W.F. Endlich, no Nerd Trip

Às vésperas de assistirmos o filme solo do Han Solo (ops…repetitivo, né?), o novo livro de Star Wars, de Daniel José Older, intitulado “Last Shot” chegou. As origens de Han Solo foram trabalhadas nos romances do Universo Expandido, mas agora que eles não são mais canônicos… Nós sentimos a necessidade de dar outra olhada nos dias de juventude de Han Solo e Lando Calrissian – assim como em seus anos mais maduros – em duas aventuras que acontecem antes e depois do próximo filme.

Ao que dizem, é uma leitura divertida e alegre, com muito humor, hackers Ewok, robôs assassinos e cenas de luta empolgantes. Enquanto Han e Lando vão aos trancos e barrancos tentando rastrear um inimigo há muito esquecido. Mas o que torna o livro uma leitura realmente única é como Older divide essa história entre quatro linhas de tempo diferentes, usando a técnica para justapor as vidas dos mais jovens e mais imprudentes Han e Lando, relacionando-os com a dos homens mais velhos que eles se tornarão.

Em toda a mídia do Universo Expandido, havia sempre alguns elementos da vida de Han que eram geralmente bem conhecidos. Ele teve uma infância difícil crescendo no planeta Corellia. Alistou-se no Império para se tornar um piloto. Foi demitido do serviço para salvar Chewbacca da escravidão e, finalmente, se tornou um famoso contrabandista. Ele é uma pessoa fundamentalmente boa (com algumas aspas nesse quesito, mas…). Todavia, contudo e entretanto… é uma pessoa que não está interessada na luta maior contra o bem e o mal: ele só quer sobreviver e fazer com que as pessoas que ama estejam bem.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments