Vitrali Moema

Posts tagged 2019

Bienal Internacional do Livro Rio anuncia novidades para 2019

0

Bienal Internacional do Livro Rio terá novidades em 2019 – Sandro Vox / Agência O Dia

Pavilhão infantil, espaço voltado à filosofia e negócios e nova área para pequenas editoras estão entre as inovações

Publicado em O Dia

Rio – A 19ª edição da Bienal Internacional do Livro Rio está cheia de novidades. Em 2019, a bienal acontecerá de 30 de agosto a 8 de setembro no Riocentro, Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, com a missão de “incentivar o hábito da leitura para mudar o país”. Entre as novidades estão novos espaços e conteúdos inéditos para seus diversos públicos.

“A Bienal é um sucesso, um momento mágico de interação entre os visitantes, as editoras e os autores. E, para mantermos esse encantamento, estamos sempre investindo em inovação, atentos às novidades e transformações tanto do mercado, quanto da sociedade. Em 2019, o objetivo é oferecer várias bienais dentro de uma, com espaços bem definidos para cada perfil de público”, afirmou Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

Na próxima edição, as novidades serão percebidas logo na chegada. Em vez de entrar direto na área de exposição, como nas edições anteriores, os visitantes irão acessar o evento pelo Pavilhão das Artes, que hoje abriga a maior exposição permanente indoor de arte de rua da América Latina. “É um local inspirador, dedicado à promoção da arte e da cultura. Absolutamente conectado com o universo da Bienal”, destaca Tatiana Zaccaro, diretora da Bienal, acrescentando que priorizar a experiência do público é primordial. Por isso, haverá maior aproveitamento das áreas externas do Riocentro, como jardins e lagos.

Ao entrar na galeria de arte, os visitantes se dividirão de acordo com seus interesses, já que a planta do festival foi redesenhada para concentrar atividades, expositores e patrocinadores afins em um mesmo ambiente. Desta forma, a comunicação das marcas será ainda mais eficiente e a interação com os visitantes, mais produtiva. “Vamos trabalhar com categorias muito bem segmentadas, seguindo a lógica de criar uma bienal para cada um. Para as crianças, por exemplo, teremos o pavilhão infantil”, revela Tatiana.

Dentro desse pavilhão, com mais de 10 mil m² inteiramente dedicados às crianças, estarão editoras de livros infantis, atividades lúdicas e atrações para toda a família, além de fraldário e um ambiente de alimentação especial focado nos pequenos. A área das atividades para esse público ocupará 500m², a maior dentro da programação cultural da Bienal.

Outras novidades serão um espaço dedicado à filosofia e negócios, onde se encontrará tudo sobre a nova literatura voltada para melhorar a qualidade de vida, e uma nova área para as pequenas editoras. O já tradicional Fórum de Educação – com programação voltada para educadores e professores – será ampliado para valorizar e promover a integração entre esses profissionais e oferecer capacitação profissional, além de proporcionar novas oportunidades de relacionamento para as editoras do segmento se aproximarem do seu público-alvo.

Esse é só o começo, pois outros ambientes e ações ainda estão sendo desenvolvidos pela comissão e curadoria da Bienal Rio.

Café Literário e Arena Jovem

Em 2017, com mais de 300 autores e convidados, divididos em 360 horas de programação cultural e 190 sessões, a Bienal Internacional do Livro Rio se firmou como uma verdadeira experiência cultural para toda a família. Em sua 18ª edição, o maior evento literário do país bateu recorde de público e recebeu 640 mil visitantes, superando a estimativa inicial de 600 mil. Em pesquisa realizada no final do evento, 93% das pessoas disseram que voltariam na próxima edição.

Para 2019, a direção da Bienal garante que Café Literário e a Arena Jovem serão mantidos. Na última edição, a procura pelo local dedicado aos debates de interesse dos jovens cresceu 344%, com o aumento da capacidade de 90 para 400 lugares de 2015 para 2017. A variedade de temas das mesas propostas para o Café Literário também agradou bastante e a atividade recebeu um público 25% maior que na 17ª edição.

Cemitério Maldito | Assustadora Zelda será vivida pela novata Alyssa Brooke Levine

0

Raife Sales, no Cinema com Rapadura

O remake de “Cemitério Maldito”, produzido da Paramount, teve uma nova adição ao elenco. Segundo o Bloody Disgusting, a estreante atriz Alyssa Brooke Levine, de apenas 13 anos, assumirá o papel de Zelda, que no longa original foi retratada pelo ator Andrew Hubatsek (“Human Resources“). A personagem, que sofria de meningite espinhal, tem uma cena que tornou-se uma das mais marcantes a assustadores do longa de terror.

