Praças da Cidade
livrosepessoas

livrosepessoas

(2 comments, 431 posts)

This user hasn't shared any profile information

Posts by livrosepessoas

Dercy por ela mesma

0

Publicado por: Publishnews 

A atriz será homenageada em nova edição de livro e minissérie

Sai em nova edição pela Globo Livros a autobiografia de Dercy Gonçalves, Dercy de cabo a rabo (320 pp., R$ 34,90), assinada pela escritora e dramaturga Maria Adelaide Amaral. Convidada pela própria atriz para produzir seu livro, Maria Adelaide Amaral é também autora da minissérie Dercy de verdade, com estreia prevista para amanhã, dia 10. Dercy é conhecida pela personalidade escrachada e singular que exprimiu no teatro e na televisão, assim como pela vida tumultuada: casamentos desfeitos e outros dramas pessoais sempre divulgados pela mídia. Seu jeito único comunicava com facilidade e suas frases ganharam grande popularidade – sempre acompanhadas por palavrões. A autobiografia foi publicada originalmente em 1994 e traz na nova edição mais fotografias, além de um posfácio escrito por Maria Adelaide. Conhecida por minisséries de sucesso como “A muralha” e “A casa das sete mulheres”, a dramaturga escolheu atrizes de renome para interpretarem Dercy na televisão: Heloísa Périssé, Luiza Périssé e Fafy Siqueira.

Como ensinar a seu filho que ler é um prazer

2

Publicado: Educar para crescer

Dicas para incentivar seu filho a ler todos os dias e, assim, ter amor pelos livros

Pesquisas mostram que quanto mais cedo se começa ler maiores são chances de se tornar um leitor assíduo

Pesquisas do mundo todo mostram que a criança que lê e tem contato com a literatura desde cedo, principalmente se for com o acompanhamento dos pais, é beneficiada em diversos sentidos: ela aprende melhor, pronuncia melhor as palavras e se comunica melhor de forma geral. “Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade, a imaginação e adquire cultura, conhecimentos e valores”, diz Márcia Tim, professora de literatura do Colégio Augusto Laranja, de São Paulo (SP).

A leitura frequente ajuda a criar familiaridade com o mundo da escrita. A proximidade com o mundo da escrita, por sua vez, facilita a alfabetização e ajuda em todas as disciplinas, já que o principal suporte para o aprendizado na escola é o livro didático. Ler também é importante porque ajuda a fixar a grafia correta das palavras.

Quem é acostumado à leitura desde bebezinho se torna muito mais preparado para os estudos, para o trabalho e para a vida. Isso quer dizer que o contato com os livros pode mudar o futuro dos seus filhos. Parece exagero? Nos Estados Unidos, por exemplo, a Fundação Nacional de Leitura Infantil (National Children’s Reading Foundation) garante que, para a criança de 0 a 5 anos, cada ano ouvindo historinhas e folheando livros equivale a 50 mil dólares a mais na sua futura renda.

Então, o que está esperando? Veja nossas recomendações e estimule seu filho a embarcar na aventura que só o bom leitor conhece. Você pode encontrar boas dicas de livros em nossa biblioteca básica de leitura!

Foto: Dennis M. Ochsner / Getty Images
Dica da Cris Guimarães

Lâmpada para a blogosfera

6

“É minha fé na Bíblia que me serviu de guia em minha vida moral e literária. Quanto mais a civilização avance, mais será empregada a Bíblia.”

(Immanuel Kant)

Diariamente nascem e morrem milhares de blogs em todo o mundo. São milhões de posts disputando a atenção do internauta o tempo todo. Com a mesma velocidade que despertam a atenção, são esquecidos em seguida.

Já os textos bíblicos não são assim descartáveis e têm sido instrumento de bênçãos para pessoas de todas as culturas. Mesmo pequenas porções das Escrituras são um potente medicamento para este mundo adoecido por toda sorte de enfermidades.

Se você é blogueiro e quer oferecer aos seus leitores doses diárias desse elixir maravilhoso, basta selecionar o código apropriado para a plataforma em que hospeda o seu blog. Ao adicionar o banner, por gentileza nos avise pelo e-mail pavablogs@gmail.com.

Vamos sortear semanalmente 3 exemplares da Nova Bíblia Viva para que você desfrute integralmente da nova versão desse texto agradável, simples e fácil de entender. Agradecemos antecipadamente seu envolvimento na divulgação da Palavra de Deus!

Banner para Blogspot

Banner para WordPress

Se o seu blog usa a plataforma WordPress e está hospedado em servidor próprio recomendamos usar a versão preparada p/ Blogspot.
Se tiver qualquer tipo de dificuldade, por gentileza clique aqui e escreva o seu problema para receber suporte técnico.

Blogs Participantes

 

@EmmanoelM
A arte de viver
A garota e seus livros
Alessandra
Alice No Pais do Pensamento…
A menina dos Teus olhos
Andando na luz
A Peregrina
A Poesia dos Peregrinos
Ainda assim eu vou escrever!
Atitude de alguém

Barraco do Boto
Betel Brasileiro
Bia blogando
Blog da Lula
Blog da Peregrina
Blog do Calebe
Blog do Tiago
Blog falando de boas novas
Bom dia, com graça
Bússola Cristã

Calebe, o demolidor de gigantes
Caminhando e Contando
Cantinho da Pris
Celebrai
Classe dos juvenis – IMJN
Coletânea Bíblica
Conectados na Palavra
Conexão Vida
Crentassos
Criacionismo

Desfrutando da graça
Deslizes Poéticos
Diagnóstico Cristão
Diário de um levita
Dicas de ofertas e sorteios
Discipulado IPM
Dliver Blog
Doakamine

Em construção
Entrecontos & Entrelinhas
Esboçando Ideias
Escrevendo aos pouquinhos
Eu quero te dizer
Evangelizando Bebês

Faetad Club
Faixa três
Filosofia Primeira
Frauenliebe und leben

Gente 100 Glamour
Grandioso amor
Grãos de entendimento
Grecco

Histórias que descobri
House 25

Igreja Kerigma
Imagem & Semelhança
Imaginação: imagem em ação
Intervalo Cristão
It’s me

Jardim da alma
Jeq’s
Jovens em ação

Kerix

Laimons Bumbeers
Lecttio
Leitura Viva
Lendo e relendo
Liberté
Livros, câmera, mochila e canção
Livros da Pris
Livros e Pessoas
Love. Sweet love.

Mania de Pensar
Marcelo Bueno
Matwon Post’s
Me de Jesus
Meia hora por dia
Meu cantinho
Ministério Cristo vem
Música, guitarras, futebol e afins…

No mundo de alguém
Nova URbis
Novo começo
Novo dia

Oficina de Ideias
O filho do pastor
O Indizível
O mundo e o reino
Ordos Salutis

Paixão Radical
Papinha de Nené
Palavras Prolíferas
Para abençoar as nações
Pavablog
Pavablog Tumblr
Pensando alto
Pensar e Orar
Pense Cristo
PIB Sapucaia
Pivablog
Por um mundo de Letras
Pra lá do horizonte
Professor Contratado
Profetas das ruas
Projeto Moçambique

Recortes
Reflexo da pista
Reflexões…
Reflexões no caminho
Renovo blog
Resgate da humanidade
Resposta aos jovens
Roberto Soares
Rodrigo Magalhães

Sementes de vitória
Ser Igreja
Simplesmente Dany
Siriarah
Sos Gospel
Sublime Delight
Super Primata

Tempo Separado
Teologia de amador
The Cry Of the Soul

Uma Palavra
Um blog com meu nome
Um passo de cada vez…
Um plim

Vem e vê
Verbo Vivo
Verdades: nuas e cruas.
Vivendo o sabor da vida

Blogueiros Premiados

Daniel (Dliver)
Lucas (Pense Cristo)
Priscila (Bússola Cristã)
Marcos (Profetas das ruas)
Bia (Bia blogando)
Marina (Papinha de Neném)
Michelson Borges (Criacionismo)
Léo (SOS Gospel)
Tarcisio (Diagnóstico Cristão)
Ivanei (Leitura Viva)
Fernando (Pivablog)
Johnthan (A Arte de Viver)
Taiana (Um blog com meu nome)
André (Vivendo o sabor da vida)
João (Jardim da Alma)
Clarissa (Para Abençoar as Nações)
Ney Gomes (Grãos de Entendimento)
Letícia Guedes (A Garota e seus livros)
Cláudio Moreira (Sementes de Vitória)
Rodrigo Magalhães (Blog Rodrigo Magalhães)
Rodrigo (Mania de Pensar)
Dalton Curvello (Calebe – O demolidor de gigantes)

Twitter

Juliana Trinci

Professor de escritores, Charles Kiefer tem 1,4 mil alunos em lista de espera

0


O escritor gaúcho de Três de Maio, Charles Kiefer, 52 anos, tem mais de 30 títulos publicados, alguns na França e em Portugal. Ganhador de prêmios como o Afonso Arinos, da Academia Brasileira de Letras, e o Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro (com “O Pêndulo do Relógio”, “Um Outro Olhar” e “Antologia Pessoal”), Kiefer é conhecido por obras já arraigadas nos compêndios de literatura gaúcha como “Valsa para Bruno Stein” e “Quem faz Gemer a Terra”, mas também pelo seu intenso trabalho de auxiliar a estimular o surgimento de novos escritores, com as suas disputadas oficinas literárias, cujas listas de espera passam das 1,4 mil pessoas.

