Praças da Cidade

Posts tagged evento

Com dia dedicado aos editores, Primavera Literária do Rio começa nesta quarta

0
Primavera deixa o Museu da República, onde acontecia tradicionalmente, e passa a ser realizada na Casa França | Divulgação

Primavera deixa o Museu da República, onde acontecia tradicionalmente, e passa a ser realizada na Casa França | Divulgação

Evento organizado pela Liga Brasileira dos Editores está de casa nova e com uma programação dedicada aos profissionais do livro

Publicado no Publishnews

Nascida como uma forma de dar visibilidade à produção das casas editorias independentes brasileiras, a Primavera Literária ganhou, nos últimos anos, o status de formadora de leitores e de fórum para a democratização da leitura e para as discussões sobre políticas públicas no que diz respeito ao livro e a leitura. A sua edição de 2017, a de número 17 na cidade do Rio de Janeiro, acontece entre quinta (26) e domingo (29) dessa semana, em novo endereço. É que o evento, que tradicionalmente acontecia no Museu da República, foi transferido para a Casa França-Brasil (Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro).

Além dos já tradicionais estandes com a venda de livros com descontos, o evento organizado pela Liga Brasileira dos Editores (Libre) prepara uma programação cultural pensada no leitor final e outra com o enfoque nos profissionais do livro.

Dia do Editor

Antecipando a abertura do evento, na quarta-feira (25), a Libre organiza o Dia do Editor, cujo objetivo é trazer temas relevantes para o mercado editorial para a roda de discussão. A programação, que neste ano conta com o apoio da Bibliomundi, tratará de temas como marketing digital, novos modelos de venda de livros, impressão por demanda e design de livros digitais. Entre o time de palestrantes estão nomes como Ismael Borges (Nielsen), Ricardo Costa (Metabooks), Anselmo Bortolin (MetaBrasil) e Antonio Ermida (Sesi). O Dia do Editor será encerrado com um Happy Hour oferecido pelos organizadores no próprio local do evento.

De olho na cidade

Para essa edição, a Primavera Literária voltará seu olhar para a realidade da cidade. O sambista Martinho da Vila será atração da mesa Martinho da Vila conversa sobre o Rio de Janeiro, crônicas e música, no dia 26, às 18h, na qual falará sobre sua veia literária. A mesa O Rio e o Rio que queremos, fará uma reflexão sobre o momento atual da cidade, e a ascensão do conservadorismo será discutida na mesa O conservadorismo e o retrocesso nos dias de hoje.

As crianças também participarão com uma programação específica, oferecida pelo Clube de Leitura Quindim, clube de assinaturas de livros infantis capitaneado por Volnei Canônica, colunista do PublishNews. O Espaço Infantil Clube Quindim levará para a Casa França-Brasil uma programação rica em espetáculos, oficinas e contação de histórias e um espaço especialmente projetado para a recreação da criançada ao longo dos quatro dias de evento.

A programação completa da Primavera já está disponível no site da Libre.

IV Bienal do Livro de Sergipe tem inicio hoje em Itabaiana

0

grande-182047

Publicado no Infonet

Para contribuir com a expansão da IV Bienal do Livro, empresários sergipanos se juntaram a organização do evento para tornar a maior feira literária de Sergipe ainda mais especial. Ao todo, 14 colaboradores dos mais diversos segmentos da economia contribuíram para a realização do evento neste ano. A festa da literatura acontece nos dias 20 e 21 (das 10h às 22h) e dia 22 (14h às 22h) no Shopping Peixoto, em Itabaiana. Um dos livros que será apresentado na bienal é o ‘Surpresas No Cabelo’ do escritor Matheus Luamm Bispo.

A estrutura montada para recepcionar os convidados, escritores e visitantes durante a 4ª edição da Bienal do Livro, será separada em oito setores para distribuir de maneira organizada o fluxo de pessoas, facilitando o contato dos autores com os admiradores da arte. A feira literária é declarada pela Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) como Patrimônio Cultura e Imaterial de Sergipe.

Grande admirador da cultura e apaixonado pela leitura de livros, o itabaianense e o ex-deputado Federal, José Carlos Machado, declarou todo seu amor pela literatura contribuindo com a realização do evento. “Desde o nascedouro percebi que era um projeto que iria se sobressair e não ficaria somente divulgando a cultura do povo itabaianense, iria extrapolar as fronteiras, inclusive de Sergipe. A Bienal nasceu de uma boa intenção e nos acreditamos”.

A valorização dos escritores, artistas e músicos da terra foi o fator primordial que levou o empresário do ramo da construção civil, Edson Passos, a contribuir de maneira efetiva na Bienal do Livro. “Acreditei neste projeto literário desde o início por isso resolvi me tornar um dos incentivadores desta empreitada dos sonhadores Carlos Eloy, Júnior da Perfil e Jamisson que pretendiam divulgar e incentivar a cultura e o turismo desta região”.

Ressaltando a admiração por todos que abraçaram a Bienal do Livro ajudando a torna-la no maior evento cultura de Sergipe, o organizador Honorino Júnior, agradeceu o apoio irrestrito. “Estes empresários que tem uma vida assoberbada de compromisso, não mediram esforços e dedicaram parte do seu precioso tempo para ajudar na organização por acreditar que somente através da educação que se muda o mundo”.

Bienal do Livro

A IV Bienal do Livro montou na área externa do Shopping Peixoto três espaços: Exposição de mais de 100 carros antigos; a Feira da Cultura Sergipana, destinados para sebo de livros, Cosplay, exposição fotográfica, artesanatos, academias literárias, cordelistas e oficinas. E a Tenda Cultural será o espaço destinado aos municípios e as escolas a apresentarem um pouco da sua cultura.

Na parte interna terão outros cinco espaços. No Palco da Palavra Abrahão Crispim, localizado na Praça de Alimentação; Talk Show, local onde serão debatidos os mais variados temas; Praça dos Escritores Bartolomeu Peixoto, destinado ao contato dos escritores com o público; Cinema será realizado a abertura oficial e o debate com figuras ilustres; E a Praça da Imprensa João Batista Santos, será destinada para os comunicadores trabalharem confortavelmente tendo a disposição mesa, cadeira e internet.

Bienal do Livro: faltam dois dias para o maior evento literário de Sergipe

0

slide-outdoor-1

Publicado no Itnet

Faltam apenas dois dias para o início da IV Bienal do Livro de Itabaiana, maior evento literário de Sergipe. Este ano, a Bienal será realizada no Shopping Peixoto, em um espaço amplo e repleto de diversidades para a realização das atividades. A expectativa é de que mais de 50 mil pessoas participem do evento durante os três dias.

mapa-bienal-2017-10-14

A Bienal revelará e lançará diversos talentos, tanto de Itabaiana como também de todo o estado. Com uma programação bastante diversificada, haverá além de lançamentos de livros também exposições culturais, muita música, arte e homenagens. Confira a programação completa da IV Bienal do Livro através do site: Bienal do Livro de Sergipe Venha viajar com a gente!

Ilustrador de Atômica fará sessão de autógrafos em São Paulo

0

darkside-books-hq-inspirou-filme-atomica-charlize-theron-ato_6s5v

A editora brasileira Darkside Books também irá sortear exemplares da graphic novel no evento

Thais Stagni, no IGN

A editora brasileira Darkside Books revelou nesta terça-feira (12), por meio de um comunicado à imprensa, que o ilustrador Sam Hart, de Atômica, fará três sessões de autógrafo na cidade de São Paulo durante o mês de setembro.

A primeira sessão vai acontecer nesta quarta-feira (13), a partir das 19h, na loja Geek.etc.br, no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista. O evento será aberto ao público e a editora pretende sortear um exemplar para quem for prestigiar o ilustrador da graphic novel que inspirou o filme homônimo, protagonizado por Charlize Theron.

As próximas sessões vão acontecer em 21 e 30 de setembro na Gibiteria e na Comix, respectivamente. No evento do dia 21, Hart também terá um bate-papo com os fãs a partir das 19h, enquanto o evento na Comix vai começar a partir das 14h — e os exemplares da graphic novel também serão sorteados.

Atômica conta a história de uma espiã que, “após a queda do muro de Berlim, é enviada a cidade alemã para recuperar um dossiê de valor inestimável. Ela se une ao chefe da estação local, David Percival e se envolve em um jogo letal de espiões”.

Serviço

O que: Sessão de autógrafos com Sam Hart
Quando: 13, 21 e 30 de setembro, a partir das 19h nos dois primeiros dias e a partir das 14h no último.
Onde:

13 de setembro: Geek.etc.br (Conjunto Nacional, Avenida Paulista).
21 de setembro: Gibiteria (Praça Benedito Calixto, 158).
30 de setembro: Comix (Alameda Jaú, 1998)

Para mais informações, acesse o evento do Facebook do dia 13 (aqui), do dia 21 (aqui) e do dia 30 de setembro (aqui).

Lançada 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas

0
Reitora Valéria Correia discursa durante solenidade de lançamento da 8ª Bienal (Foto: Sandro lima)

Reitora Valéria Correia discursa durante solenidade de lançamento da 8ª Bienal (Foto: Sandro lima)

 

Evento é organizado pela Ufal em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura de Maceió

Carlos Amaral, na Tribuna Hoje

Foi realizado na manhã desta quarta-feira (6), no Hotel Ponta Verde, o lançamento da 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, organizada pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e em parceria com a Prefeitura de Maceió e o Governo do Estado.

A Bienal ocorrerá entre os dias 29 de setembro de 8 de outubro no Centro de Convenções Ruth Cardoso e terá como tema os 200 anos de Alagoas.

Para a reitora da Ufal Valéria Correia, a expectativa é que o evento deste ano tenha mais gente participando do evento. Contudo, ela revelou ter havido a possibilidade de não realiza a Bienal neste ano.

“A crise econômica que o país esta atravessando, especialmente as universidades públicas brasileiras, foi sim uma preocupação nossa. Avaliamos, inclusive, se íamos realizar ou não Bienal neste ano. Essa situação nos preocupou bastante, mas superamos isso graças às parcerias que conquistamos com instituições privadas como o Sebrae e a Braskem, e também o Governo do Estado e a Prefeitura, que estão dando apoio integral e realizando o evento conosco”, diz a reitora da Ufal.

O prefeito em exercício de Maceió, Marcelo Palmeira, enfatiza que a Bienal já faz parte do calendário da capital de Alagoas e que tem o poder de estimular os mais jovens ao hábito da leitura.

“É um evento de suma importância, principalmente para nossas crianças e adolescentes compreenderem o valor da leitura, do livro, na vida de cada um de nós”, pontua Marcelo Palmeira.

Quem representou o Governo do Estado no lançamento da 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, foi o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Régis Cavalcante. Para ele, o evento ajuda a libertar as pessoas através da leitura.

“Principalmente num país onde temos tanta dificuldade em questão da leitura, sobretudo na região nordestina. É um fato marcante que a nossa Universidade, junto com os parceiros, possa realizar um evento de tanta magnitude, que ajuda a libertar pelo conhecimento, pela leitura, o povo alagoano”, afirma Régis Cavalcante.

A programação completa da 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas pode ser acessada aqui.

Go to Top