Romances de Época Gutenberg

Posts tagged casamento

Casal se inspira em ‘Alice no País das Maravilhas’ para fazer festa de casamento

0

43443-35361cc000000578-3638742-image-a-91_1465812017175-e1465852583100

Mônica da Cruz, no Tudo e Todas

O casal polonês Natalia e Rafael Kurzawa se conheceu numa casa de chás. O livro “Alice no País das Maravilhas” estava sobre uma mesa próxima e os dois eram fãs da obra. Quatro anos depois, eles se casaram e se inspiraram no texto de Lewis Carroll para escolher o tema da festa.

Depois da cerimônia na igreja, o casal e seus convidados se dirigiram para uma experiência diferente. De cara, um enorme espelho refletia o salão, dando a impressão de que eles entravam em outro mundo. Depois de algum tempo, Bobo, o coelho de estimação dos dois, chegou à festa (atrasado, é claro).

O ambiente foi inspirado no chá do Chapeleiro Maluco, com flores coloridas, grama sobre as mesas, xícaras e pires que não combinavam e detalhes como relógios, chaves, cartas de baralho e livros. Além da festa, os dois também aproveitaram a decoração para fazer um ensaio fotográfico especial.

Confira:

43442-35361c9c00000578-3638742-image-m-140_1465812430213-e1465852565150

43444-35361d1900000578-3638742-natalia_said_we_wanted_a_whimsical_feel_at_our_mad_hatter_s_tea_-m-156_1465813027118-e1465852590810

43445-35361de400000578-3638742-image-m-89_1465811946451-e1465852597238

43446-35361e8d00000578-3638742-image-a-134_1465812282902-e1465852620203

43447-35361ecd00000578-3638742-image-m-147_1465812650116-e1465852627671

43448-35361ece00000578-3638742-image-a-126_1465812229260-e1465852632936

43449-35361ede00000578-3638742-image-m-90_1465811961477-e1465852638673

43450-35361f0d00000578-3638742-image-a-152_1465812899182-e1465852612772

43451-hotspot_wonderland_wedding_046-e1465852557559

Noivos fazem casamento e festa inspirados no filme Harry Potter

0

f4637a66-087d-4f53-a071-77ba5d06207d

Publicado no Meio Norte

Atualmente não é mais novidade para ninguém os casamentos temáticos que acontecem no mundo inteiro. Com uma rápida pesquisa é possível encontrar festas no modelo rock, circo, entre outros. Mas um casal britânico resolveu inovar e promover uma festa de casamento até então nunca vista.

Cassie e Lewis Byrom surpreenderam ao transformarem um hotel antigo em um castelo de Hogwarts. A noiva declarou que os dois sempre foram fãs dos livros e filmes da saga Harry Potter e quando Lewis fez o pedido resolveu escolher o beco diagonal da Universal Studios, na Flórida.

“Com um pedido desses fez sentido organizar um casamento inspirado no nosso universo e tirar dos filmes uma inspiração”, contou.

O casal levou um ano para preparar todos os detalhes do casamento que foi pensado nos mínimos detalhes para receber 130 convidados. Mas os detalhes vieram de antes da festa, como por exemplo, as pessoas receberam em casa uma varinha do bruxo como convite.

No lugar do buquê de flores, a noiva usou um feito com as páginas dos livros e, as alianças, que continham a inscrição “Always” (a resposta que o Professor Snape deu para Dumbledore quando ele pergunta se o docente ainda amava Lílian Potter), foram guardadas dentro de um exemplar de Harry Potter e o Enigma do Príncipe. Já no topo do bolo, ao invés do tradicional casal, as figuras de Lord Voldemort e Bellatrix Lestrange feitos de Lego.

