BKO WAVE SAÚDE

Posts tagged Brasil

‘O diário de Myriam’: conheça livro da menina síria que registrou a guerra civil

0

A menina Myriam registrou as experiências da guerra civil nos escombros de Aleppo. (Foto: Divulgação/F. Thomas)

Livro chega ao Brasil e traz relato do conflito no olhar da menina Myriam Rawick. Francês correspondente de guerra que a ajudou a publicar fala de ‘olhar inocente’ e diz que ela quer estudar no exterior.

Carlos Brito, no G1

Era 2013. Por razões até hoje não totalmente compreendidas, o prédio da congregação cristã em Aleppo, nos arredores da cidade, se mantinha de pé em meio à paisagem desolada. Naquele momento, a maior cidade da Síria era pouco mais que um amontoado de escombros, resultado mais visível da guerra civil que, àquela altura, se estendia por pouco mais de dois anos.

Naquele cenário de violência quase infinita e pouquíssimas esperanças, o jornalista e correspondente francês de guerra Philippe Lobjois encontrou uma pequena sobrevivente, Myriam Rawick, então com oito anos.

Incentivada pela mãe, a menina cristã de origem armênia havia começado a escrever um diário sobre as situações que presenciara durante o conflito. Lobjois percebeu que estava diante de uma história que precisava ser contada.

As observações da menina – cuja escrita, a partir daquele momento, seria auxiliada por Lobjois – se transformariam no livro “O diário de Myriam”, recém-lançado no Brasil pela DarkSide. O jornalista esteve no Brasil, onde participou da Feira Literária de Araxá. Ele também passou pelo Rio de Janeiro para divulgar a obra.

Depois de meses de escrita e revisão feitas em Aleppo, Lobjois levou o diário de Myriam à França e o mostrou a uma série de editoras – uma delas, enfim, decidiu transformar o relato em livro.

O jornalista e correspondente francês de guerra, Philippe Lobjois, ajudou na escrita da obra. (Foto: Divulgação/Olivier Roller)

A obra representa uma oportunidade incomum para que o leitor enxergue uma situação de confronto humano a partir da perspectiva de uma pessoa cuja personalidade ainda está em formação – na maioria das vezes, as maiores prejudicadas em situação de conflito.

“São raros os livros que mostram os efeitos da guerra pelos olhos das crianças. Há exceções, é claro, e talvez a mais conhecida seja ‘O diário de Anne Frank’.”

A partir de 2011, a Síria foi varrida por uma guerra civil – de um lado, havia combatentes de oposição que pretendiam derrubar o ditador Bashar al-Assad, do outro, tropas fiéis ao regime.

Foram quatro anos de um conflito que reduziu Aleppo, até então a cidade mais importante da Síria do ponto de vista comercial e capital econômica da nação, a centenas de prédios destruídos – não havia energia elétrica, não havia água, não havia nada.

Observadores internacionais classificavam a situação como “catastrófica” do ponto de vista humanitário.

O embate entre opositores e defensores do regime se estendeu por quatro anos, ao custo de 100 mil vidas. Apenas em 2016, com auxílio da máquina de guerra russa, as forças do governo conseguiram retomar Aleppo de forma definitiva.

Apesar do cenário de destruição, Myriam optou por permanecer na cidade ao lado de sua família.

Flipop | Festival de livros dedicado ao público adolescente chega a São Paulo

0

Evento será realizado entre os dias 29 de junho e 01 de julho

Fabio de Souza Gomes, no Omelete

São Paulo receberá o Festival de Literatura Pop (Flipop) entre os dias 29 de junho e 01 de julho. O evento é dedicado à literatura Young adult – focada no público adolescente e jovem adulto – e terá a participação de 38 convidados, divididos em mais de 28 mesas com bate-papos e atividades.

Além das mesas, haverá encontro de fandom, dicas de escrita, distribuição de brindes exclusivos, conversas sobre Wattpad, fantasia, representatividade e muito mais.

A literatura YA tem crescido ano após ano no Brasil, gerando best-sellers como A seleção, Maze Runner, A culpa é das estrelas e Jogos Vorazes, e muitas dessas obras tem sido adaptadas para os cinemas.

O evento foi criado pela Editora Seguinte, selo jovem do Grupo Companhia das Letras, e conta com a participação de nove editoras: D’Plácido, Duplo Sentido, Editora Hoo, Globo Alt, Editora Planeta do Brasil, Morro Branco, Plataforma 21, Qualis e Todavia.

O evento será realizado no Centro de Convenções Frei Caneca. A programação completa pode ser vista no site.

Greve dos caminhoneiros adia Feira do Livro de Brasília

0

Publicado em O Globo

RIO — A 34ª Feira Internacional do Livro de Brasília foi adiada por causa da greve dos caminhoneiros, que acontece em todo o país desde a semana passada. O anúncio foi feito na página no Facebook do evento.

A feira será realizada agora entre 8 e 17 de junho, no Shopping Pátio Brasil. Os organizadores não deram mais detalhes ainda sobre a nova programação.

Quarto livro da série das “Crianças Peculiares” chegará ao Brasil

0

Sarah Ferragoni, no Beco Literário

A editora Intrínseca anunciou nessa quarta – feira (2/05) que o quarto livro da série O Lar da srta. Peregrine para Crianças Peculiares, A Map of Days, chegará às livrarias brasileiras no próximo semestre. A versão em inglês é esperada nas livrarias americanas para o dia 2 de outubro desse ano e, aqui no Brasil, espera-se que o lançamento acompanhe o internacional.

A série conta com três livros principais e um anexo “Contos Peculiares” nos quais somos apresentados às histórias de crianças que possuem dons extraordinários e estão sob cuidado da Miss Peregrine. No primeiro livro (O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares), Jacob, um garoto comum, se depara com a morte misteriosa de seu avô, Abe, que, durante toda sua infância, lhe contava histórias fantasiosas sobre uma ilha na qual vivera durante a Segunda Guerra Mundial. Ao ouvir as últimas palavras dele, Jacob decide ir até o local e descobrir o que seu avô queria que ele soubesse sobre a ilha e o que havia lá. Assim, ele encontra as crianças peculiares das histórias que ouviu durante toda a sua infância.

No quarto livro da série, escrita pelo autor Ransom Riggs, Jacob retorna à Florida após salvar os “peculiares” de uma ameaça. Depois de viajar para 1940 e voltar, ele, Miss Peregrine, Emma e as outras crianças retornam e fazem o seu melhor para agir naturalmente dentro do tempo presente. O novo livro chegará ao Brasil esse ano, os fãs já podem esperar ansiosos pelo lançamento.

‘Deuses Americanos’, de Neil Gaiman, ganha edição em quadrinhos

0

A HQ ‘Deuses Americanos’ (//Reprodução)

 

Disputa entre os deuses antigos e novos ganha versão ilustrada com desenhos do brasileiro Fábio Moon

Publicado na Veja

O livro Deuses Americanos, de Neil Gaiman, ganhou uma nova leitura. Depois de pautar a série de sucesso da Amazon, a história reestreia no Brasil neste mês como uma bela graphic novel (Tradução de Fernando Scheibe e Leonardo Alves, Intrínseca, 264 páginas, 49,90 reais).

A trama será dividida em três volumes. O primeiro, Sombras, se restringe aos nove capítulos iniciais do livro, lançado no Brasil também pela Intrínseca. Pela ótica de Shadow Moon, um ex-presidiário contratado para acompanhar um misterioso senhor durante uma viagem de carro pelos Estados Unidos, o autor descreve uma batalha entre as crenças do presente e do passado. O personagem embarca em uma busca pelos antigos deuses que caíram no esquecimento, a fim de combater os novos ícones idolatrados pela humanidade, como dinheiro e as drogas.

As partes dois e três devem chegar no Brasil no primeiro semestre de 2019 e 2020. Os quadrinhos contam com ilustrações do brasileiro Fábio Moon.

Go to Top