BKO WAVE SAÚDE

Posts tagged Cassia

Mais vendidos: Intrínseca sai na frente em 2014

0

Cassia Carrenho, no PublishNews

A primeira semana da lista de mais vendidos pode ser resumida em: mar, sombra e água fresca. Nenhum lançamento e poucas mudanças de posição.

Nada a perder v2 (Planeta) voltou ao topo, com 32.860 exemplares vendidos, provando que público fiel não tira férias! A culpa é das estrelas (Intrínseca) também continua brilhando, com 21.782.

Números aquecidos ainda pelo fim de ano, e que aparentemente não tem a intenção de não sair de férias. Kairós (Principium) também manteve as vendas no céu, 16.871 exemplares.

No ranking das editoras, Intrínseca pulou as 7 ondinhas antes das outras e emplacou 17 títulos, Sextante ficou com 13 e Record, com 10. E assim começa mais um ano. Boas vendas, bons títulos e boas brigas!

Nada a perder, muito a ganhar

0

Segundo volume do livro de Edir Macedo lidera lista geral

Cassia Carrenho, no PublishNews

1Repetindo a estratégia usada no primeiro livro (mega lançamentos com milhares de fiéis), Nada a perder vol.2 (Planeta) disparou na liderança da lista geral, vendendo 31.123 exemplares, três vezes mais do que o 2º lugar, 1889 (Globo). “Perder”, só no nome mesmo.

Em 3º lugar, com uma diferença de apenas 40 exemplares, ficou Kairós (Principium), que ainda trouxe de volta para a lista de autoajuda, Ágape (Globo), do mesmo autor Padre Marcelo.

Um 20º lugar na lista de ficção pode parecer pouco, mas para um selo recém chegado no mercado, com apenas 5 livros publicados, é um resultado surpreendente. O livro De repente, o destino, da Única, selo de ficção da Editora Gente,vendeu 638 exemplares e garantiu seu lugar na lista de ficção.

Steve Jobs ainda continua influenciando o mundo e a lista dos mais vendidos. Com a estreia do filme Jobs, dois livros sobre o tema voltaram para a lista: O fascinante império de Steve Jobs (Universo do Livro) e Steve Jobs (Companhia das Letras). A velha dobradinha de sucesso, pipoca e livro.

Outras novidades na lista da semana foram: em ficção, Peça-me o que quiser (Suma das Letras) e Uma prova de amor, da autora Emily Giffin Novo Conceito); infantojuvenil, De volta aos quinze (Gutenberg), Chico Bento moço (Panini) e Risque, rabisque, desenhe e pinte para meninas (Usborne); negócios, Terapia financeira (DSOP).

No ranking das editoras, a Sextante manteve o 1º lugar, com 15 livros, Intrínseca, 2º lugar, com 13, e Record em 3º lugar, com 10. Em 4º lugar, Vergara & Riba, com 8. Todos da coleção Diário de um banana.

Cosac Naify em primeiro lugar

0

Livro autopublicado do Clube de autores entra na lista e Cosac Naif chega ao topo

Cassia Carrenho, no PublishNews

A paulistana Cosac Naify deixou as editoras cariocas Intrínseca, Sextante e Record para trás e assumiu, com 14 livros, o 1º lugar no ranking das editoras essa semana, graças a uma campanha promocional da editora, que deu desconto de 60% nos títulos. Mesmo assim, Intrínseca e Sextante continuaram bem perto, com 13 livros cada uma, e a Record, com 12.

Outro grande destaque na lista é o livro Autogestão de carreira, do autor Edson Carli, que foi publicado pelo Clube de Autores, uma plataforma de autopublicação. O livro ficou em 11º lugar na lista de negócios e mostra o potencial desse nicho.

O novo livro do autor Laurentino Gomes, 1889 (Globo) disparou no 1º lugar na lista geral, como era de se esperar, deixando toda a escatologia literária para trás. Nessa semana o livro vendeu 15.177 exemplares, 5.978 a mais que o 2º lugar, Kairós (Principium). Vale destacar que ambos são da editora Globo.

