Livros ameaçadores

0

Mateo Sancho Cardiel.

Quando Gutenberg desenvolveu a imprensa no século XV, algumas vozes se ergueram contra os perigos de um instrumento técnico potencializar a democratização do conhecimento, uma suspeita que recai hoje sobre a internet.

“Jamais se viram tais desmandos entre os estudantes e tudo isso é devido às malditas invenções modernas que põem tudo a perder, principalmente a imprensa. Já não se fazem livros nem manuscritos, a imprensa afunda a livraria. Isto é o fim do mundo”, dizia um dos personagens de Victor Hugo em “Nossa Senhora de Paris” (1831).

A sensação de ameaça pela mudança não é nova e os argumentos de então não são muito diferentes dos que existem atualmente contra o rumo incerto que as novas tecnologias da informação reservam às indústrias editorial, da comunicação e do entretenimento.

Em 1477, Hieronimo Squarciafico disse que “a abundância de livros torna os homens menos estudiosos”. Em 2008, a Universidade de Columbia (EUA) publicava em sua revista “Journalism Review” um artigo intitulado “Sobrecarga! A batalha do jornalismo pela relevância em uma época de muita informação” e assegurava que a abundância de recursos cria insatisfação e passividade.

José Manuel Trabado Cabado, da Universidade de León, afirma em um estudo que o sistema de hipertextos – os links da web – “ameaça com não nos deixar retornar nunca, nos prometendo maravilhas aqui e ali e tesouros camuflados em selvas grandes demais para os mapas do homem”.

Nessa busca na chamada “Sociedade do Conhecimento”, muitos usuários da web, no entanto, se perdem e acabam sendo considerados viciados em internet. Mas esta gula dos internautas também tem seu paralelismo.

“A curiosidade de Bêncio é insaciável, é orgulho do intelecto, um meio como qualquer dos outros que um monge dispõe para transformar e acalmar os desejos de sua carne”, escreve Umberto Eco em “O nome da rosa” (1980), romance no qual traçava uma intriga medieval ao redor da gestão censora do conhecimento por parte de monges italianos.

O argumento de que o leitor – assim como o internauta – não pode enfrentar a infinidade de temas sem um critério de busca ou sem orientação moral é algo que a democratização do livro e a expansão da internet dividem.

No entanto, hoje ninguém suspeita de uma imensa biblioteca e ninguém discute o papel cultural fundamental do livro. Será que o mesmo vai ocorrer no presumível caso de que todas as obras editadas passem a ficar disponíveis na web?

De acordo com a perspectiva empresarial, o advento da imprensa também tornava ultrapassado o ofício dos escribas, cuja tarefa de anos ficava automatizada pelos tipos móveis de Gutenberg. Hoje, jornalistas, gravadoras e editoras se consideram ameaçados de forma análoga.

Como aparece em “O nome da rosa”, os intermediários também tinham um papel fundamental na religião, uma das principais afetadas pela nova invenção, já que as Sagradas Escrituras passaram a estar ao alcance de muito mais gente.

Não é a toa que a Bíblia impressa por Gutenberg iniciou “a idade da imprensa”. À época, muitos consideraram a novidade como uma invenção protestante, mas não demorou que o papa passasse a utilizá-la como instrumento de difusão da fé católica.

“Antes da imprensa, a Reforma não teria sido mais que um cisma, mas a imprensa a transforma em revolução. Fatal ou providencial, Gutenberg é o precursor de Lutero”, escreve Victor Hugo também em “Nossa Senhora de Paris”.

Mas o próprio autor de “Os miseráveis” refletiu sobre como a democratização do livro levou pela frente uma vítima colateral: a arquitetura.

“A arquitetura representou a escritura do gênero humano. E isto é tão correto que, não só qualquer pensamento religioso, mas qualquer pensamento humano, têm neste imenso livro sua página e seu monumento”.

“O pensamento humano descobre um meio de se perpetuar não só mais durável e mais resistente do que a arquitetura, mas também mais fácil e mais simples. A arquitetura fica destronada. Às letras de pedra de Orfeu, irão suceder as letras de chumbo de Gutenberg”, refletiu então Victor Hugo.

Fonte: G1

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Ler devia ser proibido

0

Baseado em texto de Guiomar de Grammon, este vídeo foi criado e produzido por Luciano Midlej, Filipe Bezerra e Marcos Diniz p/ ajudar a despertar a vontade de ler nas pessoas.
Mais de 137 mil cliques no YouTube. Visite o site.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Bookcrossing (1)

11


Hoje (23 de abril) é comemorado o Dia Mundial do Livro. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 1995, com o objetivo de promover e difundir o livro em todas as faixas etárias.

Várias pessoas já confirmaram participação no Bookcrossing que o mob de leitura vai realizar em várias cidades. Informe p/ a gente qual o título e local em que vai abandonar um livro p/ incluirmos na lista.

nome………………………………………..blog…………………………………..livro……………………………cidade

Kedma Franza……..Blog da Cia. dos Imaginários…….A revolução dos bichos……São Paulo (SP)

Thiago Mendanha……Tomei a pílula vermelha………………A cabana………………….Anápolis (GO)

Fábio Jerônimo………………….Jerônimo……………………….Fala amendoeira…………….São Paulo (SP)

Robi Leite…………………………..RobiLob…………………………….A cabana………………………Recife (PE)

Camila Hochmüller…Metamorfoseantemente……….O desespero humano…….Porto Alegre (RS)

Sérgio Pavarini………………….Pavablog#……………………….A caverna…………………..São Paulo (SP)

Tiago Nogueira……………..Blog do Tiago………A cabana / Você é insubstituível….Campinas (SP)

Jalles Kennedy………..U M A D G U A R..A felicidade conjugal seguido de o diabo…Guarulhos (SP)

Whaner Endo……………….W4 Editora……………………….O velho e o mar…………………..São Paulo (SP)

Alex Fajardo……………….Alex Fajardo……………………….O ladrão de raios………………..São Paulo (SP)

Sarah Cazella………………Sarah Cazella…………………………..A relíquia………………………São Paulo (SP)

Marco Finito……………….Lion of Zion……………………..Tratado de ateologia…………..São Paulo (SP)

Raphael Rap………………Rapensando……………………………Dom Quixote………………….Brasília (DF)

Rina Pri………………..Resumo da Ópera….O carteiro e o poeta / Vergonha dos pés…..Vitória (ES)

Rina Pri……..Resumo da Ópera….Efeito Urano/ Minhas mulheres e meus homens…..Vitória (ES)

Daniel Grubba………….Soli Deo Gloria………………………….O peregrino………………….São Paulo (SP)

Jose Luis……………………Sampa Fotos…………O cão dos Baskervilles / Hamlet…………São Paulo (SP)

Fábio Davidson…………Doxa Brasil…………………….Fé em Deus e pé na tábua………São Paulo (SP)

Aline Baba………….Digitanto Teatro………………A ilustre Casa de Ramires……………..São Paulo (SP)

Jose Luis………Sampa Fotos……..A volta ao mundo em 80 dias / Dom Casmurro……São Paulo (SP)

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Dia Mundial do Livro

0

É hoje o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor!

Comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril, dia de São Jorge, esta data foi escolhida para honrar a velha tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de São Jorge e recebem em troca um livro.
Para além disso, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, Shakespeare e Cervantes, falecidos em 1616, exactamente a 23 de Abril.
“Partilhar livros e flores, nesta primavera, é prolongar uma longa cadeia de alegria e cultura, de saber e paixão”, é manter viva a chama que nos alenta o coração e nos aquece a alma, é dar continuidade à demanda de emoções que o livro transmite e o Homem sente.
Esta data é simbólica, sem dúvida, pois os livros, tal como as emoções, devem fazer parte da vida de qualquer humano todos os das, em qualquer momento. As palavras, as páginas, os livros, são termos secos mas contêm em si, cada um, mensagens e sentimentos tão fortes e vivos como a mais pura das crianças.
Cada livro é um profeta que nos dita visões, que nos narra histórias e nos ensina. Um livro vive, com a sua alma passiva, e acompanha o leitor como um amigo, seguindo-o e completando-o.
Por isso mesmo o Homem ama-o, desde que o conheça profundamente, e reconhece o seu valor.
Por todo o mundo, hoje, se demonstra um pouco desse reconhecimento, quase que em forma de agradecimento, de adoração. Portugal não é excepção, e são muitas as instituições que assinalam este dia, seja com a realização duma Feira do Livro, exposições, espectáculos culturais, palestras, declamações ou com o simples, mas sincero, assinalar deste dia.
O livro é o meu passaporte para um mundo só meu, longe deste real e apático universo. Agradeço-lhe por existir e espero que possam ser muitos os que pela minha vida venham a passar. Porque ler é viver, e porque a minha vida só tem sentido com a leitura.
Seja de que forma for, não se esqueçam de assinalar este dia. O livro agradece…
fonte: blog Os livros
dica do Jorge Oliveira via twitter

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Bookcrossing (1)

11


Hoje (23 de abril) é comemorado o Dia Mundial do Livro. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 1995, com o objetivo de promover e difundir o livro em todas as faixas etárias.

Várias pessoas já confirmaram participação no Bookcrossing que o mob de leitura vai realizar em várias cidades. Informe p/ a gente qual o título e local em que vai abandonar um livro p/ incluirmos na lista.

nome………………………………………..blog…………………………………..livro……………………………cidade

Kedma Franza……..Blog da Cia. dos Imaginários…….A revolução dos bichos……São Paulo (SP)

Thiago Mendanha……Tomei a pílula vermelha………………A cabana………………….Anápolis (GO)

Fábio Jerônimo………………….Jerônimo……………………….Fala amendoeira…………….São Paulo (SP)

Robi Leite…………………………..RobiLob…………………………….A cabana………………………Recife (PE)

Camila Hochmüller…Metamorfoseantemente……….O desespero humano…….Porto Alegre (RS)

Sérgio Pavarini………………….Pavablog#……………………….A caverna…………………..São Paulo (SP)

Tiago Nogueira……………..Blog do Tiago………A cabana / Você é insubstituível….Campinas (SP)

Jalles Kennedy………..U M A D G U A R..A felicidade conjugal seguido de o diabo…Guarulhos (SP)

Whaner Endo……………….W4 Editora……………………….O velho e o mar…………………..São Paulo (SP)

Alex Fajardo……………….Alex Fajardo……………………….O ladrão de raios………………..São Paulo (SP)

Sarah Cazella………………Sarah Cazella…………………………..A relíquia………………………São Paulo (SP)

Marco Finito……………….Lion of Zion……………………..Tratado de ateologia…………..São Paulo (SP)

Raphael Rap………………Rapensando……………………………Dom Quixote………………….Brasília (DF)

Rina Pri………………..Resumo da Ópera….O carteiro e o poeta / Vergonha dos pés…..Vitória (ES)

Rina Pri……..Resumo da Ópera….Efeito Urano/ Minhas mulheres e meus homens…..Vitória (ES)

Daniel Grubba………….Soli Deo Gloria………………………….O peregrino………………….São Paulo (SP)

Jose Luis……………………Sampa Fotos…………O cão dos Baskervilles / Hamlet…………São Paulo (SP)

Fábio Davidson…………Doxa Brasil…………………….Fé em Deus e pé na tábua………São Paulo (SP)

Aline Baba………….Digitanto Teatro………………A ilustre Casa de Ramires……………..São Paulo (SP)

Jose Luis………Sampa Fotos……..A volta ao mundo em 80 dias / Dom Casmurro……São Paulo (SP)

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Go to Top