | Porto Editora

Reprodução | Porto Editora

A Editora se defendeu nas redes sociais mostrando outras ilustrações dos livros, publicados em 2016. Em nota, afirmou que as publicações “não refletem uma visão discriminatória e preconceituosa, com a qual, obviamente, não nos identificamos”.

Para a Porto Editora, o exercício criticado é um fator isolado frente à totalidade do livro: ‘Se há um exemplo em que o exercício no caso das meninas é aparentemente mais fácil, há vários outros em que os exercícios são aparentemente mais difíceis”.

Mas o jornal português Público comparou os dois livros — e encontrou diferenças: “No conjunto das 62 atividades propostas, existem seis cuja resolução é mais difícil no livro dos rapazes e três que apresentam um grau de dificuldade superior no das meninas”. A reportagem também ressalta a reprodução de estereótipos batidos: “eles brincam com dinossauros, com carrinhos e vão ao futebol, enquanto elas brincam com novelos de lã, ajudam as mães e vão ao ballet; eles pintam piratas, elas desenham princesas”.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments