Torre-Negra

Publicado no Cineset

Stephen King não é muito acostumado a gostar das adaptações cinematográficas de suas obras. Que o diga Stanley Kubrick com “O Iluminado”. Mas, criticar “A Torre Negra” passa longe de ser difícil, afinal, a produção estrelada por Matthew McConaughey e Idris Elba fracassou nas bilheterias e é considerada uma das piores do ano pela imprensa especializada.

Em entrevista ao site da Entertainment Weekly, Stephen King explicou qual foi o principal motivo do filme dirigido por Nikolaj Arcel não ter funcionado: a baixa classificação indicativa. “O problema real, no que me diz respeito, para este filme foi a posição do estúdio de querer fazer um filme PG-13 (recomendado para maiores de 13 anos). Eles quiseram fazer um filme para todo mundo, queriam a certeza de atrair pessoas desde 12 anos até 35. É o que queriam”, declarou o escritor, acrescentando que tal decisão tirou a dureza da trama e perdeu o senso de ineditismo que o projeto poderia ter.

Outra escolha errônea na visão de Stephen King foi decidir iniciar o filme pelo meio do livro. “Eu pensei comigo mesmo: ‘bem, as pessoas vão ficar realmente confusas com isso’. Então, sim, também houve problemas desse tipo”, disse. Segundo o escritor, ele chegou a procurar a Columbia Pictures para questionar e alertar sobre o fato, mas, o estúdio seguiu em frente com a decisão.

“A Torre Negra” mostra o pistoleiro Roland Deschain percorrendo o mundo em busca da famosa Torre Negra, prédio mágico que está prestes a desaparecer. Essa busca envolve uma intensa perseguição ao poderoso Homem de Preto, passagens entre tempos diferentes, encontros intensos e confusões entre o real e o imaginário. Baseado na obra literária homônima de Stephen King.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments