Posts tagged filme

It: A Coisa – Capítulo 2 | As revelações que as primeiras fotos do set trazem sobre a trama

0

Pedro Vieira, no Observatório do Cinema

It: A Coisa foi um dos grandes sucessos de horror de 2017, e em 2019, a segunda parte da aventura da história do Clube dos Otários e do terrível palhaço assassino Pennywise chegará aos cinemas.

It: A Coisa – Capítulo 2 vai contar a conclusão da trama escrita por Stephen King, mostrando os personagens do primeiro longa já adultos. As primeiras fotos de bastidores do filme já foram divulgadas na internet e graças a elas, descobrimos alguns dos segredos do filme. Veja:

As fotos de bastidores mostram o elenco escolhido para viver as versões adultas do Clube dos Otários (com nomes como Jessica Chastain como Beverly e James McAvoy como Bill) de volta à cidade de Derry, onde viveram quando crianças. No livro, os integrantes do grupo decidem retornar à cidade após descobrirem que Pennywise voltou a atacar crianças (e alguns adultos) do local.

Não é um retorno fácil para eles, mas as fotos já mostraram que Bill e Beverly devem se embrenhar em uma luta contra o palhaço assassino. Além disso, vimos os outros integrantes do grupo, como Eddie, Richie, Mike e Ben, passeando pela cidade, um sinal de que eles devem reencontrar algumas memórias do passado em Derry.

Onde está Stan?

A revelação a seguir é um dos maiores spoilers do filme, então continue lendo com cuidado.

Nas fotos dos adultos em Derry, não vemos Stan Uris, o sétimo integrante do Clube dos Otários. O motivo é bastante simples: ele morreu.

Assim como no livro, o filme deve mostrar Stan cometendo suicídio no momento em que descobre que Pennywise retornou. Ele é o único dos Otários que não possui psicológico para conseguir encarar o palhaço novamente.

As sequências com os personagens quando crianças serão flashbacks do meio do primeiro It

Algumas fotos do set de filmagem mostram Jessica Chastain ao lado de Sophia Lillis, que interpretou a jovem Bervely no primeiro filme.

Lillis retorna no novo It para filmar algumas sequências de flashback do longa, mas ela aparece usando as mesmas roupas e corte de cabelo que a vimos usar durante a metade do primeiro filme.

Sabemos que Bervely tinha cabelo grande e depois o cortou, então, se Lillis está com cabelo curto, os flashbacks deverão ser cenas que se passam durante o primeiro It, e não lembranças de antes dos acontecimentos do longa, como algumas teorias afirmavam.

As transformações da coisa

A Coisa possui diversas formas, apesar da mais conhecida ser o palhaço Pennywise. No primeiro longa, esse ser sobrenatural chegou a se transformar em uma mulher desfigurada e até em um leproso. Pois eis que o leproso deve retornar em It: A Coisa – Capítulo 2, pois o ator Javier Botet, que interpretou essa transformação personagem, foi visto nos sets de filmagem, confirmando sua participação no longa.

Duna | Rebecca Ferguson, de Missão Impossível, pode se juntar ao elenco

0

Missão Impossível: Nação Fantasma/David James/Paramount Pictures/Divulgação

Variety afirma que atriz estrelará adaptação ao lado de Timothee Chalamet

Arthur Eloi, no Omelete

Duna, adaptação da obra clássica de Frank Herbert por Denis Villeneuve (Blade Runner 2049), pode ter Rebecca Ferguson, da franquia Missão: Impossível, no elenco. A informação é da Variety.

Os detalhes até o momento são escassos, mas fontes da revista afirmam que a atriz está em negociações para atuar ao lado de Timothee Chalamet no longa. Nada foi oficialmente confirmado até o momento, mas informações adicionais devem sair em breve.

Situado em um futuro distante, Duna conta a história de Paul Atreides, cuja família aceita controlar o planeta-deserto Arrakis, produtor de um recurso valioso e disputado por diversas famílias nobres. O livro é conhecido como uma das obras mais complexas de ficção científica de todos dos tempos, e já foi adaptado para os cinemas em 1984 por David Lynch. O livro também virou minissérie do canal Syfy em 2000. No Brasil, os livros da franquia Duna são publicados pela Editora Aleph.

Denis Villeneuve dirige o novo filme, que ainda não tem data de lançamento prevista. O elenco ainda não foi divulgado, mas especula-se que Timothée Chalamet (Me Chame Pelo Seu Nome) possa estrelar a adaptação.

Roteiro de Os Crimes de Grindelwald será publicado no Brasil

0

Fabio de Souza Gomes, no Omelete

A Editora Rocco confirmou que publicará a edição impressa em português do roteiro original de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, escrito por J.K. Rowling cujo o filme será lançado no cinema no dia 15 de novembro. Confira a capa:

Ambientado no mundo bruxo de J.K. Rowling, o segundo da série de cinco filmes que começa com Animais fantásticos e onde habitam muda-se de Nova York para Londres e Paris. Complementando os acontecimentos que ajudaram a dar forma ao mundo bruxo, o filme apresentará pontos em comum com as histórias de Harry Potter que deliciarão os fãs dos livros e dos filmes.

No final de Animais Fantásticos e Onde Habitam, o poderoso bruxo das trevas Gerardo Grindelwald foi capturado em Nova York com a ajuda de Newt Scamander. Mas Grindelwald, cumprindo sua ameaça, foge da prisão e passa a reunir seguidores, cuja maioria não suspeita de suas verdadeiras intenções: criar bruxos puro-sangue para governar todos os seres não mágicos.

Tentando frustrar os planos de Grindelwald, Alvo Dumbledore arregimenta Newt, ex-aluno de Hogwarts, que concorda em ajudar mais uma vez, sem saber dos perigos que tem pela frente. Limites serão traçados e o amor e a lealdade serão testados, até entre os amigos e familiares mais fiéis e confiáveis, em um mundo bruxo cada vez mais dividido.

O lançamento está programado para o dia 1º de dezembro.

Best-seller de Israel, Yoav Blum é destaque da Bienal do Livro

0

Yoav Blum, autor de ‘Os Criadores de Coincidência’ – Divulgação

 

Autor de ‘Os Criadores de Coincidência’ vai falar sobre sua obra hoje em São Paulo

Ivan Finotti, na Folha de S.Paulo

São Paulo – No universo do livro “Os Criadores de Coincidência” (Planeta, 320 págs., R$ 41,90), foram os agentes de uma organização secreta que criaram as coincidências necessárias para que o disco do Pink Floyd “The Dark Side of the Moon” (1973) toque em sincronia perfeita com o filme “O Mágico de Oz” (1939).

Eles também foram responsáveis pela união na adolescência de Lennon e McCartney, além de terem dado um empurrãozinho para que cientistas pudessem descobrir acidentalmente coisas tão díspares como a penicilina (1928) ou o teflon (1938).

Mas, agora, uma missão mais complexa coloca em risco a carreira de nosso criador de coincidências preferido. Esse é o argumento da obra do israelense Yoav Blum, sucesso instantâneo em sua terra natal em 2011, e que está estourando mundialmente desde o ano passado.

“Os Criadores de Coincidência” foi ou está sendo traduzido para 13 línguas, incluindo o italiano, no qual recebeu o bizarro título “a fórmula do coração e do destino”, na tradução para o português.

“Tento não ser rígido sobre isso”, ri Blum. “O livro foi traduzido em diversas línguas só este ano. Antes, só teve sucesso no mercado hebraico, que é meio pequeno. Em apenas alguns meses, houve uma explosão. Agora está sendo traduzido para o japonês e o chinês, e jamais saberei os títulos que vão dar nesses países.”

Yoav Blum está no Brasil nesta terça-feira (7) para falar em dois eventos, um da Bienal Internacional do Livro e outro na Unibes Cultural, que foi organizado pela editora Planeta em parceria com o Consulado de Israel.

A Planeta, que lançou o livro aqui, informa que o adquiriu após concorrido leilão semanas antes da Feira de Frankfurt de 2016. Não revela quanto pagou pela obra, mas afirma que foi o maior investimento da empresa em ficção naquele ano.

“Acho que começou com um bom agente porque você precisa de alguém que acredite e se anime com o livro. E o meu agente estava muito interessado no livro. Mas acho que tem uma parcela de sorte e eu também estava no lugar certo na hora certa. Espero que também tenham tido boas traduções que amarraram as editorias e criou essa bola de neve.”

O livro já foi adquirido, em 2012, por um pequeno estúdio de cinema independente dos Estados Unidos para virar filme ou minissérie, mas esses trabalhos ainda não saíram do roteiro.

“É um livro muito difícil de se tornar um filme. Há muitos pensamentos que nem sempre são visuais. Mas espero que haja uma adaptação em filme ou em série de TV em breve”, diz o autor.

Após “Os Criadores de Coincidência”, Yoav Blum já lançou mais dois livros em Israel, ambos best-sellers instantâneos como o primeiro. Agora começa a escrever seu quarto título. “É sobre uma teoria que que fala de figuração. Eu li sobre isso e as pessoas tentam experimentar uma forma de lidar com o que é fake e com o que é verdadeiro. Estou nos primeiros passos ainda.”

25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Bate-papo com Yoav Blum, ter. (7), das 13h30 às 14h30, na Arena Cultural, av. Olavo Fontoura, 1.209, São Paulo

Bate-papo com Yoav Blum

Ter. (7), às 19h, na Unibes Cultural, r. Oscar Freire, 2.500, São Paulo

Autor de Quatro Vidas de um Cachorro prepara continuação e mais um filme de cachorros

0

Marcel Plasse, no Pipoca Moderna

O filme de espiritismo canino “Quatro Vidas de um Cachorro” vai ganhar continuação. Aparentemente, o propósito do Amigão sobre a Terra ainda não foi cumprido, porque o bicho vai voltar a morrer e fazer chorar multidões no cinema, ao renascer novamente em “Juntos Para Sempre”, adaptação do segundo livro de W. Bruce Cameron sobre o tema exotérico do propósito espiritual dos cachorros no mundo.

O próprio Cameron está escrevendo o roteiro da adaptação em parceria com sua esposa Cathryn Michon, assim como fez com o primeiro filme, além de produzir simultaneamente outra adaptação de um de seus diversos livros de cachorro para os cinemas.

Intitulado em inglês “A Dog’s Journey”, o segundo filme mostrará que Amigão tem um novo propósito: proteger Clarity, a neta de Ethan, o homem que ele acompanha da infância até a velhice no primeiro longa. Mais uma vez ele vai reencarnando como cão e cadelinha para poder reencontrar Clarity durante todas as fases de sua vida. Ou seja, é o mesmo filme, mudando o sexo do protagonista humano.

A direção está a cargo de Gail Mancuso, que vai estrear no cinema após assinar dezenas de sitcoms clássicas, de “Friends” à revivida – e abruptamente cancelada – “Roseanne”.

Além desse projeto, Cameron e sua esposa também assinam o roteiro de “A Dog’s Way Home”, baseado no livro homônimo que ainda não foi lançado no Brasil. Este filme é basicamente “A Força do Coração” (1943), o filme original da cadela Lassie, com outro título, já que acompanha um cachorro que viaja centenas de quilômetros para reencontrar seu dono. A direção está a cargo de Charles Martin Smith (de “Winter, o Golfinho”).

Com um custo de US$ 22 milhões, “Quatro Vidas de um Cachorro” arrecadou US$ 196 milhões globalmente, apesar de acusado de maus-tratos com um dos cachorros de sua produção.

As duas novas versões de cinema dos livros de Cameron serão lançadas no começo de 2019. Ainda sem título em português, “A Dog’s Way Home” estreia em 24 de janeiro no Brasil, enquanto “A Dog’s Journey”, adaptação de “Juntos para Sempre”, ficou para 16 de maio.

Além destes, Cameron escreveu vários outros livros de cachorros, inclusive spin-offs de “Quatro Vidas de um Cachorro”. Veja abaixo uma mostra da “coleção”.

Go to Top