Autores nacionais aquecem as vendas

0

Livros de autores brasileiros aumentam vendas na lista geral

Cassia Carrenho, no PublishNews

Nessa semana, três livros de autores nacionais fizeram o pódio da lista geral de mais vendidos: Kairós (Principium), 1889 (Globo) e Nada e perder 2 (Planeta), respectivamente, sendo que os dois últimos são lançamentos. Juntos, os três títulos venderam 21.464 exemplares. A título de comparação, na semana passada os três primeiros lugares, Kairós (Principium), A culpa é das estrelas (Intrínseca) e Inferno (Arqueiro) venderam 16.597. É o calor brasileiro esquentando os trópicos editoriais!

O mês de agosto fechou com os mesmos três primeiros lugares de julho na lista geral: Inferno(Arqueiro) em 1º lugar, com 39.281, Kairós (Principium) em 2º lugar, com 36.878 e A culpa é das estrelas (Intrínseca) em 3º lugar, com 27.258.

E na semana da Bienal, muitos lançamentos marcaram a lista: em ficção, Cidades de papel (Intrínseca), Juliette Society (LeYa) e Justiça – edição definitiva (Panini); não ficção, 1889 (Globo), de Laurentino Gomes, que foi direto para o topo da lista essa semana, Nada a perder 2 (Planeta), Eu acredito! Atlético campeão da Libertadores da América 2013 (Panda Books); infantojuvenil, Ela disse, ele disse – o namoro (Rocco jovens leitores) e Naruto (Panini); autoajuda, Senhor, eu preciso de um milagre (M.Books).

No ranking semanal das editoras, Intrínseca e Sextante empataram com 15 livros cada, e Record ficou em 3º lugar com 13. Já no Ranking mensal, o trio aparece na seguinte ordem: Sextante, 27; Record, 23 e Intrínseca, 17. Cariocas felizes.

Padre deixa o inferno para trás

0

Kairós sobe, Inferno desce e a internet vira livro

Cassia Carrenho, no PublishNews

kairos capa4acapa 3.inddO livro Kairós (Principium) voltou a subir no altar, mandando Inferno (Arqueiro) para o 3º lugar da lista geral. Em 2º lugar assumiu A culpa é das estrelas (Intrínseca), que já havia discretamente fincado seu pé nas primeiras posições. O interessante é que a diferença das vendas entre os três primeiros foi bem pequena. Do 1º para o 2º lugar, a diferença foi de apenas 75 exemplares; do 2º para o 3º lugar, 236.

Mas um novo fenômeno vem sacudindo as listas do PublishNews: sucessos do YouTube. Começou com o lançamento do livro Porta dos fundos (Sextante), na semana passada, que nessa ganhou a companhia do Não faz sentido (Casa da Palavra/LeYa), do vlogueiro, ator e engraçadinho Felipe Neto.

A lista infantojuvenil é a que menos mudou nos últimos meses. O eterno livro de miss, O pequeno príncipe (Agir), não apenas não some nunca da lista, como chegou essa semana ao 1º lugar. Outra curiosidade é a concentração de autores na lista infanto-juvenil: dos 20 livros, 6 são do autor Jeff Kinney, com a série Diário de uma banana (Vergara&Riba), outros 6 de Rick Riordan, com a série do herói Percy Jackson (Intrínseca) e 3 livros são da autora Paula Pimenta, dois da série Minha vida fora de série (Gutenberg), e O livro das princesas (Galera Record) em que é co-autora.

Outras novidades na semana foram: em ficção Amante finalmente (Universo dos livros); autoajuda, Bolsa blindada (Thomas Nelson Brasil) e A arte da sabedoria (BestBolso).

No ranking das editoras, as três primeiras posições mantiveram-se iguais: Sextante, Record e Intrínseca, respectivamente.

Go to Top