State Ibirapuera

Posts tagged HarperCollins Brasil

Beren e Lúthien, um dos livros mais importantes de Tolkien, chega ao Brasil

0

 

Obra será lançada pela HarperCollins

Fabio de Souza Gomes, no Omelete

A HarperCollins Brasil lança este mês no país o livro Beren e Lúthien, obra de J.R.R. Tolkien inédita em português. A primeira versão da história foi escrita em 1916 e, posteriormente, as várias versões foram editadas por seu filho, Christopher Tolkien. O conto é considerado uma das mais importantes narrativas do universo tolkeniano, pois é um elemento fundamental na evolução de O Silmarillion, os mitos e as lendas da Primeira Era do Mundo. Confira:

O romance conta a história de Beren, um homem mortal, e Lúthien, uma elfa imortal. O pai dela, um grande senhor élfico, não aprova o relacionamento e, para permitir a união do jovem com sua filha, impõe um desafio impossível a Beren: ele deverá roubar uma Silmaril, uma preciosa joia, que está em posse de dum poderoso ser maligno.

A história do casal é uma das preferidas do próprio autor, que se inspirou em fatos de sua vida na composição do conto. Aos 16 anos, Tolkien se apaixonou por Edith, que mais tarde viria a ser sua esposa. Mas assim como o pai de Lúthien, o tutor de Tolkien não aprovava a relação, de modo que o casal só pôde se casar 5 anos depois, quando ele completou 21 anos e atingiu a maioridade. Após a morte de Edith, Tolkien pediu que fosse inscrito o nome “Lúthien” no túmulo da esposa. E após sua morte, o nome “Beren” também foi gravado em seu túmulo.

Considerado um dos três Grandes Contos dos Dias Antigos, Beren e Lúthien compõe a trilogia sobre o surgimento do universo de Tolkien, que também inclui Os Filhos de Húrin e A Queda de Gondolin.

As publicações fazem parte do “Projeto Tolkien”, idealizado pela HarperCollins Brasil, que adquiriu os direitos de toda a obra do autor. Todos os títulos serão relançados pela editora com nova tradução

Obras de J. R. R. Tolkien têm nova editora: a HarperCollins Brasil

0

Livros inéditos no Brasil do autor de ‘O Senhor dos Anéis’ começam a ser publicados ainda em 2018

Guilherme Sobota, no Estadão

As obras de J.R.R. Tolkien ganham uma nova editora no País: a HarperCollins Brasil vai publicar os trabalhos do autor de O Senhor dos Anéis, a começar por um título inédito no País. Beren e Lúthien deve sair em novembro.

Segundo um comunicado divulgado nesta segunda-feira, 12, a editora pretende reposicionar a obra do autor britânico no mercado brasileiro, com um “trabalho forte de distribuição” e evidência a outros trabalhos além da trilogia original de O Senhor dos Anéis.

The History of Middle-Earth, que numa edição recente nos EUA tem 5,3 mil páginas, também será editado por aqui, pela primeira vez.

J. R. R. Tolkien (1892-1973). Foto: The Granger Collection

“Em outros países, particularmente na Europa e nos Estados Unidos, a obra de Tolkien tem status de literatura canônica. Queremos estender essa percepção ao Brasil, e isso passa por uma revisão dos critérios editoriais, divulgação, marketing e até tradução”, explica, na nota, o diretor editorial da HarperCollins Brasil, Omar de Souza.

Segundo a editora, a negociação com os herdeiros levou mais de um ano.

Samuel Coto, gerente editorial na HarperCollins Brasil, será o responsável pela edição de J.R.R. Tolkien na editora.

“Fui criado lendo a obra de Tolkien, sempre fui fascinado por seu universo mitológico”, diz, no comunicado enviado nesta segunda. “Mais que uma responsabilidade, editar sua obra é uma espécie de realização de um sonho. Como editor, terei a oportunidade de dar ao Legendarium, e a outros títulos além da mitologia principal, o tratamento editorial esperado por fãs como eu.”

