Canal Pavablog no Youtube

O leitor é criador

0

O texto é o lugar de uma experiência singular, privilegiada, de uma recreação da qual cada leitor pode se tornar o centro, por pouco que queira sair dessa passividade em que ele se empobrece, que o isola do texto, cujo sentido lhe escapa sempre em grande parte e necessariamente porque, fixado pelo autor, pertencendo somente ao autor, o leitor não tem parte nele. Que o leitor aprenda que ele não é o espectador deslumbrado ou entediado de uma história feita alhures com a qual ele não tem de ajustar contas. Que ele saiba apenas que o texto lhe fala dele e de sua própria história e, imediatamente, lhe aparecerão sentidos possíveis. O leitor aprenderá que o texto lhe traz em uma linguagem já codificada, que cabe somente a ele decodificar, o sopro noturno de sua vida mais longínqua, sepultada, indizível. Isto é dizer que o texto não tem um sentido fixado, que a variedade do texto está em todo o lugar e em lugar algum, que cada um tem o poder de fazer os sentidos existirem, de decidir os sentidos…

Serge Viderman, Le céleste et le Sublunaire.

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Fé em Deus e pé na tábua

0

“Fui criado acreditando que a qualidade da vida de um homem aumentaria muito não com a obtenção de status ou sucesso, não pela experiência da paixão ou por causa da prosperidade no trabalho ou na academia, mas com sua proximidade de Deus. Perturba-me saber que a vida cristã é simples assim. O evangelho – as boas novas – é algo simples, mas é o portão é o início da trilha. Resolver os conflitos da falta de fé é um trabalho duro. Deus deu três bênçãos ao homem: alimentá-lo como os pássaros, vesti-lo como as flores e ser seu amigo mais íntimo. Gente demais fica com as duas primeiras e ignora a terceira. Mais cedo ou mais tarde, você descobre que a vida é criada específica e brilhantemente para colocar o homem em ligação com o Senhor do Céu. É um esforço, com dores de parto e acidentes de percurso, mãos cobertas de sangue e testa suada, a cabeça nas mãos, momentos de grande solidão e questionamento, momentos de dor e desejo. Tudo isso leva a Deus, imagino.”


Donald Miller, em Fé em Deus e pé na tábua, p. 130

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Fé em Deus e pé na tábua

0

“Fui criado acreditando que a qualidade da vida de um homem aumentaria muito não com a obtenção de status ou sucesso, não pela experiência da paixão ou por causa da prosperidade no trabalho ou na academia, mas com sua proximidade de Deus. Perturba-me saber que a vida cristã é simples assim. O evangelho – as boas novas – é algo simples, mas é o portão é o início da trilha. Resolver os conflitos da falta de fé é um trabalho duro. Deus deu três bênçãos ao homem: alimentá-lo como os pássaros, vesti-lo como as flores e ser seu amigo mais íntimo. Gente demais fica com as duas primeiras e ignora a terceira. Mais cedo ou mais tarde, você descobre que a vida é criada específica e brilhantemente para colocar o homem em ligação com o Senhor do Céu. É um esforço, com dores de parto e acidentes de percurso, mãos cobertas de sangue e testa suada, a cabeça nas mãos, momentos de grande solidão e questionamento, momentos de dor e desejo. Tudo isso leva a Deus, imagino.”


Donald Miller, em Fé em Deus e pé na tábua, p. 130

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

O Caminho do Coração (3)

0
“A natureza do Deus bíblico é essencialmente relacional. Esta é a diferença entre o monoteísmo trinitário cristão e os outros monoteísmos unitários, como o Judaísmo e o Islamismo”.

“A pessoa é mais humana e mais próxima de Deus quando transcende a si mesma em amor por outra pessoa”.

“A rejeição da amizade como espaço que possibilita o compartilhar do amor impede a compreensão de um Deus que é amor e que nos criou segundo sua imagem e semelhança”.

Ricardo Barbosa em, O Caminho do Coração (Encontro Publicações)

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

O Caminho do Coração (3)

0
“A natureza do Deus bíblico é essencialmente relacional. Esta é a diferença entre o monoteísmo trinitário cristão e os outros monoteísmos unitários, como o Judaísmo e o Islamismo”.

“A pessoa é mais humana e mais próxima de Deus quando transcende a si mesma em amor por outra pessoa”.

“A rejeição da amizade como espaço que possibilita o compartilhar do amor impede a compreensão de um Deus que é amor e que nos criou segundo sua imagem e semelhança”.

Ricardo Barbosa em, O Caminho do Coração (Encontro Publicações)

Comments

comentários

Powered by Facebook Comments

Go to Top