BKO WAVE SAÚDE

Posts tagged Inferno

Leia o primeiro capítulo do novo livro de Dan Brown, ‘Origem’

0
O escritor americano Dan Brown, autor de best-sellers como "Código Da Vinci" e "Anjos e demônios" - Paula Lerner / Divulgação

O escritor americano Dan Brown, autor de best-sellers como “Código Da Vinci” e “Anjos e demônios” – Paula Lerner / Divulgação

Romance que traz como protagonista Robert Langdon chega às livrarias no dia 3 de outubro

Publicado em O Globo

RIO – O professor Robert Langdon está de volta após quatro anos de espera. A Editora Arqueiro, que publica a obra do best-seller Dan Brown no Brasil, divulgou hoje o primeiro capítulo de “Origem”, o novo romance do escritor, que chega às livrarias do mundo todo no dia 3 de outubro.

Principal protagonista dos romances do best-seller americano Dan Brown — presente em “Anjos e demônios” (2000), “Código Da Vinci” (2003), “O símbolo perdido” (2009) e “Inferno” —, o professor de Harvard, especialista em simbologia e iconografia religiosa, viaja para Bilbao, na Espanha, acompanhar o anúncio de uma descoberta que iria mudar a ciência para sempre.

Capa de "Origem", o novo romance de Dan Brown - Divulgação

Capa de “Origem”, o novo romance de Dan Brown – Divulgação

O responsável pela apresentação no icônico Museu Guggenheim é Edmond Kirsch, um bilionário de 40 anos que se tornou globalmente conhecido por suas invenções tecnológicas e suas previsões audaciosas. Kirsch foi um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard e promete responder a duas questões fundamentais sobre a existência humana.

No meio do evento, entretanto, irrompe o caos e a descoberta pode ser perder para sempre. Ao lado da diretora do museu, Ambra Vidal, ele voa para Barcelona numa saga para localizara senha que pode abrir o segredo de Kirsch. A trama, bem ao estilo de Brown, mistura fatos históricos, extremismo religioso e arte.

LEIA AQUI: O primeiro capítulo de ‘Origem’

Após estreia de Inferno, Dan Brown explica por que O Símbolo Perdido ainda não ganhou os cinemas

0
Dan Brown, Omar Sy, Felicity Jones, Tom Hanks, Ron Howard em Berlim, promovendo Inferno.

Dan Brown, Omar Sy, Felicity Jones, Tom Hanks, Ron Howard em Berlim, promovendo Inferno.

 

Todos os livros de Brown sobre o personagem Robert Langdon já foram adaptados para as telonas, com a exceção de O Símbolo Perdido.

João Vitor Figueira, no Adoro Cinema

A estreia de Inferno marcou a terceira atuação de Tom Hanks no papel do professor de iconografia e simbologia Robert Langdon, personagem criado por Dan Brown em seus romances campeões de venda em diversos países mundo afora.

“Inferno” (2013) foi o quarto livro da franquia dedicada aos mistérios e conspirações decifrados por Langdon. Os anteriores foram O Código Da Vinci e Anjos e Demônios. Entretanto, apesar de ter sido lançado antes mesmo de “Inferno”, o livro “O Símbolo Perdido” (2009) jamais ganhou uma adaptação para as telonas.

Durante uma première em Florença, na Itália, Dan Brown comentou o assunto em entrevista ao site Collider. “Quer saber? Eu respeito muito o fato de nós não termos feito isso. Nós ainda não sabemos como fazer um bom filme com ele. É um livro grande e complexo e eu acho que nós vamos adaptar em filme um dia. Mas quer saber? É melhor levar um tempo para fazer uma coisa da maneira correta do que simplesmente lançar um filme ruim.”

Em “O Símbolo Perdido”, Langdon tem um de seus amigos, um maçom e filantropo, sequestrado por Mal’akh, que acredita que os fundadores de Washington esconderam um tesouro capaz de dar habilidades sobre-humanas.

Em Inferno, Langdon acorda com amnésia e um ferimento de bala na cabeça em um hospital italiano. Mesmo sem saber o que aconteceu consigo nos últimos dias, o professor de Harvard une forças com a Dr. Sienna Brooks (Felicity Jones), a médica que cuidou dele, para recuperar suas memórias e impedir que se coloque em prática o plano de espalhar uma praga inspirada pela Divina Comédia, de Dante Alighieri.

Tom Hanks lança ‘Inferno’, filme baseado em livro de Dan Brown

0
Ganhador de dois Oscar, pela terceira vez Tom Hanks encarna o professor Robert Langdon (Divulgação)

Ganhador de dois Oscar, pela terceira vez Tom Hanks encarna o professor Robert Langdon (Divulgação)

 

Publicado no O Povo

A cidade italiana de Florença vive três dias “infernais” que culminarão com o lançamento no sábado do filme “Inferno”, com Tom Hanks, protagonista da nova adaptação do cineasta Ron Howard do livro homônimo de Dan Brown.

“Florença é uma cidade charmosa. Inventar um plano malvado aqui é uma tarefa impossível, porque há apenas beleza, mistérios e enigmas”, comentou na quinta-feira Howard ao inaugurar os festejos para a estreia mundial.

A encantadora cidade dos Médicis, berço no século XIV do Renascimento, é a verdadeira protagonista do filme, baseada no bem-sucedido romance de Brown, que confessou ser fascinado por sua arte e arquitetura.