1a8030e6-1e85-42b6-b473-d0924379c6d0

2bfc64a9-bf92-4db4-9c42-c87b475c6f09

03c6c7b0-4342-4df6-aef8-6b3dfa7c3c24

4ab046a5-458c-4e1f-9a20-83a5ef2dff24

047f4baf-2c34-4cd7-9b15-aa758d860400

203fb3a8-0dae-46fe-999d-0fa029e4adc6

282a25a6-36a0-4383-9285-d3e567fcf7b1

372a3e77-bb1e-4268-b27d-7999cee4fc5d

(mais…)

9 livros sobre amor indicados por leitores da Galileu

0

livro-amor

Publicado em Galileu

Estávamos nos sentindo românticos (óun <3) e decidimos pedir aos nossos leitores indicações de livros bacanas que falem sobre o amor. Como sempre, as sugestões de leitura foram sensacionais. Selecionamos algumas das melhores aqui (leia o post completo com todas as sugestões abaixo):

1. Senhora – de José Alencar (por Ana Paula Felix)

Ver/ler o poder do amor superando a amargura e quebrando resistência é bom demais.

2. O Pequeno Príncipe – de Antoine de Saint-Exupéry (por Sarah Damasceno Ribeiro)

Na minha opinião, mostra uma forma de amor tão simples e tão pura, repleta de ensinamentos e reflexões!

3. O Amor nos Tempos do Cólera – de Gabriel García Márquez (por Alexsander Todescato)

É a minha obra de referência quando o assunto é o amor.

4. O Morro dos ventos uivante – de Emily Brontë (por Fernanda Zandonadi)

Além de um amor transcendental, o livro tem personagens que vão além do bem e do mal. Acho lindo e assustador.

5. Cyrano de Bergerac – de Edmond Rostand (por Angela Oliveira)

Um amor platônico de Cyrano, poeta e exímio espadachim por sua bela prima Roxane. Ele não se julgava a altura dela, por ter um nariz desproporcional, ajudando Cristiano a conquistá-la. Este com a beleza e Cyrano com as palavras. Uma história que vai além de um amor não correspondido, de coragem, humor e poesia. Simplesmente Cyrano e seu penacho…

6. O Concurda de Notre Dame – de Victor Hugo (por Themis Ortega Sampaio)

O amor do Quasímodo por Esmeralda, apesar de não ser recíproco, é puro e eterno (o autor deixa essa eternidade clara no último capítulo, ao narrar que o corpo de Quasímodo é encontrado abraçado ao da cigana nas profundezas de Notre Dame, e desfeito em pó).

7. Orgulho e preconceito – de Jane Austen (por Elisa Baracchini Cury)

Orgulho e preconceito de Jane Austen, por ser um livro bem construído, no qual todos os personagens têm profundidade. Contém uma crítica severa de uma época, onde o amor, num casamento, não era o principal, porém, o casamento era o único futuro para uma mulher.

8. Trilogia Millennium – de Stieg Larsson (por Alenes Frida)

Não é romântico, nem meloso, e em nada clichê, porém é dedicação, abnegação, necessidade de ajudar e proteger… A forma como ele a entende e aceita é lindo! Uma química incrível!!!!! Se isso não é amor, o que mais pode ser?

9. Os sofrimentos do jovem Werther – de Johann Wolfgang von Goethe (por Amanda Pedrini)

Foi uma obra muito detalhada e profunda. Werther amava Carlota apesar de todos os obstáculos e desejava que ela fosse reconhecida por todos como a mais perfeita das mulheres.

‘Rei do romance’, Nicholas Sparks se separa da mulher

0

O escritor confirmou ao site da revista ‘People’ que seu casamento de 25 anos chegou ao fim

Nicholas Sparks e sua mulher, Cathy Sparks em Hollywood (Foto: Alberto E. Rodriguez/Getty Images)

Nicholas Sparks e sua mulher, Cathy Sparks em Hollywood (Foto: Alberto E. Rodriguez/Getty Images)

Publicado na Veja on-line

Nicholas Sparks, o escritor americano que fez carreira assinando romances açucarados (e trágicos) como Um Amor para Recordar e Diário de uma Paixão, acaba de perder aquela que chama de sua “musa inspiradora”. O autor confirmou o fim de seu casamento de 25 anos ao site da revista People nesta terça-feira.

“Cathy e eu nos separamos. Essa não é, claro, uma decisão que tomamos sem refletir. Nós continuamos a ser amigos próximos com profundo respeito um pelo outro e amor por nossos filhos. Pelo bem dos nossos filhos, nós consideramos isso um assunto privado”, afirmou em comunicado. Sparks e Cathy se casaram em 1989 e são pais de três meninos e duas meninas gêmeas.

