Senhor-dos-Anéis-destaque

Já existe vencedor da disputa pelos direitos televisivos dos livros de “O Senhor dos Anéis”. Entre a Netflix, a Amazon e a HBO, a vencedora foi a Amazon.

Catarina Fernandes, no Magazine HD

No início do mês de novembro surgiu o rumor de que a Warner Bros. planeava expandir o sucesso da saga literária de J.R.R. Tolkien dos cinemas para a televisão. A Netflix e a Amazon Studios eram as principais concorrentes na compra dos direitos televisivos de “O Senhor dos Anéis”, com a segunda plataforma de streaming apontada como a favorita. Agora, o rumor tornou-se realidade.

Segundo o Deadline, a Amazon apresentou uma melhor proposta que os representante da HBO e da Netflix. O serviço pagou 200 milhões de dólares norte-americanos para transformar a obra numa série. Este valor não inclui quaisquer custos de produção, apenas os direitos.

A Amazon já aprovou a série para pelo menos duas temporadas. O site adiantou ainda que a produção televisiva não se trata de uma nova adaptação, mas de uma história que preencha as lacunas da história original, provavelmente do tempo passado entre “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”. O acordo prevê também a possibilidade da criação de um spin-off

No cinema, a trilogia de “O Senhor dos Anéis” foi realizada por Peter Jackson e lançada entre 2001 e 2003.

A série ainda não tem previsão de estreia.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments