Orgulho & Preconceito

educação

Você estudante, confira 3 ótimas estratégias para potencializar o seu aprendizado

0

Aprendendo

Publicado no Amo Direito

A rotina de estudos costuma ser bastante intensa, sobretudo na universidade. Algumas vezes, a grande quantidade de conteúdos abordados em sala de aula acaba atrapalhando foco de muitos estudantes, que muitas vezes, por falta de tempo, acabam acumulando dúvidas nas matérias.

Se esse é o seu caso, saiba que existem algumas estratégias que podem facilitar o seu aprendizado, contribuindo para que você assimile mais facilmente o conteúdo abordado pelo professor em sala de aula. Confira a seguir quais são elas:

1 – Peça que os professores exemplifiquem o conteúdo
Caso você não compreenda muito bem algum tópico abordado pelo professor, peça que ele aprofunde o conteúdo através de exemplos e ilustrações, se possível. Isso contribuirá para que o assunto seja esclarecido mais facilmente.

2 – Busque fontes complementares
Procure complementar os seus conhecimentos fora da sala de aula: busque por outras fontes confiáveis relacionadas ao conteúdo estudado, como livros, filmes, revistas, sites, blogs, entre outras.

3 – Identifique quais são suas principais dúvidas
Saiba reconhecer as suas principais dúvidas em relação ao conteúdo estudado. Procure identificar os tópicos que ainda não estão claros para você, e em seguida, converse com o seu professor a respeito desses conteúdos.

Se você deseja tornar o seu ano letivo mais eficiente em 2016, experimente seguir essas dicas!

Fonte: Universia Brasil

Confira 10 super dicas para você ter sucesso na prova do Exame de Ordem da OAB

0

Exame ordem OAB

Publicado no Amo Direito

Alvo de dez entre dez estudantes formados em Direito, a aprovação no Exame da OAB exige não só técnicas e métodos de estudos, mas uma boa dose de tranquilidade e confiança em si mesmo.

“Não há fórmula mágica, mas manter a calma e o foco são algumas dicas que podem parecer simples, mas fazem toda a diferença. Verificamos que muitos alunos preparados acabam tendo dificuldades, enquanto outros conseguem a aprovação, mesmo sem terem estudado tanto. Infelizmente a ansiedade exerce uma influência muito forte nesse momento”, explicou.

Já estamos na véspera da prova, por isso, agora não é mais o momento de tentar correr atrás do prejuízo. É melhor seguir esses conselhos e partir para a prova!

1 – Tenha calma e esqueça a ansiedade
Esse é o grande vilão da maioria dos candidatos. Ter pensamentos positivos e utilizar técnicas de relaxamento podem auxiliar no combate à ansiedade.

2 – Não estude na véspera da prova
O estudo às vésperas da prova só estressa o candidato e pode até confundi-lo. O ideal é revisar os conteúdos alguns dias antes do exame e separar um tempo para relaxar.

3 – Busque revisões e grupos de estudo
Fazer revisões com outros estudantes pode ajudar a tirar dúvidas, desde que isso seja feito alguns dias antes da prova. Os aulões e cursinhos também são essenciais para revisar o conteúdo que já foi estudado.

4 – Faça programas calmos antes da prova
Nada de sair para balada ou ingerir bebida alcóolica na véspera da prova. Opte por programas mais tranquilos, como cinema ou um passeio ao ar livre.

5 – Alimente-se bem
Nos dois últimos dias antes da prova, escolha alimentos de fácil digestão, com baixo teor de açúcar e pouca gordura.

6 – Fique de olho no tempo
Muitos candidatos esquecem-se do relógio e acabam tendo problemas para fazer a prova dentro do prazo. Faça as questões que você sabe a resposta e depois volte para pensar nas outras que restaram. Vá com um relógio e sempre organize o tempo que está sobrando.

7 – Cartão de resposta
Você precisa separar um tempo para preencher o cartão de resposta com calma e de forma correta. Faça isso apenas quando já tiver resolvido toda a prova.

8 – Treine bastante
Uma boa dica para os dias que antecedem a prova é fazer exercícios e os exames anteriores. Assim você pode cronometrar o tempo e sentir o que costuma cair no exame.

9 – Durma bem
Uma boa noite de sono garante que a mente e o corpo estarão descansados durante a prova.

10 – Não desanime!
Se você não tiver um bom resultado, não desanime. Tenha paciência e busque ajuda de profissionais para fazer um bom exame da próxima vez. A prova da OAB não é nenhum bicho de sete cabeças e, com dedicação e esforço, você vai passar na próxima!

Fonte: folhavitoria

Colégio particular do RJ abre as portas para alunos de escolas em greve

0

Foto-ilustrativa-PME

Escola de Austin, Nova Iguaçu, permite alunos como ouvintes.
Eles não pagam nada para acompanhar as aulas.

Publicado no G1

Com a greve na rede estadual de educação do Rio de Janeiro, um colégio particular de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, teve a iniciativa de abrir as portas para os estudantes que estão sem aulas.

A estudante Karen Cavalcante Pacífico voltou à sala de aula quando já estava prestes a desistir de fazer a prova do Exame nacional do Ensino Médico (Enem). Karen está no terceiro ano do Ensino Médio e esperou muito tempo pelo fim da greve, mas agora começou a assistir as aulas em outro colégio.

“Como é que eu ia fazer o Enem? Não tinha como, né? Agora estou mais tranquila, depois que eu vim pra cá”, disse a estudante.

O professor Jorge Galdino explica o quanto a matéria nessa reta final é importante para o exame. “As aulas que ela não está tendo na escola pública, ela tá conseguindo equilibrar e recuperar aqui dentro da escola. A história é um conteúdo fundamental, eles precisam disso. E aí é importante pra colaborar pra que ela tenha um sucesso no final do ano”, disse o professor Jorge Galdino.

A escola particular que abriu as portas fica em Austin, em Nova Iguaçu. Doze alunos já pegaram carona nas aulas e muita gente também já está de olho, já que o telefone da diretora não para.

“Nós não esperávamos que que seria tanta procura e ficamos mais surpresos ainda de saber que são pessoas do estado do Rio inteiro. Todo mundo preocupado, querendo estudar, achando que vai perder o ano”, disse a diretora Shirley de Souza Duarte.

Os alunos que procuram a escola não pagam nada para acompanhar as aulas. A direção separou algumas vagas para eles, enquanto a greve continuar.

A estudante Lorena Nascimento também está aproveitando a oportunidade, pois no colégio onde ela está matriculada, só tem professor de três matérias. Ela assiste a todas as outras na escola particular.

“Estou achando ótimo porque eu gosto de estudar então, eu estou vindo estudar aqui e estou conseguindo acompanhar aqui o que eu não estou acompanhando lá, porque estou sem professor”, disse Lorena.

Universidade de Londres terá Angelina Jolie em seu quadro de professores

0

Cast member Angelina Jolie poses at the premiere of "Kung Fu Panda 3" at the TCL Chinese theatre in Hollywood, California January 16, 2016. The movie opens in the U.S. on January 29.  REUTERS/Mario Anzuoni - RTX22PDS

Publicado no Hypeness

Mais do que um rostinho bonito de Hollywood, Angelina Jolie é reconhecida por seu ativismo em diversas causas, entre elas, a igualdade de gêneros. Agora, ela irá acumular mais um cargo para seu já extenso currículo, que inclui experiências como atriz, diretora e roteirista: será também professora na London School of Economics, na Inglaterra.

No ano passado, ela havia criado na universidade o Centro para a Mulher, Paz e Segurança, em conjunto com o então secretário britânico de Relações Exteriores, William Hague. Agora ela deverá participar também como professora no curso de mestrado oferecido pelo centro, que abordará temas como igualdade de gêneros, paz e segurança mundial, segundo comunicado realizado pela instituição.

Angelina irá trabalhar como professora durante um ano, tempo em que será responsável por ministrar aulas e palestras, promover leituras e desenvolver pesquisas, projetos, workshops e eventos. “Eu estou ansiosa para ensinar e aprender com os estudantes e também compartilhar minhas experiências trabalhando com governos mundiais e as Nações Unidas”, declarou.

Fotos © REUTERS/Mario Anzuoni

Fotos © REUTERS/Mario Anzuoni

Alguns hábitos podem atrapalhar seus estudos: veja 4 atitudes ERRADAS na hora de estudar

0

amo-direito-post-estudante

Publicado no Amo Direito

A revisão de todo o conteúdo da matéria pode ser um momento de nervosismo para muitos estudantes, tendo em vista a ansiedade e a expectativa em relação à prova. À medida que a data dos exames se aproxima, muitos alunos sentem que algumas matérias ainda precisam ser retomadas, para que o conteúdo seja fixado melhor. Entretanto, é preciso que o aluno saiba fazer a revisão da maneira correta, para evitar a sensação de que toda a matéria está se acumulando a sua frente.

Sabendo disso, separamos a seguir 4 atitudes que deve evitar na hora de estudar. Confira abaixo e melhore o seu desempenho para as provas:

1 – Anotar todo o conteúdo
Fazer anotações sobre a matéria é uma ótima estratégia de estudos. No entanto, não é recomendado escrever todo o conteúdo do livro, sem sintetizar o que for mais relevante. É importante saber resumir os assuntos principais, de uma maneira personalizada, para que você mantenha o seu foco naquilo que merece mais atenção para a prova. Isso também pode facilitar a sua organização.

2 – Abusar da “marca-texto”
Na hora de ler, muitos estudantes costumam abusar das canetas marca-texto, sublinhando frases e palavras em excesso. Contudo, isso não costuma ser eficiente, tendo em vista que o aluno precisa focar no conteúdo mais importante. Ao invés disso, você pode usar a técnica de uma maneira mais eficiente, como por exemplo, marcar aquelas palavras novas, cujo significado você ainda não sabe.

3 – Reescrever demais as anotações
Alguns alunos costumam achar que reescrevendo continuamente suas anotações irão absorver melhor o conteúdo. Contudo, simplesmente escrever de forma repetida o que está no caderno pode não ser tão efetivo assim, pois você só estará reproduzindo sempre a mesma coisa. Você pode buscar outra alternativa, como por exemplo compartilhar suas anotações com um colega e pedir as dele. Em seguida, tente explicar a ele o conteúdo que leu, pois isso pode facilitar a sua memorização.

4 – Apenas decorar os conteúdos
Alguns estudantes podem acreditar que memorizar fórmulas e definições já pode garantir um bom desempenho no vestibular. Entretanto, é importante certificar-se, primeiro, de que os assuntos memorizados podem ser colocados em prática. Para ter um bom desempenho na prova, é preciso ter compreendido o conteúdo de fato, sabendo aplicá-lo em qualquer situação.

Fonte: Universia Brasil

Go to Top