Ciente da impossibilidade do ensino pessoal do ofício da escritura, atividade que exerce há 25 anos, Kiefer lançou no fim de 2010 o livro “Para Ser escritor”, pela editora LeYa Brasil. O livro de ensaios aborda diversos aspectos do processo criativo que envolve a escrita. A obra fornece informações úteis sobre os mecanismos de funcionamento do sistema literário e os problemas éticos e sociais da vida autoral, além de refletir sobre novas formas de expressão, por exemplo, como os blogs. Há também dicas específicas para os aspirantes à profissionalização, como por exemplo, não realizar lançamentos em bares, boates ou restaurantes. Kiefer repassa ao leitor o conselho que recebeu do poeta Mário Quintana, após ler seu primeiro livro: “Meu filho, escreva 200 poemas… e publique 20”.

Em entrevista ao Correio do Povo, Kiefer fala sobre o livro, sobre o ensino do ofício da escritura, sobre questões como direitos autorais, entre outros temas:

Correio do Povo – O livro Para ser escritor pretende se inscrever em que categoria de obra?
Charles Kiefer – O livro é composto de pequenos ensaios, praticamente todos girando em torno da atividade de escritura, especialmente sobre as questões que envolvem as oficinas literárias, os novos autores, a vida de escritor, o sistema literário. Já escrevi outros livros com esse perfil, como O guardião da floresta, A última trincheira. Gosto desse formato, cuja estrutura é leve e simples. Ernesto Sábato, Oscar Wilde e Jorge Luis Borges também praticaram o gênero.

CP – O que há para ensinar em relação ao fazer literário para estas gerações que estão começando a escrever no século XXI?
Kiefer – Apenas e somente a tradição ocidental. Tenho alunos de oficina literária que me acompanham há 16 anos. Nem eles nem eu aprendemos um décimo do que ainda temos de estudar/aprender. O único problema para quem está chegando agora à vida literária é que o reservatório de leituras amplia-se a cada dia.

CP – Em determinado momento da obra tu fazes a separação entre até onde vai o escritor, o autor e o profissional de literatura. Esta distinção está clara atualmente ou deve ser sempre pensada e repensada, principalmente numa época, onde todos queremos ser tão bons em tudo, como diria Pessoa?
Kiefer – No ensaio “Ser escritor” já fiz a necessária distinção entre os três. O escritor só existe no próprio instante em que escreve. E isto não precisa nunca ser atualizado. Isso foi assim quando a primeira poeta escreveu os primeiros versos (e pode ter certeza que o primeiro escritor foi mulher) e será assim quando o último escritor colocar o ponto final na história da literatura da Terra.

CP – Muitas das tuas referências literárias e teóricas transparecem no livro, como Aristóteles, Gaston Bachelard, Camus, Borges e Alejo Carpentier, até porque o tom da obra é confessional e de orientação aos leitores e futuros escritores. Existiria e qual seria uma linha básica referencial e cronológica de autores para aqueles que querem ser escritores?
Kiefer – Essa questão é um problema para todo professor de literatura. Privilegiar os clássicos ou os contemporâneos? O importante é que o candidato a escritor “circule” em torno de todas as possibilidades. Importante é encontrar a própria voz. E depois, procurar autores do passado ou do presente que tenham o mesmo timbre, o mesmo tom. Uma vez feita essa sintonia, é recomendável que o candidato a escritor conheça todos os outros timbres e tons da história literária.

(mais…)

As salas onde nasceram os clássicos

0

Se olhasse pela janela entre uma página e outra de seu O som e a fúria, que paisagem Faulkner veria? E o que mais dividia espaço com os originais de Moby Dick na mesa de trabalho de Melville? Afinal, quais ambientes inspiraram estes e outros autores a criar as grandes obras da literatura mundial? O livro American Writers at Home tenta saciar parte desta curiosidade trazendo fotos do interior da casa de 21 escritores americanos, entre eles William FaulknerHerman Melville. A autoria das imagens é da fotógrafa novaiorquina Erica Lennard.

Provavelmente, algumas das obras mais famosas de Faulkner foram concebidas sob influência da paisagem desta janela, na casa onde o escritor morou em Oxford, Mississipi.

(mais…)

livrosepessoas's RSS Feed
Go to Top