A História do Futuro de Glory O'brien

Posts tagged app

No Recife, aplicativo registra literatura e poesia que estão espalhadas pela cidade

0

recife1

Publicado no Portal Aprendiz

Transitar pelas ruas e avenidas para ir de um lugar ao outro faz parte da rotina de qualquer pessoa que vive em uma grande cidade. Na maioria das vezes, é algo que fazemos quase no modo automático, sem nos darmos conta que por trás de cada rua, de cada praça e de canto da cidade, há uma história.

Recife, capital de Pernambuco, é um desses lugares, repleto de construções históricas e locais que foram homenageados por grandes poetas e escritores.

“Gosto muito de literatura, sobretudo a pernambucana. Um dia, conversando com uma amiga, eu percebi que vários poetas e escritores faziam referência a alguma rua da cidade. Então, pensei que seria muito interessante se as pessoas pudessem conhecer as ruas de Recife por meio de um viés literário’’, conta o diretor de cinema Eric Laurence, idealizador do projeto.

Foi a partir dessa conversa com a escritora Luzilá Gonçalves que Eric teve a ideia de criar o aplicativo Ruas Literárias do Recife, lançado em setembro de 2016.

Por meio de um serviço de geolocalização, o app mostra no mapa os pontos da cidade que foram citados em alguma obra literária. Ao passar pelo pin, o usuário tem acesso ao trecho da obra e informações sobre o autor, que podem ser salvas como favoritas ou compartilhadas nas redes sociais. É possível também encontrar os poemas buscando por nomes de ruas da cidade e escritores. E o app ainda traz um quiz sobre as obras.

O projeto foi viabilizado por meio de um edital do Funcultura (Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura da Secretaria do Estado) e demorou dois anos para ser concretizado.

Eric conta que o processo que levou mais tempo para ser realizado e exigiu muito cuidado foi a parte de pesquisa. A etapa durou cerca de nove meses e contou com o apoio da amiga Luzilá Gonçalves. “Era importante que a gente mostrasse a literatura de vários ângulos, desde autores mais tradicionais, a poetas marginais e contemporâneos, imprimindo diversos olhares sobre a cidade.”

Como explica o cineasta, a proposta do aplicativo vai além de permitir aos cidadãos conhecerem e valorizarem o patrimônio histórico da cidade onde vivem. “A partir do momento em que você passa a enxergar as ruas por um olhar poético, você estabelece um laço afetivo com a cidade e cria uma nova relação com o espaço urbano, gerando uma sensação maior de pertencimento”.

Conheça cinco aplicativos essenciais para vida acadêmica

0

aplicativos-universitario-estudo-universidade

A tecnologia facilitou a vida de muitas maneiras, inclusive na organização para que os estudos possam render

Publicado no IBahia

Quadro negro nunca mais! E caderno, então? O modelo da sala de aula não muda, mas os alunos sim. A tecnologia facilitou a vida de muitas maneiras, inclusive na organização para que os estudos possam render. Listamos aplicativos que vão ajudar – e muito – no sucesso da vida acadêmica.

Lecture Capture

Aulas, aulas e mais aulas, uma atrás da outra. É fácil se perder e ao chegar no cantinho de estudo querer rever algum conteúdo. Com esse aplicativo é possível gravar palestras em vídeo e ter acesso ao material mesmo offline. O app vai além dos gravadores padrões dos celulares, que permitem apenas ouvir. Com o Lecture Capture, o estudante pode criar notas e marcadores, além de montar suas próprias listas de reprodução. É compatível com iOS e Android.

StudyBlues

Tanto faz: iOS ou Android. Nos dois sistemas operacionais o aplicativo é gratuito. Nele é possível montar seu próprio plano de estudo através de cartões de memorização ou folhas de revisão. São mais de 250 milhões de notas de estudo disponíveis. Além de conseguir avaliar o progresso no aprendizado, há lembretes que o próprio aluno configura, como os horários de prova.

Timetable

A principal tarefa do Timetable é organizar em planilhas os trabalhos de casa e as datas das provas. O aplicativo, disponível na versão Android, é responsável por silenciar o telefone durante as aulas. Quem tem iPhone pode optar pelo Class TimeTable, que também é gratuito, mas possui uma versão mais atualizada por 99 centavos de dólar.

EasyBib

Pense num aplicativo que já deixa no modo correto as referências bibliográficas? Pois é, aquele trabalho de fim de curso e artigos ganhou um reforço. É só escanear o código de barras ou digitar o nome do livro que as informações já entram na padronização. Mas, como as normas variam entre as faculdades, estão disponibilizados diversos modelos. A dificuldade aqui pode ser que o aplicativo seja em inglês e reconhece muito mais fácil os títulos de fora. Quem tem iPhone ou Android pode fazer o download gratuitamente.

Scribd

Antes dos artigos começarem a ser escritos, deve-se ter em mente a linha da pesquisa. É aí que o Scribd entra: o aplicativo disponibiliza livros, audiobooks, notícias, revistas, documentos e até partituras. Enquanto muitos dos sites de notícias limitam as leituras aos seus assinantes, aqui é permitido ler qualquer material jornalístico que desejar. Estão disponíveis matérias da Bloomberg Businessweek, Time Magazine, People Magazine, Fortune e Money Magazine. Mas, em compensação, a versão gratuita garante acesso somente a três livros e um audiobook por mês. Montada a biblioteca no seu Android ou iPhone, é fácil: se acessa de qualquer lugar, inclusive offline.

Conheça o “Tinder” dos livros: aplicativo que sugere leituras a partir do gosto do leitor

0
Leitor tem acesso à sinopse e dá like se ficar interessado  |  Fonte: Shutterstock

Leitor tem acesso à sinopse e dá like se ficar interessado | Fonte: Shutterstock

 

Criado por brasileiros, Book4You divulga sinopse para usuário escolher livro

Publicado no Universia Brasil

Como você costumar escolher os livros que irá ler? Muita gente escolhe pela capa – apesar de o ditado dizer que esse não é o caminho para se julgar – outros vão pelo título ou pelo autor. Que tal ir pela sinopse? Essa é a proposta do Book4You, aplicativo criado por brasileiros que funciona como um “tinder” dos livros.

O objetivo é que, se o leitor gostar da sugestão do aplicativo, ele dará um like e o sistema o redirecionará para lojas online onde a mesma estará disponível. Assim como na rede de namoro, o usuário pode rejeitar a opção e passar para a próxima.

O fundador, Cassio Bartolomei, teve a ideia após perceber que existia um público que já é apaixonado por leitura, mas outro que precisaria de um incentivo maior para entrar nesse universo, que tivesse um “cardápio” de opções à mão que otimizasse essa busca.

Recém lançado para Android e com uma versão beta na internet, o app, que é gratuito, deve também ganhar em breve uma versão para iOS, além de ser aperfeiçoado conforme os usuários derem um feedback sobre a plataforma.

O aplicativo foi criado a partir de um programa de afiliados na web da Amazon e da Lomadee – dessa forma, o lucro vem a partir de uma “comissão” que o afiliado recebe por estar divulgando os produtos das grandes redes. A ideia é trazer listas patrocinadas no futuro. Atualmente, as lançadas no Book4You são feitas pelo próprio site.

8 aplicativos úteis para quem ama ler

0

itau-8-aplicativos

Apaixonado por livros e tecnologia? Preparamos uma lista de aplicativos que vão facilitar ainda mais a sua vida

Publicado em O Globo

Aplicativos de leitura estão em todo smartphone e tablet. Mas as pessoas ligadas em livros pra valer têm opções que vão além dos apps comuns da Amazon, Google Books ou livros para iPhone.

Redes sociais específicas, livros digitais para colorir ou plataformas de publicação independente saem do computador e vão no bolso dos leitores. Conheça alguns dos mais usados e veja também outros aplicativos que vão ajudar você a ganhar tempo para o que importa.

Audible

Não é bem um aplicativo, mas a biblioteca de audio books da gigante online Amazon. Que tal aproveitar o tempo no trânsito ou na academia para ouvir histórias ou aprender algo? Os livros em áudio não são novidade, mas ganharam força extra com as funcionalidades de apps para smartphones e tablets. Saiba mais e baixe / Gratuito, iOS/Android.

Colorfy

Os livros para colorir nunca deixaram as livrarias e não é por acaso: são uma delícia! E como nem sempre é possível ter lápis de cor e papel à mão, o formato existe também no digital. O Colorfy traz desenhos que você pode pintar para passar o tempo. Saiba mais e baixe / Gratuito, iOS/Android.

GoodReads

O site é a mais usada rede social para amantes de literatura no mundo e reúne tanto leitores quanto escritores consagrados e novatos de diversos gêneros. O GoodReads promove grandes lançamentos e não raro permite que fãs possam enviar perguntas diretamente para escritores. O aplicativo é útil para quem gosta de manter organizadas as listas de livros que leu ou quer ler, e também para encontrar sugestões baseadas no seu gosto. Saiba mais e baixe / Gratuito, iOS/Android.

Instapaper

Quantas vezes você já deixou de ler uma reportagem ou artigo interessante porque guardou para depois e esqueceu? O Instapaper resolve isso guardando os links para você ler offline. Funciona não só no smartphone e tablet, mas também em e-readers como Nook e Kindle Fire. Saiba mais e baixe / Gratuito, iOS/Android.

Itaú Criança

O aplicativo do Itaú coloca som, efeitos lúdicos e animações em cima de histórias que as crianças amam. É uma boa forma de passar tempo junto dos pequenos que só querem saber de telas. Saiba mais e baixe / Gratuito, iOS/Android.

Skoob

Similar ao GoodReads, o Skoob é uma rede social de leitores. A diferença é que essa é criada no Brasil e reúne livros (nacionais ou não) em língua portuguesa. Saiba mais e baixe / Gratuito, iOS/Android.

Syllable

Para leitores profissionais e para todo mundo que não consegue evitar a distração ao ler no iPhone ou iPad. Apenas para iOS, o Syllable ajuda você a manter a velocidade usando técnicas de leitura dinâmica. Não é só uma questão de ler rápido, mas de trabalhar concentração e absorver o texto. Saiba mais e baixe / Gratuito, iOS

Wattpad

A maior comunidade de escritores do mundo, a Wattpad é considerada um “Youtube da literatura” e pula os intermediários como editoras e lojas ao oferecer livros diretamente aos leitores. O aplicativo é bastante ágil e tem funcionalidades de rede social.

App transforma poemas de Manoel de Barros em animações

0
O app oferece quatro recursos: Clipes, Poesias, Desenhar e Foto - Agência O GLOBO / Reprodução

O app oferece quatro recursos: Clipes, Poesias, Desenhar e Foto – Agência O GLOBO / Reprodução

Publicado em O Globo

RIO — Musicados por Márcio de Camillo e ilustrados e animados pelas iluminuras de Martha Barros, os versos de Manoel de Barros viraram “poesias brincantes” em um novo aplicativo para tablets e celulares iOS e Android, lançado nesta semana. Intitulado Crianceiras, reúne dez clipes animados e quatro poesias interativas, além de um “caderno” no qual os leitores podem tocar nas palavras e ver animações, sons e definições. O aplicativo, que pode ser baixado gratuitamente, é um desdobramento do projeto de mesmo nome, concebido por Camillo e lançado em 2012, como disco e espetáculo.

Responsável pela direção e produção do app, Bruna Pligher diz acreditar que a interação da tecnologia com a poesia tem “um enorme potencial”:

— Nada vai substituir a poesia em seu estado mais puro. Mas o app serve como um convite à poesia e a apresenta em uma nova forma. Colocar a obra do poeta numa tecnologia de que as crianças gostam pode provocar nelas uma nova percepção da arte e aumentar o interesse pelos livros do Manoel.

O app oferece quatro recursos: Clipes, Poesias, Desenhar e Foto. Poemas musicados por Camillo, como “Boa sombra” e “O menino e o rio”, ganham clipes com animações de Martha Barros, filha de Manoel. Já no tópico Poesias, as palavras se transformam em brinquedos, num formato interativo em que o usuário vai aprendendo mais sobre o poema a partir de sons e desenhos. Outro recurso permite desenhar com as cores, as texturas e os personagens das iluminuras.

— Não acho que o aplicativo pode ajudar a compreender a poesia de Manoel de Barros, porque o próprio Manoel de Barros já dizia que a poesia não era para ser compreendida. A ideia é incorporar um novo olhar para a poesia no cotidiano. Nesse sentido, acho que o carro-chefe são as animações. Foi um desafio aproximar as crianças do visual, sem deixar de manter a identidade da Martha, que tem uma obra visualmente poética, muito próxima da do Manoel. Quisemos trabalhar só com textura, com o sugestivo, porque queríamos estimular a imaginação — diz Bruna.

Go to Top