“Cemitério Maldito“, livro de Stephen King, teve sua primeira publicação em 1983. A trama conta a história de um médico que, junto com sua família, muda-se de uma cidade grande para uma cidade pequena. O homem então descobre que se mudaram para perto de um cemitério de animais, construído em cima de um antigo cemitério indígena. Quando seu filho, ainda criança, é morto em um acidente, o pai leva o corpo do menino para o tal cemitério, onde o garoto é ressuscitado de uma forma demoníaca. A história foi adaptada para o cinema pela primeira vez em 1989, com relativo sucesso.

O elenco do filme conta com Amy Seimetz (“Alien: Covenant“), Jason Clarke (“A Maldição da Casa Winchester“) e John Lithgow (da série “The Crown“). A direção está a cargo da dupla Dennis Widmyer e Kevin Kolsch, que comandaram juntos o terror “Starry Eyes”. Jeff Buhler (da série “Nightflyers“) é o responsável pelo roteiro.

“Cemitério Maldito“ tem estreia prevista para 05 de abril de 2019 nos EUA.

Morte no Nilo | Continuação de Assassinato no Expresso do Oriente tem estreia adiada

0

Fox/Divulgação

Fox também remarcou os lançamentos do longa sobre disputa entre Ferrari e Ford

Mariana Canhisares, no Omelete

A 20th Century Fox remarcou a data de estreia de Morte no Nilo, a continuação do Assassinato no Expresso do Oriente. Agora, em vez de ser lançado em 8 de novembro de 2019, a produção chegará aos cinemas em 20 de dezembro do mesmo ano (via Deadline).

O estúdio também definiu que o projeto ainda sem título sobre a disputa entre Ford e Ferrari ficou para o dia 28 de junho de 2019, enquanto Spies in Disguise foi para 13 de setembro de 2019 e a comédia Stuber, com Dave Bautista e Kumail Nanjiani, para 24 de maio de 2019.

Michael Green voltará como roteirista e Kenneth Branagh retorna como o protagonista, o inspetor Hercule Poirot, e deve permanecer na direção. Publicado em 1937, Morte no Nilo mostra Poirot de férias no Egito, onde ele investiga um caso de homicídio que resultou de um triângulo amoroso. O livro já virou filme em 1978, com Bette Davis, Mia Farrow, Maggie Smith e Peter Ustinov como Poirot.

Kenneth Branagh declarou em dezembro que seu objetivo é criar um universo compartilhado de Agatha Christie nos cinemas

It 2 – Conheça o elenco adulto do Clube dos Perdedores

0

Guilherme Cepeda, no Burn Book

Esse é o novo elenco selecionado que dará vida aos personagens adultos na sequência de “IT – A COISA“! O que vocês acharam das escolhas?

James McAvoy (Bill), Jessica Chastain (Bev), Bill Hader (Richie), James Ransone (Eddie), Jay Ryan (Ben), Andy Bean (Stanley) e o recém-anunciado Isaiah Mustafa (Mike).

O segundo filme estreia em 6 de setembro de 2019.

Cemitério Maldito | Amy Seimetz entra para o elenco do remake

0

Longa estreia em 05 de abril de 2019 nos EUA.

João Antonio, no Cinema com Rapadura

De acordo com informações divulgadas pelo site Deadline, a atriz Amy Seimetz (“Alien: Covenant“) entrou para o elenco do remake de “Cemitério Maldito“, nova adaptação do livro de Stephen King. Seimetz vai ficar com o papel de Rachel Creed, a esposa do médico protagonista da história, Louis Creed, que será interpretado por Jason Clarke (“A Maldição da Casa Winchester“). No filme original, a personagem foi interpretada pela atriz Denise Crosby (da série “The Walking Dead”).

O livro teve sua primeira publicação em 1983, e conta a história de um médico que, junto com sua família, muda-se de uma cidade grande para uma cidade pequena. O homem então descobre que se mudaram para perto de um cemitério de animais, construído em cima de um antigo cemitério indígena. Quando seu filho, ainda criança, é morto em um acidente, o pai leva o corpo do menino para o tal cemitério, onde o garoto é ressuscitado de uma forma demoníaca.

A história foi adaptada para o cinema pela primeira vez em 1989, com relativo sucesso, e contou em sua trilha sonora com composições da banda norte-americana de punk rock Ramones.

Além de Seimetz e Clarke, o elenco do filme conta também com o nome de John Lithgow (da série “The Crown“), que interpretará Jud Crandall, o simpático vizinho da família Creed. A direção está a cargo da dupla Dennis Widmyer e Kevin Kolsch, que comandaram juntos o terror “Starry Eyes”. Jeff Buhler (da série “Nightflyers“) será o responsável pelo roteiro.

“Cemitério Maldito“ tem estreia prevista para 05 de abril de 2019 nos EUA.

Go to Top