Primeiro Mataram Meu Pai | Livro que inspirou filme de Angelina Jolie chega ao Brasil

0

First-They-Killed-My-Father-1

 

Longa será lançado em setembro na Netflix

Fabio de Souza Gomes, no Omelete

A HarperCollins Brasil lança neste mês o livro Primeiro Mataram Meu Pai, que conta a história da jovem Loung Ung e sua trajetória para escapar do regime do ditador Pol Pot, no Camboja. A obra inspirou o novo filme dirigido pela atriz Angelina Jolie que tem estreia prevista ainda para este mês na Netflix. Confira a capa:

primeiro-mataram-meu-pai-capalivro-120111_original-4

Filha de um oficial de alto escalão do governo do Camboja, a menina teve uma vida privilegiada até o início da sua infância. Tudo mudou em abril de 1975, quando foi instaurado no país um dos piores regimes da história, o Khmer Vermelho, responsável pela morte de cerca de 2 milhões de cambojanos na época.

Quando o exército invadiu a cidade, Loung e sua família passaram a correr sério risco, já que seu pai era agente do governo. Por um tempo, eles se disfarçaram e conseguiram ficar unidos, mas seus pais foram descobertos e executados. A partir daí, Loung precisou fugir e acabou em um campo de formação de crianças-soldado, onde foi treinada para se tornar um dos membros do exército comunista. Já seus irmãos foram mandados para um campo de trabalhos forçados.

Apesar de todo o sofrimento, a jovem não desistiu de mudar sua vida. Aos dez anos, ela conseguiu fugir para a Tailândia com um de seus irmãos e, anos depois, chegou aos Estados Unidos.

“Esta é uma história de sobrevivência: a minha e a de minha família. Embora estes acontecimentos façam parte da minha experiência de vida, minha história está refletida na vida de milhões de cambojanos”, declarou a autora em seu livro.

A estreia no serviço de streaming está marcada para 15 de setembro.

Dona Diva, estrela da Flip que emocionou Lázaro Ramos, participará da Bienal do Rio

0

70783337_sc_paraty_rj_28-07-2017_flip_2017_-_ator_lazaro_ramos_convidou_a_professora_de_educacao_fis

Musa da Flip na Bienal do Rio

Ancelmo Gois, em O Globo

Sabe a professora Diva Guimarães, 77 anos, que virou a musa da Flip ao levar Lázaro Ramos ao choro ao relatar, da plateia, sua dolorosa trajetória para vencer o racismo? Confirmou presença na Bienal do Rio. Ela participará de um debate sobre “Como a leitura transformou a minha vida”, promovido por HarperCollins Brasil e PublishNews, no dia 2 de setembro.

Arquivo X | Livros com Mulder e Scully adolescentes serão lançados no Brasil

0

 

arquivo-x-10a-temporada-01

Kami Garcia e Jonathan Maberry são os autores dos lançamentos da HarperCollins Brasil

Caio Soares, no Omelete

O reboot de Arquivo X foi um dos grandes assuntos do mundo da televisão no ano passado e, de olho em uma possível renovação, dois livros com Mulder e Scully adolescentes serão lançados no Brasil. Advogado do diabo, de Jonathan Maberry, e Agente do Caos, escrito por Kami Garcia, chegam às livrarias em março pela HarperCollins Brasil.

collage_iigRovU

Nas obras, os fãs da saga conhecerão o passado de Dana Scully e Fox Mulder. Fox e Scully no terreno do oculto, e as origens do que viria a ser o icônico departamento responsável por casos inexplicáveis dentro do FBI. A obra se passa em 1979. Em entrevista ao Entertainment Weekly (via Nerdist), Kami falou sobre a oportunidade de explorar o passado dos personagens:

“Como fã de carteirinha da série, a oportunidade de criar histórias sobre as origens de Mulder e Scully é como um sonho realizado. De onde vêm o otimismo de Mulder? E o ceticismo de Scully? Agora os fãs poderão descobrir”, comentou.

Originalmente exibida entre 1993 e 2002, Arquivo X ganhou seis novos capítulos em 2016.

Go to Top