Toda a equipe do filme viajou para a ocasião à capital da Toscana. Além de Hanks e Ron Howard, estavam presentes o francês Omar Sy, Felicity Jones, Irrfan Khan e o autor de Inferno, um romance de mistério e suspense baseado na simbologia oculta na Divina Comédia, a obra clássica de Dante Alighieri, mas que também fala dos problemas da superpopulação mundial.

No esplêndido Salone dei Cinquecento (Salão dos Quinhentos), no Palazzo Vecchio, onde foram rodadas várias cenas de “Inferno”, responderam as perguntas de dezenas de jornalistas do mundo todo.

“A ignorância é o maior perigo para a humanidade”, disse o ator americano Hanks, de 60 anos, ao comentar um dos aspectos abordados pelo livro.
Hanks, simpatizante do Partido Democrata, também se referia às eleições presidenciais em seu país.

“Se observarem a história, ou se lerem os livros de Dan Brown, poderão perceber que o mundo se encontrou frequentemente diante de uma encruzilhada que o obriga a aprender a conviver uns com os outros”, explicou o ator. “Alguns países respondem com simplicidade a problemas complexos”, comentou, lançando outra indireta aos seus compatriotas.

O talentoso ator, ganhador de dois Oscar, pela terceira vez encarna o professor Robert Langdon, que dessa vez acorda com amnésia em um hospital, onde é atendido pela doutora Sienna Brooks (Felicity Jones). Ela o ajudará a recuperar a memória e evitar a propagação de um vírus que ameaça a metade da população do planeta.

Depois de “Código da Vinci” (2006) e “Anjos e Demônios” (2009), Hanks conta o inferno que inspirou o poeta florentino Dante para descrever os círculos que atravessa em sua própria jornada na vida após a morte.

Com a jovem médica, Sienna Brooks, participa de uma corrida contra o tempo entre Florença, Veneza e Istambul para frustrar o malvado plano de um cientista decidido a exterminar 90% da humanidade com um vírus assassino.

“Dan Brown nos conta o inferno que criamos na terra. Dante descreve em seus cantos um lugar específico, enquanto o filme narra como o terrorista quer mudar o que considera um inferno”, afirma.

E este inferno é representado pelos problemas ambientais, as pessoas escravizadas, a superpopulação…

Por sua vez, Dan Brown explicou que a ideia partiu de uma estatística que leu: “A população mundial triplicou em 80 anos”.

“O filme aborda este problema porque se tivéssemos que rodar cada cena do livro teria durado 35 horas. O diretor centrou o problema da superpopulação, é um fio condutor”, explicou um dos autores que mais vendeu livros em todo o mundo, cerca de 200 milhões de exemplares.

Dan Brown já tem novo livro previsto para o próximo ano

0

dan-brown

Bruna Vieira, no Cabana do Leitor

De acordo com o The Bookseller, Dan Brown irá a publicar um novo thriller de Robert Langdon, intitulado ‘Origem’ em setembro de 2017.

Pouco se fala sobre o enredo do novo livro, mas a editora Transworld disse que será “de acordo com a marca estilo [Brown], com códigos, ciência, religião, história, arte e arquitetura”. A editora acrescentou que o enredo seria impelido pelo simbologista de Harvard, Robert Langdon, “sobre o cruzamento perigoso de duas das mais duradouras perguntas da humanidade e a descoberta de abalar a terra que vai respondê-las”.

‘Origem’ será publicado no Reino Unido em 26 de setembro de 2017, o romance será lançado simultaneamente nos EUA e no Canadá. Também estará disponível em um e-book e em audiolivro.
Brown é o autor de seis best-sellers internacionais, incluindo O Código Da Vinci, Inferno, O Símbolo Perdido, Anjos e Demônios, Ponto de Impacto e Fortaleza Digital. Existem mais de 200 milhões de cópias dos livros de Dan Brown em todo o mundo, de acordo com a Transworld, e seus romances foram traduzidos para 56 idiomas.

No total, o autor americano vendeu 16 milhões de livros impressos somente no Reino Unido.
Esse autor é trevoso ou não é? A Editora Arqueiro, ainda não se pronunciou sobre quando ‘Origem’ será lançado no Brasil, tendo em vista que o lançamento nos EUA será em setembro do ano que vem, pode ser que a editora demore um pouco para se pronunciar sobre a obra.

Sequência de ‘Anjos e Demônios’ é adiada para o fim de 2016

0

Sequência de ‘Anjos e Demônios’ é adiada para o fim de 2016

“Inferno” estava inicialmente marcado para estrear em 2015.

Publicado no PortalVox

A Sony preferiu adiar o lançamento de “Inferno” para o fim de 2016 por conta da agenda cheia do diretor Ron Howard e do protagonista Tom Hanks. O filme é a sequência de “Código Da Vinci” e “Anjos e Demônios”.

O longa-metragem estava marcado para debutar, inicialmente, em 18 de dezembro de 2015. Como Hanks está filmando o thriller de espionagem ainda sem nome de Steven Spielberg e Howard está na pós-produção de seu novo filme, “In the Heart of the Sea”, o estúdio preferiu mudar a data de lançamento para 14 de outubro de 2016.

“Inferno” traz de volta ao cinema o personagem Robert Langdon, simbologista criado nos livros de Dan Brown. Ele precisará solucionar mistérios relacionados ao clássico de Dante Alighieri, “A Divina Comédia”.

Go to Top