Autor de dezessete romances – dos quais nove foram adaptados para o cinema –, Nicholas Sparks sempre falou de Cathy como sua musa. “Todos os meus romances têm elementos autobiográficos. Quase todos meus personagens femininos são baseados na minha esposa, por exemplo. Ela é inteligente, engraçada, leal, amável, forte, com um coração de ouro. Boa parcela dos meus personagens acaba sendo assim também”, afirmou o escritor ao site de VEJA em 2013.

dica do Tom Fernandes

Ele foi mesmo casado? Confira 5 livros polêmicos sobre Jesus

1
Foto: Evening Standard / Getty Images

Foto: Evening Standard / Getty Images

Publicado por Terra

Uma revelação feita recentemente por dois estudiosos gerou polêmica no cenário religioso. Os estudiosos Barrie Wilsion e Simcha Jacobovici traduziram um novo “Evangelho”, escrito há mil anos em aramaico, e concluíram que Jesus Cristo havia se casado com Maria Madalena e tido dois filhos com ela.

Esta não é a primeira vez que o assunto é trazido à tona – na literatura, vários livros discutem o tema, como no best-seller O Código Da Vinci, de Dan Brown. No entanto, para você ficar ainda mais por dentro da história de Cristo e tirar as próprias conclusões, o Terra e a Nuvem de Livros prepararam uma lista com dez obras (filosóficas, polêmicas, surpreendentes ou até mesmo acadêmicas) que discorrem sobre a vida de Jesus. Confira!

1. Dez provas da existência de Deus (Plínio Junqueira Smith)
Uma questão que preocupa quase todas as pessoas, como a existência de Deus, não poderia deixar de ser uma questão também para os filósofos. Provar a existência de Deus tornou-se, para a filosofia, uma questão permanente, que atravessou mais de dois mil anos de história. O propósito desta coletânea é apresentar várias provas da existência de Deus que se tornaram fundamentais para a filosofia da religião, escritas desde a Grécia Antiga até a Modernidade, permitindo ao leitor uma visão ampla do assunto. Este está disponível na Nuvem de Livros.

2. A família desaparecida de Jesus (Tobias Churton)
Com doses iguais de polêmica e suspense, o autor rasga o véu de mitologia que envolve o tema da família de Jesus para revelar uma verdade impactante. Um thriller da melhor qualidade que põe em xeque muitas das afirmações mais difundidas a respeito da Igreja Católica. Este está disponível na Nuvem de Livros.

3. O Evangelho segundo Jesus Cristo (José Saramago)
O renomadíssimo escritor português José Saramago, vencedor do Nobel de Literatura de 1998, também abordou a temática do Cristo em um de seus livros. Na obra, o autor conta uma história humanizada da vida de Jesus, deixando o mítico para segundo plano e trazendo para os tempos modernos. E a suposta relação com Maria Madalena também está presente no livro, que foi lançado em 1991 e recebeu fortes críticas da Igreja Católica lusitana.

4. O evangelho segundo a serpente (Faíza Hayat)
No romance, a portuguesa Faíza se apaixona por um filólogo brasileiro, especializado em língua copta. Ele desaparece no Egito, onde pesquisa escrituras nesse idioma, e deixa um caderno com misteriosas anotações escritas em copta, que são citações dispersas e não deixam pista. Faíza sabe apenas que são textos do cristianismo primitivo, que foram considerados heresia.

5. Zelota (Reza Aslan)
Apesar de ser ateu, o escritor sempre buscou bibliografias que o levassem a Jesus. Só que nunca encontrou o que queria por não acreditar em uma figura messiânica, mas em uma “pessoa física”, o Jesus histórico. Baseado em uma pesquisa meticulosa, Reza Aslan, que é especialista em religião, reconstitui a Palestina do século I e apresenta um rebelde carismático que desafiava as autoridades de Roma e a alta hierarquia religiosa judaica. Além disso, aborda as razões pelas quais a Igreja escolheu promover a imagem de Jesus como um líder espiritual, com personalidade pacífica em vez do revolucionário politicamente conscientizado que o escritor acredita que ele foi.

Go to Top