gandalf-in-the-lord-of-the-rings-fellowship-of-the-ring-2001-1463604809-1-696x391

Caio Coletti, no Observatório do Cinema

O escritor Christopher Tolkien, de 93 anos, se afastou da administração do legado de seu pai, J.R.R. Tolkien, o criador da franquia O Senhor dos Anéis, em agosto.

A notícia, no entanto, só foi liberada oficialmente nessa quarta (15), dias após o anúncio de uma parceria com a Amazon para criar uma série de TV baseada na saga.

Segundo o SlashFilm, o afastamento de Chrisotpher foi essencial no fechamento do acordo. Notavelmente avesso à adaptações, o filho do autor não gosta nem mesmo dos filmes de Peter Jackson – “Transformaram a criação do meu pai em uma aventura para adolescentes de 15 a 25 anos”, disse certa vez.

O acordo da Amazon com os novos administradores do legado de Tolkien (sua filha Priscilla e outros parentes) prevê até cinco temporadas da série, e mais um potencial spin-off.

Segundo o THR, a série não se trata de uma nova adaptação, mas de uma série que irá “preencher as lacunas” da história original, provavelmente do tempo passado entre O Hobbit e O Senhor dos Anéis nas obras de Tolkien.

Os filmes de O Senhor dos Anéis foram dirigidos por Peter Jackson e lançados entre 2001 e 2003.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments