“Westeros era um lugar muito diferente”, explica George R.R. Martin

Natalia Bridi, no Omelete

George R.R. Martin conversou com a Entertainment Weekly sobre a série derivada de Game of Thrones (que pode se chamar The Long Night; entenda).

Segundo Martin, que trabalha com a showrunner Jane Goldman na criação do programa, o prelúdio deve se passar entre 10 e 5 mil anos antes dos eventos já vistos na TV. “Nos livros é mencionado 10 mil anos, mas você tem lugares onde os arquimeistres dizem ‘não, não foram 10 mil anos, foram 5 mil anos”, explicou o autor, justificando que muito da história de Westeros é oral e portanto imprecisa.

Ainda assim, Martin garante que a Westeros da nova série é um lugar bastante diferente: “Não há Porto Real, Trono de Ferro, Targaryens – Valíria mal tinha começado a ascender com os dragões e o grande império que eles construíram. Estamos lidando com um mundo diferente e mais antigo e isso, espero, será parte da diversão da série. [Golman] é incrivelmente talentosa. Ela veio para Santa Fé e passamos uma semana discutindo ideias. Ela vai seguir por um território que não explorei muito nos livros, apenas insinuei”.

Ainda não há previsão de estreia para o derivado, que contará com Naomi Watts e Josh Whitehouse no elenco. Já Game of Thrones exibe sua conclusão na HBO em abril de 2019.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments