GreenK Tech Show

livrarias

Uma livraria na China inspirada nas florestas de bambu

0

arquitetura-xliving-biblioteca-china-16

Com uma arquitetura surpreendente, o lugar tem espaço para adultos e crianças
Nadia Simonelli, na Casa Vogue

Criado pelo estúdio X-Living, de Xangai, o projeto dessa suntuosa livraria foi pensado para refletir a atmosfera cultural de Chengdu, uma cidade no sudoeste da China, onde está localizada.

Quando os visitantes chegam ao quarto andar do edifício Yintai Center se deparam com um espaço vibrante, repleto de estantes de livros e pequenas mesas, inspiradas nas formas do bambu. Tudo para relembrar a cultura da região.

arquitetura-xliving-biblioteca-china-01_yAjsvKR

Ao atravessar essa verdadeira floresta de livros de diversos temas está um espaço dedicado à diversão das crianças, também inspirado em uma espécie de selva de cogumelos coloridos. As paredes são totalmente cobertas por prateleiras com livros e através das cores formam desenhos, como casas, moinhos de vento e pandas. As crianças podem ler debaixo dos cogumelos, que estão espalhados por toda a parte. O teto espelhado reflete todos esses elementos e cria uma sensação de amplitude.

arquitetura-xliving-biblioteca-china-02_SVIxWp5

Em outra área da livraria, as paredes são revestidas de tijolos vermelhos, com prateleiras pretas embutidas em nichos. O que impressiona é a altura do pé-direito, que possui cinco metros.

Assim, uma estrutura metálica forma uma escada que conduz a um mezanino, aproveitando todo o espaço e criando pequenos ambientes aconchegantes. Desse modo, os leitores podem circular pelas áreas mais altas e encontrar seu livro favorito onde quer que ele esteja.

arquitetura-xliving-biblioteca-china-06

Há também um incrível espaço para aulas, onde degraus com diferentes alturas e formatos servem como bancos para os alunos. No teto, um espelho reflete o relevo do piso, como se fosse a paisagem dos campos da região. Com uma vista incrível, que pode ser apreciada através da fachada de vidro, esse lugar é perfeito para os visitantes relaxarem durante uma das palestras que a livraria oferece.

arquitetura-xliving-biblioteca-china-07

arquitetura-xliving-biblioteca-china-10

arquitetura-xliving-biblioteca-china-12

arquitetura-xliving-biblioteca-china-13

arquitetura-xliving-biblioteca-china-16

arquitetura-xliving-biblioteca-china-05

FOTOS SHAO FENG

Já ouviu falar da livraria portuguesa que inspirou J. K. Rowling em Harry Potter?

0

livraria-lello-portugal_60179_990x742-768x576

Publicado no Nômades Digitais

O mundo de Harry Potter não foi retirado totalmente da imaginação da escritora inglesa J. K. Rowling. A maravilhosa arquitetura da Lello, livraria de mais de 100 anos de idade localizada no centro da cidade de Porto, em Portugal, serviu como fonte de inspiração para vários cenários da saga do bruxinho que conquistou fãs em todo o mundo.

1202270330391livraria_lello_e_irmao_-__

Quando viveu na cidade no início dos anos 1990, Rowling encontrou nas imensas paredes forradas de livros, na escadaria, nos clássicos vitrais e na linda decoração do lugar, inaugurado em 1906, muita inspiração para seus livros.

d8d90a61cef93463c2635e9329e8823d

Entre 1991 e 1993, quando morava na cidade e era professora de inglês, Rowling foi frequentadora fiel da livraria. Na época ela era uma mera desconhecida, mas a partir de 1997, quando seus livros se tornaram sucessos de venda, os vendedores da Lello perceberam que o local estava relacionado aos livros.

enhanced-buzz-wide-2491-1402426485-53-768x514

Claro, a livraria é tão bonita que por si só mereceria receber a visita de milhares de turistas diariamente, mas foi mesmo Harry Potter que alçou o lugar à fama. Hoje, a livraria vive lotada de fãs da saga que adoram se surpreender comparando cada cantinho do local com o cenários de Harry Potter, principalmente com a loja ‘Floreios e Borrões’, lugar onde os pequenos magos compravam os livros escolares para Hogwarts.

livraria-lello3-768x512

livraria-lello-portugal_60179_990x742-768x576

escada-angulo-2-768x521

portugal-porto5-livraria-lello-lello-bookstore-7-638

Imagens: Reprodução.

dica do Marcos Vichi

Veja o que uma loja em Veneza fez para salvar seus livros das enchentes

0

AcquaAlta9

Rhaisa Gaz, no BurnBook

Durante o inverno em Veneza, as marés altas do Mar Adriático fazem com que, muitas vezes, as águas invadam casas e estabelecimentos à beira dos canais. Suas construções antigas rodeadas de água por todos os lados podem ser lindos e inspiradores, mas se transformam em um enorme problema nessa época. Isso fez com que a cidade tenha também uma das mais belas livrarias do mundo, a Libreria Acqua Alta.Para proteger seus livros, a livraria fez uma decoração que não só salvou seus produtos como a tornou um local exótico e estonteante: os livros ficam dispostos em gôndolas, banheiras, barcos e outras peças, que os protegem e, ao mesmo tempo, embelezam o local.

AcquaAlta1

Alguns livros já destruídos são utilizados como barricadas e até escadas na Acqua Alta, tornando o cenário ainda mais fantástico.

AcquaAlta5

Acqua Alta conta com mais de 100.000 livros, mapas, quadros e outros objetos espalhados por todo o ambiente.

A livraria foi fundada em 2004 por LuigiFrizzo, e rapidamente se tornou um sucesso, um ponto turístico bastante incomum, mas que carrega todo o charme e excentricidade dessa cidade sustentado por ripas de madeira há séculos.

AcquaAlta8

Fonte Hypeness

As piores coisas de se trabalhar em uma livraria

0

shake-and-co

Fabio Mourão, no Dito pelo Maldito

Creio que não seja necessário citar aqui as vantagens incríveis em se trabalhar em uma livraria. Acho que todo leitor já deve ter deslumbrado essa possibilidade em seus sonhos mais remotos. E em termos de emprego no ramo de vendas no varejo, acredito que ser livreiro deva ser, de longe, o melhor deles. Um ambiente descontraído, colegas de trabalho inteligentes, clientes interessantes, e a vantagem de passar o dia cercado por livros.

Mas como qualquer outro trabalho comum, é claro que esse também possui as suas desvantagens. E para mostrar que nem tudo são flores, mostramos aqui o que há de pior em se trabalhar numa livraria.

Você acaba gastando parte do seu salário em livros
É algo inevitável. Você começa a trabalhar em uma livraria, consegue um desconto como empregado, e logo percebe que está sendo pago com livros. Talvez você já tenha gastado mais do que devia com livros em uma outra ocasião, mas agora você está cercado por centenas desses exemplares te tentando a todo instante, e outros tantos continuam chegando a cada momento.

Imagino que seja necessário anos de experiência e auto-controle para se construir a tolerância de não gastar uma parcela significativa do seu salário em seu próprio emprego.

Sua lista de leitura cresce descontroladamente
Mesmo que você, de alguma forma, consiga se controlar com o gasto em livros, não há como evitar o seu interesse natural por novas leituras, já que agora obrigatoriamente conhecerá cada lançamento que chegar à loja.

Entre as recomendações dos clientes e colegas de trabalho, e os livros que acidentalmente descobrirá em um dia normal de trabalho, lamento dizer que sua lista de leitura será sempre uma ‘missão impossível’.

É o fim da agradável experiência de conhecer novas livrarias
A felicidade de explorar uma nova livraria, nunca mais será a mesma depois que você trabalha em uma. Além do fato de ser difícil comprar livros na loja concorrente, quando você pode conseguir o mesmo produto mais barato no próprio trabalho.

E, é claro, comparações com a sua própria loja serão inevitáveis, e passará grande parte do tempo tentando encontrar diferenças das quais você tem absoluta certeza que faria de uma forma bem melhor.

Livros são pesados
Apesar de ser uma informação um tanto óbvio, é algo que realmente só se leva em consideração depois que se sente a dor muscular de levar caixas e mais caixas de livros de um lado pro outro. Algo que passei recentemente com a minha recente mudança.

Algumas grandes livrarias ainda possuem prateleiras que vão até o teto, o que implica em subir escadas com pilhas de livros. E mesmo nas menores, ser livreiro exige mais do físico do que se imagina. Pode não parecer, mas carregar pilhas de livros, agachar para alcançar as prateleiras inferiores e organizar as estantes, é um trabalho bem cansativo.

Você tem que ajudar as pessoas a encontrar algumas leituras ‘questionáveis’
Claro que nem todo cliente terá o mesmo interesse literário que o seu, mas por mais que você conviva bem com esse fato, você encara as suas ‘dicas de leitura’ como parte do seu trabalho. Mas nem sempre conseguirá evitar que o público leve uma uma obra, ou autor, que você desaprova e fez de tudo para escondê-lo nos cantos obscuros da loja.

Certamente a pior parte desse trabalho é ter que ajudar as pessoas a encontrar livros que você considere moralmente desprezíveis. Livros que apoiam algum regime autoritário, obras com ‘desinformações perigosas’, e autores de ideias duvidosas. Cada funcionário tem a sua própria forma de lidar com essa situação, mas em qualquer ocasião é sempre uma posição terrível para se estar.

CONHEÇA CINCO DAS LIVRARIAS MAIS BONITAS (E EXCÊNTRICAS) DO MUNDO

0

Teca Machado no Burn Book

É apaixonado por livrarias, um bookaholic assumido e um leitor compulsivo?

Então tenho certeza que você morre de felicidades ao ver uma livraria no seu caminho. E se for uma livraria bonita, melhor ainda.

Que tal conhecer cinco das livrarias mais bonitas do mundo?

1. City Lights Bookstore, em São Francisco

Bookstore-01

Bookstore-02

Um canto especial para a poesia! Ela foi fundada pelo poeta Lawrence Ferlinghetti, por isso todo o segundo andar do local é dedicado a um espaço de poesia. Mas em toda a livraria há cadeiras estrategicamente colocadas para que os clientes gastem tempo para escolher qual título levar para casa.

2. Word on the Water, em Londres

Bookstore-03

Bookstore-04

Essa livraria é numa barca. Você pode subir a bordo e fuçar pela coleção (e ainda brincar com os gatos do dono do lugar), ou ficar em terra firme para assistir leituras de poesias e música ao vivo, que acontecem no teto da barca.

3. Boekhandel Dominicanen, na Holanda

Bookstore-05

Bookstore-06

Além da arquitetura incrível, escolher livros dentro de uma igreja com mais de 700 anos é uma experiência que você só terá lá.

4. Libreria Acqua Alta, em Veneza

Bookstore-09

Bookstore-10

Essa livraria é facilmente um dos lugares mais memoráveis e estranhos de Veneza. A loja em si é pequena e recheada de livros que caem de gondolas, banheiras e pequenos barcos. Você pode mergulhar seus pés no canal enquanto lê ou subir uma escada feita inteiramente de livros.

5. Cook & Book, em Bruxelas

Bookstore-13

Bookstore-14

Parte livraria e parte café. A loja é dividida em nove cômodos e cada um deles contém uma seção diferente (música, ficção, infantil, viagem, HQ…). Mas o melhor de tudo é que cada seção é completamente diferente da outra e tem seu próprio design especial e único. Tem até mesmo um cômodo britânico que se parece com um pub.

Go to Top