Fernando Rhenius, no Vavel

Fugindo do tema terror, King volta sua escrita para uma história nos mesmo moldes da trilogia Bill Hodges.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Os leitores e fãs de Stephen King não tem do que reclamar. O ano de 2017 foi marcado por produções como IT, A Torre Negra, Jogo Perigoso, O Nevoeiro, Mr. Mercedes, 1922. No campo literário, o lançamento de Belas Adormecidas em parceria com o filho Owen e Gwendy’s Button Box ao lado de Richard Chizmar, este ainda inédito no Brasil

Para 2018 um novo livro, uma nova história. Seguindo os passos da trilogia Bill Hodges (Mr. Mercedes, Achados e Perdidos e Último Turno), The Outsider, leva o leitor a acompanhar um novo suspense. Em diversas entrevistas King deixa claro que o terror característico do autor produzido nos anos 80, não estão mais na ordem do dia.
A história

O corpo de um menino de 11 anos é encontrado no parque da cidade. Após investigações e coleta de impressões digitais a polícia chega a Terry Maitland, treinador da Liga da Meninas, professor, marido e pai de duas meninas. Uma pessoa bem relacionada na comunidade.

Coube a Ralph Anderson detetive e conhecido de Maitland, já que seu filho foi um dos alunos do professor, resolver o caso. Ralph manda prender o suspeito de forma rápida e para muitos arbitrária. Mesmo com um álibi, amostras de DNA e as digitais botam por terra os argumentos do professor. Testemunhas garantem que Maitland é culpado.

A investigação avança, fatos terríveis começam a aparecer. Terry Maitland é realmente o bom moço e exemplo para a cidade? Existe um outro lado?

De acordo com o site oficial do autor, o lançamento está marcado para junho de 2018. A edição americana já está em pré-venda no site da Amazon e conta com 576 páginas.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments