(Abdullah al-Sheri/Reprodução)

(Abdullah al-Sheri/Reprodução)

Lucas Massao, na Mundo Estranho

O governo da Arábia Saudita está desesperadamente retirando livros de história que retratam, por causa de um erro de edição, o rei Faisal sentado ao lado do Mestre Yoda, icônico personagem da saga Star Wars. Na ocasião, o monarca saudita estava assinando o tratado que dava origem à Organização das Nações Unidas.

“O Ministério da Educação se arrepende do erro e está imprimindo uma cópia corrigida do livro, retirando as edições erradas de circulação e criando um comitê legal para identificar a origem do problema”, disse o ministro de educação do país, Ahmed al-Eissa.

A curiosa foto de Yoda ao lado de Faisal é de autoria do artista saudita Abdullah al-Sheri, de 26 anos, e faz parte de uma coletânea que retrata personagens de filmes em momentos históricos da cultura árabe. Mas Al-Sheri, que usa o apelido Shaweesh, garantiu que a cópia adulterada do livro não é dele.

A ideia de colocar Yoda e Faisal lado a lado veio da semelhança entre o personagem e o político. Shaweesh disse que os dois são inteligentes e que a pele do Mestre Jedi combina com as cores da bandeira da Arábia Saudita. “Ele era sábio e fazia discursos fortes. Então eu achei que o Yoda era o personagem mais próximo do rei. E o Yoda e seu sabre de luz são verdes”.

Ele só ficou sabendo da arte no livro quando sua mãe, que é professora, lhe enviou uma mensagem após ver uma cópia. “Eu não quis ofender o rei de nenhuma maneira”, alerta Shaweesh.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments