Natalie Rosa, no Canal Tech

Elon Musk, o sul-africano por trás da Tesla Motors, SpaceX, entre outras empresas, sempre deixou claro em entrevistas que grande parte de sua formação veio da leitura.

Entre ficção científica e fantasia, infelizmente nem todos disponíveis em português, conheça 11 livros que o executivo acha que todos deveriam ler.

O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien

Em entrevista ao The New Yorker em 2009, Musk disse que o livro O Senhor dos Anéis, que também chegou aos cinemas, construiu sua visão de futuro.

“Os heróis dos livros que eu li… sempre senti que eu tinha a missão de salvar o mundo”, contou Musk ao jornal.

O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams

Ao ler a saga d’O Guia do Mochileiro das Galáxias quando ainda era um adolescente, Musk diz que a história “era instrumental ao seu pensamento”, se apaixonando de primeira.

Inclusive, ao lançar um Tesla Roadster ao espaço em fevereiro deste ano, ele inseriu a frase “Don’t panic” (não entre em pânico), que está presente na capa de uma das primeiras edições da saga, no monitor do carro.

Benjamin Franklin: Uma Vida Americana, de Walter Isaacson

Musk sempre comenta que Benjamin Frankin é um de seus heróis. Franklin foi a primeira pessoa a provar que raios são eletricidade com o seu famoso experimento com uma pipa, levando então para a invenção do para-raios. Ele também é o responsável pela criação das lentes bifocais.

Em entrevista, Musk diz que Franklin era um empreendedor que começou do zero.

Structures: Or Why Things Don’t Fall Down (Estruturas: Ou porque as coisas não caem), de J.E. Gordon

Quando Musk deu início à SpaceX, ele reservou um tempo para estudar os fundamentos da ciência dos foguetes, e um dos livros que ajudou o empresário foi Structures: Or Why Things Don’t Fall Down, de J.E. Gordon.

“É muito, muito bom se você quiser uma cartilha sobre projeto estrutural”, comentou Musk em entrevista a uma rádio dos Estados Unidos.

Superintelligence: Paths, Dangers, Strategies (Superinteligência: Caminhos, Perigos, Estratégias), de Nick Bostrom

Musk sempre alertou sobre os perigos de uma inteligência artificial não controlada, afirmando ainda que ela pode ser mais perigosa que armas nucleares. Em documentário sobre o assunto, Do You Trust This Computer, o empresário disse que os humanos podem criar um “ditador imortal do qual nunca poderão escapar”.

Para descobrir quais são esses riscos, Musk recomenda que seja feita a leitura de Superintelligence, de Nick Bostrom, que mostra o que pode acontecer caso a inteligência computacional ultrapasse a inteligência humana.

Ignition: An Informal History of Liquid Rocket Propellants (Ignição: Uma História Informal de Propelentes Líquidos de Foguetes), de John D. Clark

Ignition foi essencial para ajudar Musk a construir foguetes, como conta o próprio executivo. O autor do livro, John D. Clark, foi um químico norte-americano ativo no desenvolvimento de combustível para foguetes entre os anos 1960 e 1970.

Musk diz ter usado as lições da obra quando estava produzindo o sistema do foguete Falcon Heavy, da SpaceX.

Our Final Invention (Nossa Invenção Final), de James Barrat

Our Final Invention é outro livro que reforça sobre os perigos da inteligência artificial, recomendado por Musk em 2014 no Twitter. O autor, James Barrat, conta em seu site oficial que o livro fala sobre desvantagens catastróficas que a IA pode causar, que nunca serão comentadas por empresas como Google, Apple, IBM e Darpa.

“Não precisa ser mau para destruir a humanidade — se a inteligência artificial tivesse um objetivo e a humanidade estivesse no caminho, ela iria destruir a humanidade com certeza, sem nem pensar, sem sentimentos”, concorda Musk em depoimento ao documentário Do You Trust This Computer.

Merchants of Doubt (Comerciantes da Dúvida), de Naomi Oreskes e Erik M. Conway

O livro Merchants of Doubt, que virou documentário, foi recomendado por Elon Musk em uma conferência em 2013, citando algum tempo depois em seu Twitter que as mesmas forças que negaram que o cigarro causa câncer hoje negam os perigos da mudança climática.

Merchants of Doubt trata de casos de cientistas que possuem conexões com a política e a indústria e que têm escondido fatos que envolvem uma série de problemas de saúde pública, como a indústria do tabaco, o uso de pesticidas e buracos na camada de ozônio.

Trilogia Fundação, de Isaac Asimov

Para complementar o conhecimento adquirido em O Senhor dos Anéis, Musk recomenda a leitura da trilogia Fundação, de Isaac Asimov. A ficção teve uma grande influência na trajetória empreendedora de Musk.

O empresário conta que é mais inteligente que as pessoas saibam aproveitar “enquanto uma janela está aberta” e não somente contar com o fato de que ela “estará aberta por um bom tempo”, se referindo ao progresso da tecnologia.

A trilogia Fundação, inclusive, vai se transformar em uma série produzida pela Apple.

The Moon Is a Harsh Mistress (A Lua é uma Senhora de Autoridade), de Robert A. Heinlein

Publicado em 1966, o premiado livro The Moon Is a Harsh Mistress foi recomendado por Musk em 2014 em uma entrevista ao MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). O romance acontece em um futuro distópico, em um mundo de fantasia que é um prato cheio para mentes criativas, como a de Musk.

Life 3.0: Being Human in the Age of Artificial Intelligence, de Max Tegmark

Para finalizar, mais um livro sobre inteligência artificial. Na obra, o professor do MIT Max Tegmark conta como manter a IA de forma a trazer benefícios à vida humana, garantindo que o progresso da tecnologia siga alinhado com os objetivos da humanidade no futuro.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments